Renault / Segredos

Renault Kwid tem produção nacional confirmada

Renault-Kwid

Lançado na Índia em abril com preços partindo dos 3.900 dólares, o Renault Kwid vai muito bem nas vendas por lá a ponto de a marca já estar trabalhando em um sedã em um crossover derivados do mesmo projeto. Agora, a Renault anunciou de forma oficial que ele será produzido no Brasil. Mas não será exatamente igual.

renault_unsorted_31

O Kwid que conhecemos está pronto, foi desenvolvido na Índia. O que teremos terá tantas mudanças em seu projeto que a Renault já trata ele como produto desenvolvido pela Renault Technology America (RTA) e pelo Renault Design America Latina (RDAL) especificamente para o mercado brasileiro.

renault

É uma questão de qualidade. Para custar o mesmo que um bom cortador de grama, o Kwid indiano tem poucas concessões no projeto. As rodas são de três furos com calotas, os comandos dos vidros elétricos ficam no painel, não há preocupação com texturas e cores dos plásticos de acabamento e o quadro de instrumentos digital tem apenas o extremamente necessário. Por outro lado, 97% dos componentes são fabricados na Índia. A montagem é na fábrica da Renault-Nissan em Chennai.

renault_kwid_6

O carro brasileiro também terá todos os componentes fabricados no Brasil, algo mandatório no projeto.  A produção será na fábrica de São José dos Pinhais (PR), onde o carro é conhecido como “Projeto XBB”.

Em dimensões, nada mudará. Tem 3,68m de compriemento (8cm a mais que um Up!), 1,57m de largura (3cm a mais que um uno), 1,47m de altura (4cm a mais que um Palio) e 2,42m de entre-eixos (como em um Picanto). Mas  receberá os mesmos retrovisores de Logan e Sandero e, no interior, os plásticos do acabamento serão trocados por materiais de melhor qualidade.

Renault Kwid

Na versão de entrada o motor será o 0.8 de três cilindros flex com pouco mais de 60cv. O objetivo é custar R$ 30 mil e substituir o velho Clio. Quem fizer questão de mais potência terá como opção o motor 1.0 16v Hi-power de quatro cilindros e 80cv, o mesmo do Clio. O câmbio é manual de cinco marchas nos dois casos. O lançamento do Kwid no Brasil está previsto para o final de 2016 e outra de suas metas é ser um dos carros mais econômicos do país.

  • Airplane

    Mais bonito do que o Mobi e o Up!

  • Brasileiro

    Dos “sub-compactos” da uma banho de beleza no UP! e no Mobi.

  • pedro rt

    in off – acabei de receber a noticia de q o palio fire, siena EL e bravo ja sairam de linha e de q a idea, weekend e linea sairao de linha em junho. ate dezembro o doblo cargo, ducato, uno furgao, versoes 1.6, 1.8 e 1.4 turbo do punto tmb sairao de linha, o new palio 1.0 tmb. ao longo de 2017 a strada working sera a unica em continuar em linha ja q uma nova geracao chegara em 2018

    • Brasileiro

      A Fiat deveria ter feito isso a muito tempo, ja deveria ter a linha mais enxuta.

    • 0terceiro

      Por favor, me diga!
      Você trabalha na fábrica?

  • Sergio Monteiro

    Em questão de estilo da de 10 a zero no Mobi…o resto vamos esperar pra ver.

    • Um milhão de vezes melhor em estilo, diga-se de passagem. Será que vão manter as rodas de 3 furos aqui? Se sim vai ser ótimo contra furtos.

      • Pedro Cunha

        Velhas rodas mangels para linha corcel terão nova aplicação! Sensacional!

    • Pedro Cunha

      Em questão de estilo, se somarmos todos populares e compactos brasileiros, o resultado é nulo.