Maserati / Mercado

Maserati suspenderá produção por queda nas vendas

Paralisação será na primeira semana de novembro

maserati_mixed_4

Atingida pela crise mundial, a Maserati anunciou a paralisação de sua produção para a primeira semana de novembro. Segundo a marca, a decisão se deu pela queda nas vendas, em especial no mercado chinês. Cerca de 2.000 trabalhadores serão atingidos pela medida.

maserati_mixed_3

A marca revelou, no entanto, que o tempo em que a produção estiver parada servirá para uma atualização nas linhas de montagem, que receberão, no próximo ano, o novo utilitário esportivo Levante. Essa não é a primeira vez que a Maserati se vê obrigada a cessar suas operações. Ainda em 2015, a fabricante viu seus lucros despencarem em 43 milhões de euros (R$ ) pela redução de vendas em cerca de 13% dos sedãs Ghibli e Quattroporte.

Para a Maserati, a grande esperança é o Levante. Programado para ser apresentado em Genebra no primeiro trimestre de 2016, o SUV brigará diretamente com os já conhecidos Audi A7, BMW X5/X6, Porsche Cayenne e Bentley Bentayga. Em seguida, chegarão os novos Alfieri (em versões cupê e conversível), além do substituto do GranTurismo.