Peugeot 408 tem novo design e motor THP Flex e parte dos R$ 75.990

Lançamentos / Peugeot

Peugeot 408 tem novo design e motor THP Flex e parte dos R$ 75.990

Sedã tem mudanças na suspensão e no pacote de equipamentos

PEUGEOT_408_2016 (29)

Acompanhando o hatch 308, o Peugeot 408 2016 também muda para se enquadrar na nova identidade visual da marca. Isso significa que passa a usar os mesmos faróis recortados, capô e para-choque do 308. Com novos equipamentos e opção de motor 1.6 THP Flex de 173cv, os preços do sedã começam em R$ 75.990.

PEUGEOT_408_2016 (31)

A diferença da frente do 408 para o 308 está em pequenos detalhes. Por exemplo, no sedã a peça que envolve a grade é pintada na cor da carroceria e os LEDs que envolvem os faróis de neblina têm acabamento cromado. Atrás, as lanternas são novas e estreiam iluminação por LEDs, enquanto na lateral as rodas aro 17″ são a novidade e na versão Griffe, mais cara, têm acabamento diamantado.

PEUGEOT_408_2016 (29)

 

Por dentro, o 408 2016 tem novo volante revestido em couro, mas os comandos de som e piloto automático ficam em comandos satélites por trás dele. O quadro de instrumentos passou a ter fundo branco com novos grafismos e o painel passa a ter moldura de plástico preto brilhante. Em destaque no meio está a nova central multimídia com tela de 7″ sensível ao toque, com 16gb de armazenamento interno, espelhamento de tela e integração com o Apple Carplay e, na versão Griffe, navegador GPS.

PEUGEOT_408_2016 (14)

Na parte técnica, o sedã tem mudanças na suspensão. Os conjuntos dianteiro e traseiro foram retrabalhados para entregar mais conforto em baixas velocidades, dissipando as irregularidades do piso.

Também há novidade entre os motores com a adoção do motor 1.6 THP Flex, com turbo e injeção direta, na versão Griffe. Este motor rende 173cv e 24,5kgfm de torque e está combinado ao câmbio automático de seis marchas EAT6, que também teve suas relações retrabalhadas e ganhou a função “ECO”, que muda não só o comportamento do câmbio como também o mapeamento do motor. A economia de combustível pode chegar a 7%.

PEUGEOT_408_2016 (17)

A versão Allure, mais em conta, usa o motor 2.0 16v de 151cv e 22kgfm de torque e se combina ao câmbio automático de seis marchas.

Desde a versão Allure (R$ 75.990) o Peugeot 408 tem controle de estabilidade, seis airbags, alarme volumétrico, Isofix, sensor de estacionamento traseiro, faróis de neblina, luzes diurnas de LED, ar-condicionado bi-zona, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, piloto automático, bancos de couro, central multimídia e rodas aro 17″.

O 408 Griffe (R$ 86.990) soma ainda sensor de estacionamento dianteiro, câmera de ré, teto solar, bancos de couro perfurado e rodas aro 17 diamantadas.

 

 

 

  • Valdek Waslan

    Eu só não entendi porque a Peugeot fez a cagada de colocar em toda a sua gama a Central Multimédia na parte debaixo do console central… enfim.. Antes, quando era em cima, o condutor não tinha que desviar tanto o olhar para olhar para a mesma e agora, dependendo do condutor, o mesmo tem até que dar uma leve torcida no pescoço pois o braço direito fica na direção da central… enfim…