Com 770 cv, Lamborghini Centenario aparece em Genebra

Lamborghini / Lançamentos / Salão de Genebra

Com 770 cv, Lamborghini Centenario aparece em Genebra

Superesportivo tem rodas traseiras direcionais e dinâmica aprimorada

lamborghini-centenario-lt770-4 (3)

É a comemoração dos 100 anos de nascimento de Ferruccio Lamborghini, fundador da empresa, o que dá nome ao mais novo esportivo da marca. O Lamborghini Centenario é, na prática, uma versão ainda mais extrema do Aventador SV. Além de toda a carroceria ser feita de fibra de carbono, assim como o chassi monocoque, tem aerodinâmica melhorada para garantir mais downforce em altas velocidades.

lamborghini-centenario-lt770-4 (2)

No peso, a diferença é de apenas 5kg para menos em relação ao Aventador SV, chegando aos 1.520 kg e a relação peso-potência de 1,97 kg/cv ante os 2,03 kg/cv.

Por dentro, a grande tela sensível ao toque de 10,1″ domina o painel. É compatível com Apple CarPlay e navega na internet. O mais importante, porém, é o sistema de telemetria para pistas, que também usa duas câmeras para gravar todo o desempenho do carro no circuito. Ainda tem lugares para guardar dois capacetes.

lamborghini-centenario-lt770-4 (4)

O superesportivo também tem rodas traseiras direcionais e seu motor V12 6.5 está mais potente, rendendo agora 770 cavalos, 20 cv a mais que o SV. O resultado é aceleração de 0 a 100 km/h em 2,8 s (0,1 s mais rápido que o SV). Leva 23,5 segundos para chegar aos 300 km/h e a máxima é de 350 km/h. E o sistema de freios reforçado exige 30 metros para frear a 100 km/h e 290 m quando se está a 300 km/h.

Apenas 40 Lamborghini Centenario serão vendidos, sendo a metade de cupês e a outra metade de roadsters. Todos eles já foram vendidos a um preço inicial de 1.9 milhão de dólares, ou R$ 7,6 milhões sem impostos.

Este slideshow necessita de JavaScript.