Volkswagen vai fabricar um novo modelo na unidade argentina de Pacheco

Mercosul / Volkswagen

Volkswagen vai fabricar um novo modelo na unidade argentina de Pacheco

VW-T-Roc

O presidente argentino Mauricio Macri viaja, no dia 5 de julho, para a Alemanha em busca de investidores para seu país. E na agenda do mandatário do país vizinho está uma reunião com a Volkswagen. O objetivo é apresentar à marca alemã um plano de incentivos para que o país possa receber investimentos na fábrica de Pacheco.

Nesta terça-feira, diretores da marca no país estiveram na Casa Rosada, sede do Governo Federal, para definir detalhes da reunião. O plano de investimentos da Volkswagen já estava definido há mais de um ano. No entanto, permanecia travado por conta da instabilidade política e econômica do governo anterior. A unidade de Pacheco não produz um novo modelo desde quando começou a fazer a Amarok, em 2009.

De acordo com a imprensa local, a Volkswagen Argentina planeja lançar 15 novos modelos para os próximos 12 meses – a maioria já conhecida do mercado brasileiro. E a visita de Macri ao quartel general da fabricante alemã tem o objetivo de atrair a produção de um terceiro modelo no complexo que receberá o aporte. Estão em pauta um sedã ou um SUV, mas ainda sem qualquer definição. Mas ao que tudo indica, é provável que a marca opte pelo utilitário, que seria feito na mesma plataforma do Golf, para se posicionar abaixo do Tiguan e preencher uma das maiores lacunas do portfólio da Volkswagen. O modelo, é claro, seria comercializado em toda a América Latina.

vw4

Ainda na Alemanha, Macri pode encontrar executivos de outra fabricante: a Mercedes Benz. O presidente do país vizinho está com conversas adiantadas com os diretores locais da marca, em busca de um espaço na agenda para ir até Stutgart. A reunião, no entanto, ainda não foi confirmada.