Primeiras impressões – Audi A3 Sedan 1.4 TSI Flex

Audi / Lançamentos

Primeiras impressões – Audi A3 Sedan 1.4 TSI Flex

Por R$ 99.900, sedã tem itens simplificados e mais equipamentos

Audi A3 Sedan Flex 2016 (23)

“Agora o Audi A3 é nacional”. Fosse dita no final dos anos 90, essa notícia soaria como uma novidade e tanto para o mercado nacional. Mas hoje, mais de 15 anos depois, é apenas reprise. Agora é a vez do Audi A3 Sedan ganhar espaço nas fábrica de São José dos Pinhais (PR) e arranhar o português. Com equipamentos novos e mecânica modificada, parte dos R$ 99.900.

Audi A3 Sedan Flex 2016 (1)

O mesmo, mas não sempre o mesmo

Nas ruas, você precisará de olhos treinados para perceber a diferença entre o A3 Sedan importado da Hungria e o nacional. A depender da versão, até mesmo as rodas são iguais (as aro 16 continuam as mesmas, as 17 que têm novo desenho) e não se percebe praticamente nenhuma diferença no acabamento (cujas peças ainda são importadas) nem na montagem da carroceria, o que leva a crer que a Audi cumpriu o que prometeu, quando disse que o padrão de montagem do A3 nacional seria equivalente ao importado.

Audi A3 Sedan Flex 2016 (20)

Mas antes mesmo de olharmos a ficha técnica, já percebemos uma diferença: o A3 Sedan nacional é mais alto que o equivalente importado. Está 1,5cm mais distante do solo e a “culpa” é do novo conjunto de suspensão traseira, que passa a ser por eixo de torção, em detrimento ao multilink. Além disso, o câmbio também é outro: sai o DSG de dupla embreagem e sete velocidades e entra uma transmissão tiptronic de seis velocidades. Segundo Lothar Werninghaus, consultor técnico da fabricante, a “nova” transmissão possui dez programas para adaptação ao modo de conduzir do motorista, e é fabricada pela Aisin, no México.

Audi A3 Sedan Flex 2016 (12)

No topo das mudanças, está o motor. O 1.4 TSI agora é flex (com direito a adesivo na tampa do porta-malas) e desenvolve 150cv e 25kgfm de torque, independente do combustível usado. “Este motor trouxe mais potência, mais torque e melhores acelerações”, assegura Gerald Pillekamper, gerente de produto da Audi. Além disso, recebeu nota A no programa de etiquetagem do Inmetro.

Audi A3 Sedan Flex 2016 (22)

Mais de um

Em termos de versões e equipamentos, o A3 Sedan nacional ganhou em opcionais e diminuiu o preço. De cara ele chega em duas versões distintas: Attraction e Ambiente. A primeira custa R$ 99.900 e traz sete airbags, faróis bi-xenon, sistema start-stop, rodas aro 16″ (sendo as 17″ opcionais), controle de estabilidade, rádio MMI com 8 alto-falantes e Bluetooth. A Ambiente, R$ 109.990, acrescenta rodas aro 17″ de série, sensores de luz e chuva e volante com paddle-shifters para troca de marcha.

Os opcionais do carro vêm em pacotes. O rádio MMI pode “evoluir” para o MMI Plus, que – ao custo de R$ 13 mil – ganha tela de 7”, 10GB de espaço para armazenamento de arquivos, navegação com mapas 3D, DVD Player e sistema MMI Touch. Além deles há o ACC (Adaptative Cruise Control, controle de cruzeiro adaptativo) com Pre Sense Front (que na iminência de uma colisão “arma” o veículo, reduzindo o impacto e os danos aos ocupantes), e o Active Lane Assist, que alerta mudanças involuntárias de faixa tremendo o volante.

Audi A3 Sedan Flex 2016 (8)

O primeiro (sem o Pre Sense Front) vem no pacote Assistance (R$ 10 mil), que adiciona ainda câmera de ré e sensores de estacionamento dianteiros, já o segundo vem no pacote Assistance Plus (R$ 18 mil) que acrescenta todos os itens do anterior, mais o Pre Sense Front, e o Park Assist (assistente para estacionar o carro).

E ao volante?

Feitas as apresentações do modelo e dos itens, chegava a hora de tirar a prova do quanto ele mudou. Partindo do Audi Center Lounge, na Rua Oscar Freire, foi feito um percurso de cerca de 70 km, entre avenidas e estrada.

Audi A3 Sedan Flex 2016 (5)

Ao volante da versão Ambiente, fica claro que o sedã não perdeu a boa dirigibilidade. Em Santana do Parnaíba pegamos um trecho sinuoso em subida, e o motor não reclamou. Nem o câmbio, que ficou apenas um pouco mais lento nas trocas de marcha. A suspensão também se revelou outra boa surpresa: apesar de ser mais simples que a multilink, não trouxe prejuízos à estabilidade.

O motor, por outro lado, merece verdadeiro destaque. Com mais torque, acelerações e retomadas ficaram mais vigorosas, e a opção pelas trocas manuais no volante tornou a condução mais dinâmica e divertida, também. Isso também se traduz em números melhores: agora o A3 Sedan 1.4 chega aos 100km/h em 8,8s, contra os 9,4s do antigo, com 122cv.

Homenagem

Audi A3 Sedan Flex 2016 (31)

O lançamento do A3 Sedan também foi marcado por uma homenagem ao tricampeão mundial de F1, Ayrton Senna. Ele foi o responsável pela chegada da Audi ao Brasil, através da Senna Import, e isso foi lembrado no evento. As homenagens incluíram um painel (de 40m de altura por quase 18 de largura) pintado pelo artista Eduardo Kobra, que ficará na Avenida Paulista. Kobra também assinou a pintura especial feita no primeiro A3 nacional produzido, que será futuramente leiloado e os fundos entregues ao Insituto Ayrton Senna.

  • vidgal

    Como pode um carro premium não ter sensores de estacionamento de série, até Jetta de entrada tem dia/tra.
    Não oferecer bancos elétricos como opcional já na versão Ambiente.
    Vai ser premium assim lá na China…TÔ FORA!!!