Renault / Segredos

Renault Clio se aposenta no final de 2016

Kwid substituirá o velho compacto no Mercosul

autowp.ru_renault_clio_mercosur_2

Após 16 anos de mercado, o Renault Clio de segunda geração inicia os trâmites para a aposentadoria. O compacto abandonará as linhas da fábrica de Santa Isabel no final de 2016, segundo o Autoblog Argentina. Mas a Renault não ficará sem um carro de entrada…

renault_kwid_8

A fábrica, que também produz o Fluence e o Kangoo, será ocupada com a produção de Logan e Sandero para o mercado argentino. Quem assume o posto do Clio, porém, será o Kwid. Se trata de um compacto bastante simples lançado recentemente na Índia e que tem como objetivo ter preço inicial entre os R$ 25 mil e R$ 30 mil. Tem 3,68m de compriemento (8cm a mais que um Up!), 1,57m de largura (3cm a mais que um uno), 1,47m de altura (4cm a mais que um Palio) e 2,42m de entre-eixos (como em um Picanto).

renault_unsorted_31

Para dar conta dele, escalaram o motor 0.8 de três cilindros que rende 54cv e 7,3kgfm de torque. É pouco, mas promete consumo de 25km/l. Um motor 1.0 de quatro cilindros (o mesmo do Clio, 1.0 16V) e opção de câmbio automatizado Easy´R serão oferecidos depois na Índia e também estarão no carro brasileiro.

renault_unsorted_37-740x416

Com outro nome,  o Kwid será lançado no Brasil no final de 2016 e outra de suas metas é ser um dos carros mais econômicos do país.

Nos corredores da fábrica da Renault em São José dos Pinhais (PR), o subcompacto é tratado pelo codinome “XBB” e receberá os mesmos retrovisores de Logan e Sandero. No interior, os plásticos dos acabamento serão trocados por materiais de melhor qualidade, mas o quadro de instrumentos digital permanece.

 




  • Razyr Wos

    Só espero que troquem os cubos de roda com 3 parafusos por outros mais convencionais, com 4…além de maior segurança, também seria garantia de economia de escala, visto que o Kwid poderia usar as peças de outros modelos.