Citroën / Mitsubishi / Peugeot / Segredos / Toyota

PSA entrará no segmento de picapes médias

Novo modelo pode ser baseado na Toyota Hilux ou na Mitsubishi L200

peugeot_hoggar_f_003

Lembra-se da Peugeot Hoggar? Pois bem, esqueça ela. Desta vez a PSA Peugeot Citroën quer entrar no segmento de picapes médias, que está crescendo como nunca na Europa. De acordo com informação obtida pela revista inglesa Autocar, e confirmada pelo CEO da PSA, Denis Martin, e pelo diretor executivo da Peugeot, Maxime Picat, a picape será mostrada na próxima terça-feira, 5, durante a apresentação do plano de crescimento do conglomerado para os próximos seis anos, batizado de “Push to Pass”.

Peugeot 504 1,3 Tonelada

Peugeot 504 1,3 Tonelada

Esta picape não seria exatamente inédita, ganharia vida por meio de joint-venture com algum outro fabricante. Apesar do crescimento nas vendas de picapes na Europa, os números não justificam o custo de desenvolvimento de uma picape por completo, como seria necessário. A mais cotada para servir de base é a Toyota Hilux, visto que a PSA já mantém acordo com a fabricante japonesa: 0 Toyota Aygo deu origem aos Citroën C1 e Peugeot 108, por exemplo.

toyota_hilux_double_cab_10

Nesta linha de pensamento, outra alternativa seria aproveitar a relação antiga com a Mitsubishi, que empresta o ASX para chamar-se Citroën C4 Aircross e o Outlander para dar vida ao Peugeot 4007, para aproveitar a base da nova L200. A Fiat, que por acaso fabrica a Ducato como Peugeot Jumper e Citroën Boxer, também recorreu à Mitsubishi para criar sua picape média, a Fiat Fullback. É tudo uma grande troca de favores.

Fiat Fullback

Fiat Fullback