Pergunta da Semana – Que tal um tapete voador?

Pergunta da Semana

Pergunta da Semana – Que tal um tapete voador?

Suspensão macia e equilibrada: qual carro é tão confortável assim?

citroen_ds_23_pallas_37

Como dizem aqui em Minas: “Óia nóis aqui travêis!”. Em bom e claro português, estamos de volta. Vocês já perceberam que este asinino que por cá troveja não consegue fazer uma simples Pergunta da Semana sem ter uma inspiração divina no cotidiano? Desta vez não foi diferente: estava eu vendo algumas fotos antigas e relembrando carros da minha distante infância e adolescência. Foram muitos, com lembranças distintas.

fiat_palio_adventure_1

Dentre todos eles, me veio à memória uma Palio Adventure 1.6 16v 2002, verde escura, e viagens realizadas nela. Fora explorar boa parte de Minas Gerais, foram mais três estados visitados nela em férias diversas. Sempre carregando a família com coragem e, principalmente, conforto. Não estamos falando aqui de um carro de dinâmica apurada, um devorador de curvas. E sim de um carro de certa forma silencioso em altas velocidades (isso ela não era!), que mantinha um ritmo interessante de viagem ignorando sumariamente as imperfeições do solo, mantendo o conforto dos passageiros ao longo de toda a jornada. Basicamente, o desempenho de um tapete voador.

benefit of suspensionSeguramente – e pegando um gancho na Pergunta da Semana anterior – a Citroën é referência na fabricação de tapetes voadores. Talvez a época de dominação francesa no Marrocos tenha permitido a transmissão de conhecimentos dos tapeceiros de Marrakesh para os engenheiros de Saint-Ouen que desenvolveram a eternamente genial suspensão hidropneumática desde o Citroën DS até tempos atrás. Agora querem a mesma definição para o novíssimo Citroën Advanced Comfort, que deve estrear no ano que vem.

Não havia nada que perturbasse a quietude dos passageiros com bom isolamento acústico e suspensão que mantinha a carroceria sempre nivelada, sem trancos. De forma semelhante, as banheiras americanas jogam no mesmo time: imagine você em um Lincoln ou Cadillac cupê full-size dos anos 1970, passando por cima de tudo e de todos com calma em uma auto-estrada lisa, com um V8 apenas sussurrando no seu ouvido bebendo litros de gasolina enquanto você ouve Crosby, Stills & Nash enrolando a ponta do seu bigode? Esqueça os trechos de curvas: muitos tapetes voadores se dão muito mal nessas situações

citroen c6 hydroactive

Viagens no litoral no país são um cenário interessante para isso. Idem as estradas do interior paulista, ou mesmo em alguns longos trechos nos rincões do nosso país. Para nossa realidade, você consegue imaginar um tapete voador? Lembrem-se: boa média horária, conforto acústico, suspensão filtrante de irregularidades, conforto a bordo. Possuem alguma história do gênero? Qual o carro mais barato a oferecer tais características?

Vamos, compartilhe conosco o seu saber! E até a próxima!

autowp.ru_cadillac_eldorado_coupe_5

  • Helder Ibanez

    O Stilo 1.8 16v que eu tive, eu chamava de sofá com rodas, só descobri que minha rua era esburacada após trocá-lo por um Sentra

  • awatenor

    A Wiikendi mesmo…Interessante como é bem mais confortável que o Plaio, acho que p’causa da suspensão traseira, mas tome dor de cabeça com acabamento, peças de baixa qualidade e componentes elétricos…

  • millemiglia

    Depois que você mencionou a Palio Adventure me lembrei da minha valente Palio Weekend 1.0 6 Marchas que, apesar dos raquíticos 61CV de potência, conseguia andar entre 100/120 km/h e ainda fazia quase 16 km/l. Era confortável e muito macia mas… depois dela já estou na segunda Marea Weekend e essa pode-se chamar de tapete voador: anda bem, tem uma suspensão macia mas não molenga, um ótimo espaço interno e é silenciosa para viajar. A primeira era uma 2.0 ELX (142CV) e a atual é uma 2.4 HLX (160CV), com câmbio mecânico (raridade).