Lançamentos / Mercado

Retrospectiva 2015 – Os acontecimentos automotivos mais marcantes do ano

Os fatos que movimentaram o Primeira Marcha em 2015

Retrospectiva

Acho que você vai concordar conosco: 2015 foi um ano bem louco. Vendas em queda, preços de carros e combustíveis em alta, uma penca de novos SUVs e ranking de vendas completamente diferente servirão para lembrar do ano que passou. Selecionamos os principais acontecimentos dos últimos 12 meses e ainda fomos atrás dos carros que deixaram o mercado e das principais notícias deste site – que acaba de completar 8 anos no ar e que começou o ano Novidades Automotivas e termina se chamando Primeira Marcha. Vamos lá?

Audi A3 Sedan agora carrega o “verde-louro desta flâmula”

Audi A3 Sedan Flex 2016 (23)

Lançado no Brasil em 2014, o A3 Sedan ganhou nacionalidade brasileira em 2015, sendo um dos principais destaques do ano. Fabricado em São José dos Pinhais (PR), de onde também sairá o Volkswagen Golf brasileiro, o modelo ganhou o inédito motor 1.4 turbo flex de 150cv. A nova configuração é acompanhada de um conjunto mecânico mais simples: saíram de cena a transmissão DSG e a suspensão multilink, dando lugar à Tiptronic e ao eixo de torção respectivamente. Por último, a versão topo de linha Ambition (também nacional) tem motor 2.0 turbo de 220cv e mantém o mesmo conjunto de transmissão e suspensão do modelo importado da Hungria. A configuração esportiva S3 permanece importada.

Depois de um 2014 de ressaca, a Citroën lança os novos AirCross e C4 Picasso

C4_0128

Mesmo com o Salão do Automóvel, 2014 foi um ano de marasmo para a Citroën – que foi compensado em 2015. Na virada do ano, a francesa adotou o motor 1.6 turbo flex no C4 Lounge. Para o segundo semestre, porém, a marca promoveu três lançamentos quase que simultâneos. A nova geração do C4 Picasso chegou ao Brasil nas versões de cinco e sete lugares (Grand C4 Picasso), mais tecnológica e com motor 1.6 turbo de 165cv. Em seguida, sem alterações mecânicas, o AirCross teve seu design renovado e adotou novas versões de entrada sem o estepe pendurado na traseira para, de uma só vez, agradar quem não gosta do pneu externo e aposentar o C3 Picasso.

Chevrolet Cobalt: enfim bonito

chevrolet_cobalt_elite_6

Quando chegou às lojas brasileiras, lá em 2011, o Chevrolet Cobalt tinha um lema: oferecer muito espaço – mesmo que isso sacrificasse algo primordial para os brasileiros, o design. O tempo passou isso mudou. Vendo os passos da Renault com o Logan, a marca resolveu promover um belo banho de loja no sedã, que ficou mais elegante, bonito, tecnológico e, como nem tudo são flores, também está muito mais caro.

Jeep Renegade: o queridinho do ano

IMG_1688[3]

Não nos resta qualquer dúvida de que o Renegade representa um dos lançamentos mais importantes do ano no Brasil. Produzido em Goiana, Pernambuco, o jipinho lidera as vendas mensais da categoria de utilitários esportivos, à frente do rival HR-V e dos veteranos EcoSport e Duster. Se de um lado as versões mais “em conta” do Renegade levam o criticado motor 1.8 flex de 132cv vindo da Fiat, de outro é o único SUV compacto no país a oferecer um motor 2.0 turbodiesel de 170cv e câmbio automático de nove marchas.

Honda aposta alto no HR-V – e acerta

IMG_1019[3]

Seguindo a receita dos utilitários esportivos compactos, a Honda lançou, no primeiro semestre, o HR-V. Mirando no Renegade (que chegou um pouco depois) e nos citados EcoSport e Duster, o japonês feito no Brasil reúne o conjunto mecânico do Civic (motor 1.8 de 140cv e câmbio CVT) e um visual atraente. Com isso, chegou ao topo do ranking como o modelo mais vendido da categoria no acumulado de 2015.

Família HB20 passa por sua primeira mudança visual e mecânica

Hyundai-HB20-2016-4

2015 foi um ano cheio para a Hyundai do Brasil (ou HMB, como se auto-intitula). Três anos após o lançamento da família HB20, a marca promoveu as primeiras mudanças para os modelos – que não se restringiram apenas ao design. Além das linhas retocadas, com direito a LEDs e projetores nos faróis, os compactos (HB20, HB20S e HB20X) adotaram novas transmissões manual e automática de seis marchas para acompanharem o motor 1.6, que abandonou o tanquinho de partida a frio.

Peugeot 2008: mesmo com bons predicados, caiu no esquecimento

IMG_2289[3]

Se havia um nome que prometia colocar medo no EcoSport, esse era “Peugeot 2008”. Mas não foi bem o que aconteceu… Mesmo com visual refinado (o mais urbano da galera), lista de equipamentos recheada, teto solar panorâmico e opção de motor 1.6 turbo flex de 173cv de potência, o francês não caiu nas graças do povo brasileiro e amarga a lanterna do segmento. É triste: nós adoramos este carro!

Com Duster Oroch e Sandero R.S., a Renault decidiu inovar em 2015

2093_sandero-rs-29

O mercado esteve em constante queda, mas a Renault apostou suas fichas em 2015. Saindo na frente da Fiat Toro, a Duster Oroch inaugurou o até então inédito segmento das picapes intermediárias – maiores que as compactas Saveiro e Strada, e menores que as médias S10 e Hilux. Com mecânica baseada no Duster, a picape oferece motores 1.6 e 2.0, mas apenas com câmbio manual. Outro destaque foi o Sandero R.S., versão esportiva do hatch com motor 2.0 e câmbio manual de seis marchas. Nacional, o modelo é o primeiro na história da divisão R.S. (Renault Sport) a ser fabricado fora da França.

Toyota Hilux (enfim) completamente renovada

Malagrine

A oitava geração da Hilux enfim chegou ao Brasil. Com design e dirigibilidade mais próximos de um automóvel de passeio (como inspiração, o Corolla), a picape ganhou uma nova versão topo de linha, SRX, além de estrear o motor 2.8 turbodiesel de 177cv de potência e 45,9kgfm de torque. Mais equipado em relação ao anterior, o modelo tem ar-condicionado digital automático com saídas para os bancos traseiros, assistente de controle em declives e sete airbags.

Volkswagen Up TSI

speed-up-1

O Up não é nenhuma novidade no mercado brasileiro: foi lançado por aqui em 2014, mas nunca apresentou números satisfatórios de vendas. No entanto, para turbinar as vendas do modelo (com perdão do trocadilho), a Volkswagen passou a oferecer um inédito motor 1.0 TSI (turbo) flex de até 105cv de potência para o compacto, sempre acompanhado de transmissão manual. Com desempenho de fazer inveja a muito 1.6 e 2.0, além do consumo digno de um híbrido, o modelo viu suas vendas crescerem a ponto de formar filas de espera de até três meses para algumas versões. As configurações topo de linha Red, Black e White passaram a ser oferecidas apenas com o novo motor, assim como a série especial Speed.

Aquele video que deu o que falar…

Os carros que saíram de linha este ano:

 As reportagens mais lidas de 2015:

1° –Este é o Chevrolet Cobalt 2016

Chevrolet Cobalt 2016 - flagra do leitor (1)

Com lançamento marcado para o início de dezembro, o Chevrolet Cobalt 2016 foi flagrado sem qualquer camuflagem pelo leitor Leonel Avila, em Porto Alegre, prestes de participar da gravação de comercial. Além de design totalmente repaginado, o sedã intermediário da Chevrolet também tem novidades entre os equipamentos e na gama de versões.

Continue lendo…

2° – Exclusivo – Flagramos os novos Volkswagen Gol e Voyage por dentro e por fora

Volkswagen GOL E VOYAGE 2017

A Volkswagen continua trabalhando na reestilização da família Gol, que estreia no primeiro trimestre de 2016, já como linha 2017. Há exatamente um mês publicamos o primeiro flagra da Saveiro em testes. Agora os flagras são dos novos Gol e Voyage, feitos pelo repórter Michael Figueredo. E dá pra ver até mesmo o que muda no painel dos modelos.

Continue lendo…

3° – Os 10 carros mais feios que você pode comprar 0km

12118685_906872126033259_6052869337241485392_n

Todo ano é a mesma história. Matérias e mais matérias sobre os carros mais feios no dia do Halloween. Pontiac Aztek, Fiat Multipla, Mitsuoka Orochi, Aston Martin Lagonda e etc. Tentando fugir um pouco desses clichês, a equipe do Primeira Marcha elaborou uma lista dos carros mais feios que você pode comprar em uma concessionária e sair desfilando com ele por aí no dia das bruxas. Não se esqueça de escrever o que achou lá nos comentários!

Continue lendo…

4° – Leitor flagra Volkswagen Saveiro reestilizada em testes

Flagra - Saveiro reestilizada (1)

Enquanto uma nova geração não fica pronta, a família Gol passará por mais uma reestilização no início de 2016. O leitor Flávio Baliero flagrou a picape Saveiro rodando em testes com camuflagem para esconder as mudanças, mas com aberturas suficientes para dar pistas sobre o que muda já no primeiro trimestre de 2016, já como linha 2017.

Continue lendo…

5° –Carros brasileiros nunca foram tão desejados pelos ‘gringos’

PLEASE COME TO USA AND EUROPA

Você que cresceu admirando carros vendidos lá fora e que nunca apareceram no Brasil pode não acreditar, mas hoje os ‘gringos’ desejam carros brasileiros. São criações nossas e que só existem aqui, como o Renault Sandero R.S., a Fiat Toro e até o Troller T4. Todos eles repercutiram na Europa e nos Estados Unidos, e há até quem defenda a exportação deles…

Continue lendo…


Nota do editor:

2015 foi ano de mudança radical nestas páginas. Completamos oito anos no ar com novo nome e estrutura completamente diferente. Mas quem nos acompanha há algum tempo certamente percebe que mantivemos a mesma paixão pelo que fazemos aqui. E 2015 foi proveitoso. Muitos flagras, muitas avaliações e, também, muitos vídeos em nosso canal no YouTube – que receberá atenção especial em 2016. E ainda fomos aos salões de Buenos Aires e Frankfurt!

Tente esquecer um pouco as previsões pouco empolgantes para 2016. Há vários lançamentos importantes por vir, fábricas para iniciar a produção no País e é ano de Salão do Automóvel em São Paulo. 

 

Feliz 2016!

Henrique Rodriguez
Editor-chefe

  • pedro rt

    nao podiamos deixar de ver um video com a voz do dudu razuk… kkkkk