Tecnologia

Câmeras já podem substituir os retrovisores no Japão

BMW-i8-mirrorless-images-8

Figuras fáceis em carros-conceito futuristas, câmeras no lugar dos retrovisores externos já têm aval para se tornarem comuns em carros de produção no Japão. O governo da “terra do sol nascente” foi o primeiro a aprovar a comercialização de automóveis sem espelhos externos, com câmêra e telas substituindo-os.

A ideia não é nova e já é usada em protótipos nas 24 Horas de Le Mans, por exemplo.  A Ichikoh Industries (do Japão) e a Bosch (da Alemanha) já se propuseram a fornecer este tipo de tecnologias aos fabricantes instalados no japão. O primeiro modelo de produção com “espelhos digitais” será lançado nos próximos meses.

Mais do que interessantes, as câmeras em destaque para fora do carro permitem reduzir o arrasto aerodinâmico e o peso do veículo, o que, por consequência, melhora o consumo e o desempenho. O carro também se torna mais seguro tendo menos elementos protuberantes que os motociclistas poderão arrancar.

661056140572536321

Outra vantagem está na possibilidade de melhora da imagem digitalmente, compensando a falta de brilho e de luz, permitindo melhor visibilidade em condições noturnas e de chuva. As imagens também podem ser reproduzidas em diversas telas (painel de instrumentos, consola, no local do espelho de teto…). O uso de infra-vermelho poderia melhorar a visibilidade noturna.

Na Europa, a permissão do uso dos retrovisores digitais poderá sair ainda este ano.

Interno digital

retrovisor-digital

Uma das grandes atrações do Cadillac CT6 é o conjunto de tela e câmera que substituem o espelho interno. Câmera de alta resolução é posicionada na traseira, em posição mais elevada do que a câmera de ré. Projetada para aumentar a largura da pista na visão traseira e maximizar a visibilidade, tem proteção hidrofóbica para manter a visibilidade sempre, mesmo com chufa ou neve. Além do campo de visão maior, proporciona maior facilidade em manobras noturnas e imagem mais nítida mesmo em situações com péssimas condições de luminosidade.

Quem não se habitua à novidade pode desabilitar a câmera e o display e, desta forma, o espelho que protege a tela volta a cumprir a tarefa de retrovisor – o que também é bom para situações de emergência.