Ioniq, o híbrido da Hyundai, tem todos os detalhes revelados

Hyundai / Salão de Detroit

Ioniq, o híbrido da Hyundai, tem todos os detalhes revelados

Mais discreto que o concorrente Prius, chega à Europa ainda este ano

hyundai-ioniq-fresh-pics-vid-6

“Agora você não vai mais ficar com inveja quando ver um Toyota Prius passar”. É assim que a Hyundai definiu o Ioniq, o concorrente declarado do híbrido japonês que chega no segundo semestre deste ano ao mercado europeu. Sua estreia será em março, durante o Salão de Genebra, na Suíça.

hyundai-ioniq-fresh-pics-vid-5

No design, o Ioniq faz questão de mostrar que é um modelo de apelo tecnológico e ecologicamente correto, mas dispensa os exageros estilísticos vistos no Prius. A dianteira tem elementos típicos da Hyundai, como os faróis irregulares e a grade hexagonal. A traseira, porém, tem personalidade própria. O vidro dividido é inspirado no rival, enquanto as lanternas têm aspecto mais comum. As rodas poderão ser de 15 ou 17 polegadas, a carroceria terá nove opções de cores e serão três diferentes acabamentos.

hyundai-ioniq-fresh-pics-vid-2

Também por dentro o Ioniq dispensa exageros. O painel tem linhas convencionais, destacando a tela de sete polegadas do sistema multimídia de plataformas Android e iOS, além do ar-condicionado digital de duas zonas. Estão presentes ainda assistente para mudanças involuntárias de faixa, detector de objetos em pontos cegos, freio de emergência e sete airbags.

hyundai-ioniq-fresh-pics-vid-1

Serão duas configurações mecânicas diferentes para o Ioniq: uma híbrida e uma totalmente elétrica. A primeira será resultado da combinação de um motor 1.6 diesel de 105cv de potência e 15 kgfm de torque, com outro elétrico de 43cv e 17,3kgfm de torque, resultando em 141cv e 27kgfm. O coeficiente aerodinâmico de 0,24 é auxiliado por sistemas de aprimoramento ativos e passivos. A transmissão é automatizada de dupla embreagem.

hyundai-ioniq-fresh-pics-vid-4