Antigo / Subaru

Subaru comemora 50 anos de seus motores boxer

tumblr_m0hjnotC5v1r86692o1_1280

Motores boxer são aqueles com cilindros contrapostos dispostos paralelamente ao solo. Entre as vantagens está a pouca vibração, por conta das pelas forças contrárias geradas pelos pistões que acabam se anulando e construção que favorece o centro de gravidade baixo. E a Subaru está comemorando 50 anos de uso deste tipo de motor. Senta que lá vem um pouco de história…

Fundada em 1952, a Subaru começou a utilizar motores Boxer – que, por sinal, foi criado por Karl Benz, também conhecido como pai da Mercedes-Benz – no pequeno sedã 1000, lançado em 1966 como concorrente do primeiro Toyota Corolla. Tinha 3,93 m e apenas 670 kg, o que não devia ser ruim para o motor 1.0 com quatro cilindros que gerava bons 55 cv.autowp.ru_subaru_1000_1

Junta homocinética

Para criar este motor a engenharia da Subaru estudou outros motores boxer, como os do Fusca, do Chevrolet Corvair e da DKV. A peculiaridade era a combinação de motor boxer com tração dianteira. Como um simples eixo cardã na transmissão de força geraria muita vibração, recorreram à Toyo Bearing (hoje NTN) para que encontrassem uma alternativa melhor. Foi assim que a Subaru usou a famigerada junta homocinética – criada 40 anos antes – pela primeira vez.

Hoje, todos os Subaru usam motores boxer. Em 50 anos, a marca fabricou mais de 16 milhões de motores deste tipo.

autowp.ru_subaru_3.6_3