Nissan / Segredos

Nissan Sentra reestilizado chega ao Brasil entre maio e junho

Sedã tem design novo, mas deverá manter o motor 2.0

2016-Nissan-Sentra-2017 (1)

Mostrado em novembro durante o Salão de Los Angeles, o Nissan Sentra 2017 tem lançamento no Brasil previsto para acontecer entre maio e junho, de acordo com o site Autos Segredos. O modelo tem design mais dinâmico e moderno, inspirado no sedã grande Maxima, mesmo que na prática as mudanças envolvam poucas peças.

2016-Nissan-Sentra-2017 (2)

Faróis cheios de recortes, luzes diurnas de LEDs, nova grade com um grande “V” cromado que define os novos vincos do capô e para-choque com tomadas de ar maiores dão novos ares para dianteira. Na traseira, as lanternas tem novo arranjo das luzes e a luz de posição passa a ser de LED, enquanto o para-choque passa a ter seus refletores destacados por falsas saídas de ar e uma peça preta na base simula um extrator.

2016-Nissan-Sentra-2017 (7)

Por dentro, o volante com miolo redondo é novo, assim como o quadro de instrumentos com tela de TFT DE 5″ mais nítida. A parte central do painel passa a ter moldura em preto brilhante e o console tem acabamento que simula fibra de carbono. Mas nã ohá previsão de alterações significativas no motor, o mesmo 2.0 16 flex de 140 cv com câmbio CVT ou manual de seis marchas.

2016-Nissan-Sentra-2017 (17)

O Nissan Sentra 2017 dá início a um calendário movimentado para os sedãs médios, que envolve reestilização do Kia Cerato e as novas gerações de Honda Civic e Chevrolet Cruze.

2016-Nissan-Sentra-2017 (21)

  • Alexandre Almeida

    Porque não trazer o 1.8 americano. Pqp essa Nissan só dá bola fora.

  • Ander33x

    É um carrão ponto.
    Mas a Nissan poderia dispor de mais itens… Borboletas atrás do volante, ou pelo menos dispor do modo SHIFT no câmbio, rebatimento elétrico dos retrovisores, bancos elétricos, uma melhor CMM (rodando android seria perfeito) com mais Apps, etc.
    Agora fazem um facelift bem básico e o preço se não se manter vai subir ainda mais.

    E olha que nem falei sobre melhorar motor e câmbio… Rs

  • Airplane

    Belo design !

  • Dudu Pimentel

    Pq não utilizar o 2.0 16V retrabalhado, o mesmo que equipa os novos Duster e Sandero RS? Ia dar um up no desempenho modelo. Falta tb a Nissan lançar um hatch médio (que poderia ser derivado do Sentra) e lançar um March Nismo com motor do Sandero RS…ficaria show de bola.

    • Alexander, NotTheKing

      O Duster não tem motor retrabalhado, Duster e Sandero RS possuem um motor 2.0 da Renault, enquanto o Sentra possui um motor Nissan.

      Só Sandero RS ganhou uma pimentazinha o Duster continua igual ao que sempre foi, nada de empolgante.

      • Dudu Pimentel

        Talvez eu tenha me expressado mal: o motor do Sentra novo e do antigo é o mesmo…esse motor está sob o capô do Fluence…a Renault e a Nissan tem uma aliança, por isso os motores de ambos é o mesmo (ok, o motor de origem Nissan)…a potência era 143 cv no Duster / Fluence e 140 cv no atual Sentra, mas no SanderoRS é 150 cv, como vc me explica esse ganho de potência, se não foi mexido? É claro que foi mexido! diferente de algumas marcas que mentem a respeito da potência, a Renault não faz isso (e não, não confio no dinamomêtro da Fullpower).

      • Dudu Pimentel

        Duster não é um carro para correr, é um carro para cidade e para encarar um fora-de-estrada leve, tanto que ele tem versões 4×4. Sandero RS vai totalmente contra: a proposta dele é ser esportiva não só no visual como tb na mecânica, sem no entanto, precisar de fazer um grande investimento.