Citroën AirCross 2016 tem preços entre R$ 49.990 e R$ 69.290

Citroën / Lançamentos

Citroën AirCross 2016 tem preços entre R$ 49.990 e R$ 69.290

Aventureiro mata o C3 Picasso com versões sem estepe na traseira

Citroën Aircross 2016 (12)

Cinco anos após seu lançamento, em 2010, o Citroën AirCross passa por sua primeira mudança visual, que deve dar algum fôlego ao modelo frente à impiedosa concorrência como Jeep Renegade, Ford EcoSport, Renault Duster e Honda HR-V. Para isso, mesmo de cara nova e mais equipado, a marca manteve os preços antigos, que vão de R$ 49.990 a R$ 69.290. Ou seja, muito abaixo dos rivais citados.

Citroën Aircross 2016 (2)

No design, a Citroën deixa clara a inspiração no crossover C4 Cactus, que ensaia sua chegada ao Brasil há pouco mais de um ano. A dianteira tem novos faróis (agora com projetores) menores, afilados e integrados com a grade, que abriga a luz de seta. O para-choque e a grade foram totalmente renovados e, assim como o C3 hatch, há LEDs diurnos logo abaixo dos faróis.

Citroën Aircross 2016 (13)

De lado, o AirCross recebeu rodas exclusivas em acabamento grafite (e não mais diamantado, como no atual), além de novos adesivos na base das portas. Apesar de ser o ângulo que menos mudou visualmente, a traseira é quem mais representa a novidade da linha 2016. Das seis versões totais do AirCross, três não terão o estepe pendurado na traseira. O que isso quer dizer? Que o C3 Picasso, de visual mais “civil”, foi descontinuado, sendo substituído por estas configurações de entrada do aventureiro. Mas falaremos mais disso daqui a pouco.

Citroën Aircross 2016 (3)

O interior do “SUV”, como a marca resolveu chamar o modelo, passou por boas alterações. As saídas de ar deixam de ser redondas e adotam formato de um “quadrado redondo” (à la Fiat Uno), enquanto o painel ganha uma porção central branca. A central multimídia das versões mais caras enfim abandonou o topo do painel e desceu para onde deveria estar desde o começo – além disso, virou touch screen.

Citroën Aircross 2016 (4)

Voltando às novas configurações do modelo, que também têm novos nomes, as três primeiras serão exclusivamente sem estepe externo. A Start (R$ 49.990) é equipada com vidros e travas elétricos, ar-condicionado manual, direção elétrica (novidade na linha 2016) e rodas de aço de 16 polegadas. Em seguida, a Live (R$ 53.990) acrescenta rodas de liga leve aro 16, barras no teto, LEDs diurnos e sistema de áudio com entradas USB e auxiliar, além de pareamento via Bluetooth. Estas duas serão equipadas sempre com motor 1.5 de 93cv de potência e câmbio manual de cinco marchas. Fechando os substitutos do C3 Picasso, o AirCross Live 1.6 (R$ 58.990) adicionará motor 1.6 de 122cv e câmbio automático de quatro marchas com opção de trocas por aletas atrás do volante e função EcoDrive.

Citroën Aircross 2016 (14)

Caso não abra mão do pneu na traseira, você deverá escolher por alguma versão a partir da Feel, que tem sempre motor 1.6. A Feel manual, que parte de R$ 58.990, adiciona o estepe e alarme. A Feel automática, R$ 63.290, acrescenta apenas a transmissão automática de quatro marchas. Por fim, a topo de linha Shine (não mais Exclusive) começa em R$ 69.290 e adiciona bancos com revestimento parcial em couro, sensores de estacionamento traseiros e central multimídia com navegador GPS, espelhamento para smartphones e câmera de ré.

Preços do Citroën AirCross 2016:

AirCross Start manual 1.5 (sem estepe traseiro): R$ 49.990
AirCross Live manual 1.5 (sem estepe traseiro): R$ 53.990
AirCross Live automático 1.6 (sem estepe traseiro): R$ 58.990
AirCross Feel manual 1.6: R$ 58.990
AirCross Feel automático 1.6: R$ 63.290
AirCross Shine automático 1.6: R$ 69.290




  • Diggo

    Este carro não combina sem o estepe na traseira e quanto ao interior ficou melhor, mas ainda não é tudo aquilo. O 2008 dá uma banho nele.

  • Darlon Anacleto

    Pra encarar a buraqueira e os pequenos alagamentos da cidade com muito espaço interno, mas sem pressa, é a melhor pedida.