Kia / Segredos

Kia Cerato renovado chega em agosto; Rio e KX3 ficam para 2017

2016 Kia K3 Forte Cerato Facelift 02

A reestilização do Kia Cerato vista lá fora no ano passado só alcançará os carros vendidos no Brasil em agosto. Este que será o primeiro retoque no modelo desde seu lançamento, em 2013, também marca a mudança no país de origem do sedã: deixa de vir da Coreia do Sul para ser importado do México.  Mas há outras novidades a caminho do Brasil.

2016 Kia K3 Forte Cerato Facelift 03

De diferente, o Kia Cerato tem novos faróis, agora com LEDs diurnos e ligados à grade com a mesma fórmula da minivan Grand Carnival, e que parecem ainda maiores do que os atuais. O para-choque dianteiro também é novo, com tomadas de ar nas extremidades, enquanto o traseiro foi redesenhado. As lanternas têm novo arranjo interno e luzes de LEDs, enquanto o para-choque tem novos refletores. As laterais permanecem intocadas, apenas o desenho das rodas é diferente. O motor 1.6 flex de até 128 cv e 16,5 kgfm de torque será mantido, e sempre com câmbio automático de seis marchas.

2016 Kia K3 Forte Cerato Facelift 14

Entre as fabricantes que mais sofreram com a regra que eleva o IPI em 30 pontos percentuais para marcas que não produzem no país, a Kia se esforça para manter a linha renovada. A ideia era trazer o Cerato 2017 meses atrás, mas a produção no México só começou em maio. Isso também atrasou o cronograma do compacto Rio, que só entrará em produção no México no final do ano, aparecendo por aqui apenas no ano que vem. A ideia era trazê-lo a tempo para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro para aproveitar o nome.

autowp.ru_kia_rio_hatchback_2

Até lá as novidades da Kia serão as reestilizações de Cadenza e Optima, seus sedãs maiores. Num futuro mais distante, já em meados de 2018, veremos no Brasil o SUV compacto KX3. Com porte de EcoSport e Duster, entrará em produção no México no final de de 2017. Se tudo der certo para a Kia desta vez, a regra do super-IPI já terá expirado até lá.

Kia-KX3 (1)

 

  • Ander33x

    Quando custava 49K 0Km era até tolerável usar esse motorzinho 1.6, agora beirando os 100K essa KIA tá de “Caô-a” com a gente.

    Esse barrigudo canela seca do Gandini vai insistir até quando com esse 1.6 nesse carro? Puta cara burro.

    #QueNaoVendaNada