Automobilismo / Honda

Honda Civic Type R registra recordes em cinco circuitos europeus clássicos

honda_strip_53949_10_full

Depois de uma turnê pelos principais circuitos de corrida da Europa, aqueles que você sempre escolhe nos simuladores, o Honda Civic Type R pode se gabar por ter quebrado os recordes de volta para carros de produção com tração dianteira. Seriam seis recordes, mas o tempo do Honda em Nürburgring Nordschleife foi quebrado semanas depois por um sujeito chamado Volkswagen Golf Clubsport S.

honda_strip_53949_3_full

Não se trata de mero Civic cheio de adereços e motor i-VTEC girador. O Type R é baseado na versão hatch europeia e tem motor 2.0 turbo que entrega nada menos que 310cv de potência e 40,8kgfm de torque, capazes de levá-lo de 0 a 100km/h em 5,7 segundos e à velocidade máxima de 270km/h. A transmissão é outro ponto que deixa os puristas felizes: manual de seis velocidades.

A campanha teve início em Silverstone, na Inglaterra, com Matt Neal, vencedor por três vezes do Campeonato Britânico de Turismo (BTCC), ao volante. Cravou tempo de 2 minutos e 31,85 segundos.

honda_strip_53949_4_full

No início de maio o destino foi o circuito belga de Spa-Francorchamps. O circuito dono da lendária curva Eau Rouge, foi enfrentado pelo Type R com o jovem Rob Huff ao volante. Record batido com tempo de 2 minutos e 56,91 segundos.

E o esportivo de pista livre para andar nas ruas seguiu para Monza, na Itália. Agora com o húngaro Norbert Michelisz, do Campeonato Mundial de Turismo (WTCC), bateu o recorde com 2 minutos e 15,16 segundos na volta.

Honda Civic Type R sets new benchmark time at Silverstone with Honda BTCC's driver Matt Neal

Em Estoril, portugal,o piloto Bruno Correia, que guia o safety car do WTCC assumiu o posto de Tiago Monteiro, piloto do WTCC que havia se acidentado na competição. Em 24h Correia estava lá e, mesmo com apenas um dia de experiência com o carro, fez o tempo de 2 minutos e 4,08 segundos. Outro recorde.

O último destino foi a Hungria, onde Norbert Michelisz assumiu novamente o volante do Civic para bater o recorde em Hungaroring. Feito: 2 minutos e 10,85 segundos.