Chevrolet / Fiat / Hyundai / Mercado

Chevrolet Onix foi o carro mais vendido em maio; Strada e Toro lideram entre os comerciais

2014-chevrolet-onix-rodas-diamantadas-esportivo-1920x1080

O lançamento do Chevrolet Onix reestilizado está previsto para acontecer até agosto. Enquanto isso não acontece, o compacto da Chevrolet comemora mais um mês de liderança nas vendas no Brasil, com 10.896 unidades emplacadas ao longo de maio. Na segunda posição está o Hyundai HB20, com 9.249 unidades. O Volkswagen Gol continua evoluindo nas vendas e fechou o mês com 6.914 unidades, garantindo a terceira posição.

O HB20 é um ótimo carro, mas a versão mais cara não é a melhor de todas

De volta à quarta posição, o Ford Ka teve 6.358 unidades vendidas e é seguido pelo Toyota Corolla, com 5.428 unidades. O sexto lugar é de outro sedã, o Prisma, com 5.356 unidades vendidas. Já o Fiat Palio segue cada vez mais longe das líderes, com o sétimo lugar 5.290 emplacamentos. O Honda HR-V aparece em oitavo (5.162), seguido pelo Renault Sandero (4.756) e pelo Jeep Renegade (4.407).

Comerciais leves

Fiat Strada Extreme (2)

Se entre os carros de passeio os Fiat estão cada vez mais distantes do pódio, entre os comerciais leves houve dobradinha italiana. O primeiro lugar ficou com a Strada (4.274) e o segundo com a Toro (3.526). As duas picapes somam exatas 7.800 unidades.

A distância da Toro para o terceiro lugar é pequena. A Volkswagen Saveiro teve 3.462 unidades vendidas. Ocupando a sexta colocação geral a também compacta Chevrolet Montana teve 1.352 unidades comercializadas.

fiat_toro_volcano_019

Na segunda colocação geral, a Toro segue liderando entre as picapes média. Já a Toyota Hilux ficou na quarta posição na classificação geral e em segundo entre as médias com 2.926 unidades vendidas. A Chevrolet S10 ficou em terceiro na categoria, com 2.094 modelos comercializados. Na classificação geral a picape da marca americana ficou com o quinto lugar.

Classificação dos 50 automóveis e comerciais leves mais vendidos:

MAIS VENDIDOS MAIO 2016

 

  • Elizandro Rarvor

    o que me surpreende mesmo são as vendas do Renegade, achava que logo o povo iria perceber que é caro demais para o fraco e ultrapassado motor 1.8 e o ridículo porta-malas, ledo engano, o negócio é parecer.