Salão de Frankfurt 2016 – Os destaques

Alfa Romeo / Audi / Kia / Lançamentos / Renault / Salão de Frankfurt

Salão de Frankfurt 2016 – Os destaques

Salão tem uma série de novidades para o Brasil

IMG_0101

Foi com o presidente mundial da BMW desmaiando durante a primeira coletiva de imprensa que começou o Salão de Frankfurt, o maior salão automotivo do mundo em tamanho e número de atrações. E há vários carros que estão no evento esta semana que dentro de poucos meses já estarão no Brasil.

IMG_0033

A nova geração do Audi A4 é uma delas. Agora baseado em nova plataforma,  o A4 está maior e 120kg mais leve. Enquanto isso, tem linhas arrojadas, com direito a faróis e lanternas recortados. O lançamento no Brasil está previsto para janeiro, usando o motor 2.0 TFSI de 248cv e 38,4kgfm de torque. No meio de 2016 chega o S4, com motor V6 3.0 de 354cv e agora com câmbio automático de oito marchas, abandonando o S Tronic, de dupla embreagem e sete machas.

IMG_0080

Outra novidade nativa da Alemanha é a nova geração do Tiguan, agora baseada na plataforma modular MQB. Resultado é um carro que cresceu apenas 3cm no comprimento mas que, por causa do capô mais curto, consegue oferecer ainda mais espaço interno para os passageiros. O lançamento no Brasil está previsto para o primeiro semestre de 2016 com motor 2.0 TSI de 220cv, ganho de 9cv frente aos 211cv do atual.

IMG_0106

A Kia não é alemã, mas tenta ser. E encheu seu stand em Frankfurt com a nova geração do Sportage, que tem design ousado como nunca. Agora a grade fica centralizada na frente do carro e os faróis deslocados para cima, enquanto as lanternas traseiras estão mais horizontais e são interligadas por um friso cromado. Todas as unidades expostas são da versão mais cara, GT, com motor 1.6 turbo de 175cv. Há opção de câmbio manual de seis marchas ou de dupla embreagem com sete.

IMG_9941

Ainda que distante do Brasil, a nova geração do Renault Mégane é digna de destaque. Os faróis grandes e recortados, e as lanternas que avançam sobre o porta-malas quase se encontrando são marcantes. A versão GT chama ainda mais atenção com os detalhes prateados e os para-choques esportivos, com direito a saída dupla de escape. É concorrente do Golf GTI e tem motor 2.0 turbo de 205cv com câmbio de dupla embreagem e sete marchas.

IMG_0130

Da Itália vem a nova geração do Alfa Romeo Giulia, que faz sua primeira aparição em público na versão Quadrifoglio, equivalente aos M da BMW e AMG da Mercedes. Neste caso o motor é um seis cilindros 2.9 derivado do 3.9 da Ferrari, e que gera 510cv e 61kgfm de torque. É o suficiente para chegar aos 100km/h em 3,9s e cravar uma volta no circuito de Nürburgring em 7m39s. Pesa 1524kg, que estão divididos na proporção 50/50. As vendas na Itália terão início no finalzinho deste ano com preços começando em 79 mil euros.

IMG_9759

Com a primeira versão vendida entre 1961 e 1971, o Mercedes Classe S Cabrio está de volta. É praticamente um S Coupé com teto de lona. Com isso também surgem equipamentos como o Aircap, de proteção contra o vento, e o Airscarf, que aquece nuca e pescoço dos passageiros. Para manter a dieta, tem mais componentes em alumínio e porta-malas reconfigurado, para que o teto coubesse nele. A abertura é elétrica, leva 20s e pode ser feita até os 60km/h. A versão mais potente,  S63 AMG Cabrio, tem motor V8 5.5 biturbo de 585cv. O lançamento no Brasil será em 2016.

IMG_9955

O Toyota Prius é o híbrido mais vendido da história, e agora tem nova geração. Tem nova plataforma, mais rígida e leve, e que permitiu instalar o motor 1.8 a gasolina em posição mais baixa, O que melhora a dirigibilidade. Esse motor trabalha em conjunto com um elétrico, mas desta vez há também um motor elétrico para as rodas traseiras, que entra em funcionamento a 60 km/h. O resutado seria um Prius 10% mais eficiente. O modelo tem grandes chances de ser fabricado no Brasil, mas depende de incentivos a carros híbridos que estão em negociação com o governo.

IMG_9999

Agora reposicionada como marca de luxo, e não mais divisão da Citroën, a DS exibe o novo DS 4 com design atualizado. Mudam grade, agora em formato hexagonal, para-choque dianteiro e os faróis de LEDs, e há novas lanternas traseiras de LEDs. É pouco, mas o suficiente para mudar o carro. Como ninguém entendeu que o DS 4 é um crossover, a DS ainda criou uma versão aventureira. O inédito DS 4 Crossback tem rack no teto suspensão elevada e molduras nas caixas de roda e pode chegar ao Brasil junto com a versão normal no ano que vem.

IMG_9705

O novo Mini Cooper será nacional ainda este ano, mas a nova geração da perua Clubman continuará importada, e chega no final deste ano. A evolução tornou a perua mais atraente, pelo simples fato de ser baseada na nova versão de quatro portas do Cooper. A porta traseira direita suicida da geração anterior foi abandonada, dando lugar a portas convencionais amplas. A tampa traseira, porém, permanece com abertura (elétrica) em duas portas, mas as lanternas ficaram maiores e horizontalizadas. Agora são 4,22 m de comprimento, 27 cm a mais que o anterior. Estão disponíveis o motor 1.5 turbo de 136 cv e o 2.0 turbo de 193 cv.