Mini Cooper Conversível ganha nova geração

Lançamentos / MINI / Salão de Tóquio

Mini Cooper Conversível ganha nova geração

Modelo compartilha design e mecânica com o hatch

Mini Cooper Conversível 2016 (6)

A Mini revelou os primeiros detalhes do novo Cooper Convertible, que fará sua primeira aparição pública oficial durante o Salão de Tóquio. Maior e mais tecnológico, o compacto “sem teto” é o quarto da nova família, estreando após as versões de três e cinco portas, além da perua Clubman. São grandes as chances de desembarque no Brasil com preços em torno de R$ 120 mil.

Mini Cooper Conversível 2016 (2)

Visualmente, o Cooper Convertible nada mais é que um Cooper de três portas com teto retrátil de tecido – que agora pode ter a bandeira do Reino Unido estampada. O mecanismo do modelo permite que a capota seja aberta ou fechada em apenas 18 segundos e a até 30km/h. Maior, agora tem 215 litros para bagagens no porta-malas, que é reduzido para 160 litros com a capota recolhida.

Mini Cooper Conversível 2016 (4)

O interior também repete o das versões fechadas, bem como a vasta lista de equipamentos. Estão presentes assistente de estacionamento, head-up display, piloto automático com controle de distância do veículo à frente, seletor de modos de condução, entre diversos outros.

Mini Cooper Conversível 2016 (3)

Mais uma vez, o conversível empresta do hatch comum a mecânica. Estão presentes os motores 1.5 de três cilindros a gasolina de 136cv e a diesel de 116cv de potência. Para a versão S, o propulsor 2.0 turbo entrega 192cv. A configuração apimentada John Cooper Works já é certa e terá um 2.0 turbo de 231cv. A transmissão pode ser manual ou automática, sempre com seis velocidades.

Mini Cooper Conversível 2016 (7)