Eventos / Land Rover

Range Rover atravessa ponte de papel para comemorar 45 anos

SUV utiliza sistemas tecnológicos para cruzar estrutura

rr

Se hoje o segmento de SUVs premium está na moda, em 1970 esse mercado sequer existia. Até que a Land Rover apresentou o Range Rover, primeiro utilitário esportivo a chegar ao mercado. Desde então, se tornou referência em sofisticação, mas também em tecnologia. E foi justamente essa característica que a marca decidiu explorar no aniversário de 45 anos do modelo. A comemoração foi atravessando uma ponte produzida inteiramente em papel.

rr2

Além de celebrar os 45 anos do Range Rover, o objetivo da Land Rover era demonstrar uma série de inovações presentes no modelo. Uma delas é a nova geração do sistema Terrain Response 2, que adapta automaticamente todas as configurações de tração, aceleração e suspensão de acordo com o tipo de terreno, com ou sem a ação do motorista.

O carro conta ainda com o sistema All-Terrain Progress Control (ATPC), que permite ao motorista se concentrar exclusivamente na direção do veículo, enquanto monitora toda a velocidade e aceleração, além de adaptar o modelo para trafegar em determinado tipo de piso automaticamente.

rr3

Os dois mecanismos, somados ao fato de a construção do Range Rover utilizar alumínio em toda sua estrutura, permitiram a travessia da ponte, que não usa nenhum tipo de cola ou parafuso. Feita à mão, a estrutura demorou três dias para ser concluída. A ação aconteceu na antiga cidade de Suzhou, a cerca de 100km de Xangai. O local é conhecido como a “Veneza do Oriente”, justamente por suas pontes.

O Range Rover costuma ditar as inovações do segmento que inaugurou. Em 1989, foi o primeiro SUV a ser equipado com freios ABS. Em 1992, o modelo estreou itens como controle eletrônico de tração e suspensão pneumática na categoria. Já em 2012, na atual geração, se tornou o primeiro utilitário esportivo com a carroceria inteiramente produzida em alumínio.