Audi / BMW / Jaguar / Mercedes-Benz / Salão de Pequim

Os “compridinhos” do Salão de Pequim

Carros com entre-eixos alongado são destaque em evento chinês

SEDÃS LONGOS CHINA (4)

Se todos os dias surge um novo fabricante de automóveis na China, o número de fábricas por lá certamente tende a infinito. Tente imaginar que por trás de cada coisa com “made in China” ou “made in P.R.C.” no rótulo que você vir há um dono chinês milionário. Isso vale para o enfeite de mesa, o chaveiro, o fone de ouvido, quase todas as canetas que estão sobre sua mesa e até para aquela Torre Eiffel que seu primo trouxe da França. E todos esses executivos chineses andam no banco de trás de um sedã com entre-eixos enorme. É por isso que na China existem versões alongadas até mesmo de SUVs, e o Salão de Pequim deixa isso bem claro.

Não, não tem a ver com o tamanho dos chineses. De acordo com a Comissão Nacional para a Saúde e o Planejamento Familiar da China, a estatura média de sua população é de 1,67 m, quando a do Brasileiro, de acordo com o IBGE, é de 1,72 m. Mas estes ricos chineses não abrem mão de algo entre 13 e 16 cm a mais de espaço para as pernas no banco de trás. É por isso que existem carros como os que você verá a seguir exclusivos para a China.

Audi A4 L 

SEDÃS LONGOS CHINA (6)

Você pode reclamar de espaço no banco de trás de um A3 Sedan, mas dificilmente se sentirá desconfortável em um A4. Mesmo assim, o sedã alemão vai para a segunda geração de sua versão com entre-eixos longo. São 9 cm a mais frente a versão normal, resultando no entre-eixos de 2,91 m, o mesmo de um A6. Em termos de design, os centímetros extras ficam bem distribuídos e a versão mantém até os faróis Matrix LED e o sistema de som Bang & Olufsen. Os motores escalados para o A4 L são duas versões do motor 2.0 TFSI, com 190 e 252 cavalos.

 Mercedes Classe E LWB

SEDÃS LONGOS CHINA (1)

Assim como o concorrente da Audi, o Mercedes Classe E tem sua versão alongada própria para a china. Tem 14 cm extras no entre-eixos, sendo que 13,4 cm se refletem em espaço maior para as pernas. E para fazer do banco traseiro mais confortável ele tem estofamento mais macio e o assento do meio pode virar um largo apoio de braço central com porta objetos, tela sensível ao torque e carregador de celular sem fio. A Mercedes não pretende vender esta versão fora da China, até porque será fabricado por lá sob a joint venture com a Beijing Auto.

 BMW X1 LWB

SEDÃS LONGOS CHINA (5)

Se faltava algo mais para o BMW X1 fazer ainda mais sucesso na China, seria espaço para as pernas. Se isso já é bem melhor na nova geração do modelo, imagine se você colocar 13 cm extras só para o banco traseiro? Pois foi o que fizeram… Nem o SUV compacto da BMW escapou dos gostos chineses. E o banco traseiro corre, permitindo que se recline bastante o encosto. Enquanto isso, o espaço no porta-malas varia entre 465 e 675 litros. Ele será vendido na China com três motores, um 1.5 de 136 cv e os 2.0 de 192 cv e 232 cv, com câmbio automático de seis ou oito marchas.

Jaguar XFL 

SEDÃS LONGOS CHINA (3)

Outro daqueles carros que você tende a se dar por satisfeito quanto ao conforto do jeito que ele é o Jaguar XF, que ganha a inédita versão XFL na China. Ele é 14 cm mais longo, mas tem 15,7 cm extras de espaço para as pernas de quem sentar no banco de trás. Ainda instalaram delas de 8 polegadas sensíveis ao toque atrás de cada banco dianteiro. Considerado o primeiro Jaguar desenvolvido exclusivamente para a China, o XFL será vendido com motores 2.0 de 200 e 240 cv além do V6 3.0 de 335 cv.

SEDÃS LONGOS CHINA (2)

  • Diggo

    E o trabalho que as marcas fazem para aumentar o entre-eixos, em nada modifica a harmonia do desenho.