Dodge / Salão de Detroit / Segredos

Dodge Viper pode ganhar nova geração

Plataforma do Alfa Romeo Giulia seria aproveitada pelo modelo

dodge_viper_gtc_4

O Dodge Viper como conhecemos terá sua produção encerrada em 2017, mediante acordo entre a Fiat Chrysler (FCA) e o sindicato dos trabalhadores da indústria automobilística dos EUA e Canadá, o United Auto Workers (UAW) assinado em outubro passado. Mas Sergio Marchionne, CEO da FCA, disse durante o Salão de Detroit que existe a possibilidade do esportivo ganhar uma nova geração, com nova arquitetura.

dodge_viper_gtc_8

É que assim que a Fiat optou por encerrar a produção do Dodge Viper assim que assumiu o controle da Chrysler, em 2010. Retrabalharam o carro e em 2013 o relançaram como SRT Viper. O novo design com toque europeu não conseguiu conquistar novos compradores, tanto que a produção do esportivo chegou a ser paralisada em 2015 para adequarem os estoques.

dodge_viper_gtc_ta_1.0_10

Marchionne considera o Viper “um trabalho de amor”. As novas arquiteturas de veículos que a FCA planeja usar em seus carros nos próximos anos pode garantir ao Viper uma nova geração. E não se impressione caso a plataforma usada for a mesma do Alfa Romeo Giulia, que é cotada também para as novas gerações dos Dodge Challenger e Charger – que ainda usam plataforma de uma geração passada do Mercedes Classe E.

Se assim for, será uma grande evolução para os Dodge. Principalmente para o Viper, que usa uma velha plataforma e seu enorme motor V10 8.4 aspirado, com 640cv e 82kgfm de torque máximo.

 

  • Alexander NotTheKing

    Que os deuses das 4 rodas iluminem as cabecinhas dos executivos, Viper tem que continuar, e com o V10 aspirado, bruto e câmbio manual.

  • Dudu Pimentel

    Acho bem possível uma vez que a Dodge é concorrente direta da Chevrolet e sendo assim não creio que ela vai deixar o Corvette C7 Stingray reinar sozinho

    • Jad Bal Ja

      O Corvette C7 já reina sozinho, as vendas do Viper são minusculas. Não adianta nada tentar manter um carro na concorrência quando este não vende quase nada. Duvido que a FCA mantenha a linha do Viper.