BMW / Lançamentos

BMW M4 GTS tem motor 3.0 com injeção de água e 500cv

Esportivo cravou 7.28 minutos na volta em Nürburgring

BMW-M4-GTS-39

Pensado para as pistas mas homologado para as ruas, o BMW M4 GTS faz parte das comemorações dos 30 anos do M3 – cuja versão coupé substituiu. Será a principal atração da BMW no Salão de Tóquio, que abre as portas em 30 de outubro, e serve como laboratório para várias tecnologias. Entre elas está a injeção de água dentro do motor.

BMW-M4-GTS-10

O motor do M4 GTS é o 3.0 seis cilindros biturbo já conhecido, mas com a incorporação de tecnologia de injeção de água da BMW, usado pela primeira vez no BMW M4 Safety Car da MotoGP. O que o sistema faz é pulverizar água no colector de admissão, onde se evapora, e baixa a temperatura do ar que passa por ali significativamente. Isso reduz a temperatura final de compressão na câmara de combustão, garantindo aumento de potência.

BMW-M4-GTS-9

Para ser mais específico, o 3.0 passou a render 500cv a 6.250rpm e 62kgfm de torque a 5.000rpm. É um aumento significativo frente aos 431cv (7.300rpm) e 57kgfm (5.500rpm) do M4 convencional. E mantém o mesmo consumo no ciclo europeu, 12km/l… A inconveniência, porém, é ter que encher o tanque de água de 5L no porta-malas a cada tanque gasto em pista ou a cada cinco reabastecimentos, quando em uso normal.

BMW-M4-GTS-33

Em matéria de desempenho, é um dos BMW mais rápidos da história. Vai de zero a 100km/h em 3,8 segundos, com velocidade máxima de 305km/h. O melhor tempo conseguido pelo M4 GTS em Nürburgring é de 7.28 minutos.

BMW-M4-GTS-59

Outras características próprias do GTS são o spoiler dianteiro e o aerofólio traseiro em fibra de carbono com regulagem manual, para-choque com entradas de ar maiodes e lanternas traseiras com LEDs orgânicos, os OLED. As rodas são 19” na frente e 20” atrás, e calçadas com pneus Michelin Sport Cup (265/35 e 285/30).