Nissan GT-R será vendido no Brasil em 2016

Nissan

Nissan GT-R será vendido no Brasil em 2016

Superesportivo virá por encomenda e por cerca de R$ 800 mil

Nissan GT-R 2015 no Velo Città (18)

Há algumas dezenas de Nissan GT-R no Brasil, todos importados de forma independente. Depois de trazer o superesportivo para o Salão do Automóvel do ano passado, a Nissan anuncia que vai importar ele oficialmente para o Brasil a partir de 2016, tanto na versão Premium como na versão Nismo. Mas apenas por encomenda.

Nissan GT-R 2015 no Velo Città (20)

“Somos uma das mais inovadoras marcas de automóveis do mundo e queremos levar sempre para os brasileiros o que temos de melhor. Por isso, confirmamos que o nosso maior ícone e o mais rápido carro de produção em série do mundo, o Nissan GT-R, chegará oficialmente ao Brasil em 2016”, anunciou José Luis Valls, Chairman da Nissan América Latina.

Nissan GT-R 2015 no Velo Città (27)

Descendente do clássico Skyline, o Nissan GT-R é um dos carros mais rápidos do mundo, mesmo que seu motor não seja dos maiores: é um V6 3.8 biturbo, com 552cv de potência e 64kgfm. Mas a eletrônica que gerencia o câmbio automatizado de seis marchas e duas embreagens e a tração integral com dois eixos cardã, o de fibra de carbono que leva a força do motor à caixa, e o de aço, que sai lá de trás (o câmbio fica atrás do motor) para tracionar eixo dianteiro.

São 1.750 quilos bem distribuídos: 53%-47% entre os eixos. Mesmo assim, faz o 0 a 100km/h em 2,7 segundos, com máxima de 315km/h. E cobra “apenas” US$ 102 mil para isso. Por aqui, esta versão custará estimados R$ 800 mil.

Nissan GT-R 2015 no Velo Città (4)

Mas a Nissan também está disposta a trazer a versão mais potente do GT-R, a Nismo, mais potente e com aerodinâmica melhorada. São 600 cavalos e 66kgfm de torque, pico obtido a 6800rpm, e não mais a 6400rpm. O ganho foi obtido por alterações no sistema de escape e reprogramação do ponto de ignição.

nismo_nissan_gt-r_1

Há ainda amortecedores mais firmes mas que permanecem com ajuste elétrico do seu comportamento (modos “Comfort”, “Normal” e “R”) e barra estabilizadora mais espessa. Na aerodinâmica, um body kit especial que inclui novos para-choques dianteiro e traseiro, saias laterais e um enorme aerofólio traseiro contribuem para aumentar o downforce em 99,8 kg aos 299 km/h. Nesta versão o preço pode superar os R$ 1,2 milhão.

No final do ano passado eu tive a oportunidade de dirigir o carro que veio para o Salão do Automóvel. O resultado é o vídeo abaixo e esta avaliação no site do O Globo

  • V12 for life

    Já li a respeito em alguns sites, essa é a matéria mais completa, é o único com estimativas de preço, acabei de ler a matéria de despedida do Novidades Automotivas, e vim aqui ver a nova versão e estou gostando muito.

  • Moises Profeta

    O câmbio desse carro super-aqueci com muita facilidade

    • V12 for life

      E exige trocas de óleo a cada 1000km, mas é o preço que se paga pelo pioneirismo, precisamos esperar para ver como a vetorização de torque funciona no Focus RS e na próxima geração do GT-R.

  • Willian Alexandre

    Ainda bem que vem. Tem chance de fazer um relativo sucesso por aqui.

  • ################Carlao GTS

    O preço não será este do POST. É mais barato

  • pedro rt

    aposto q sera um sucesso pq pediam esse carro ha muito tempo… pode vender 200 unidades por mes

    • V12 for life

      Esse era os números do Camaro em seu auge, não acho que uma carro quase 4x mais cara venda tanto, mas deve surpreender a Nissan.