Nissan / Segredos

Cinco motivos para esperar pelo Nissan Kicks

Nissan Kicks 2017 copacabana (10)

Ao que tudo indica, enquanto a delegação brasileira estiver disputando medalhas nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro, muita gente estará disputando os Nissan Kicks em estoque. O inédito SUV compacto da Nissan estreia nas lojas no dia da abertura das Olimpíadas, dentro de exatamente um mês. E há bons motivos para esperar por ele, caso você esteja interessado em Jeep Renegade, Honda HR-V e Ford EcoSport.

Ele tem, praticamente, as mesmas dimensões do Honda HR-V

Nissan Kicks 2017 copacabana (25)

O Kicks já tem suas dimensões conhecidas. São 4,29 m de comprimento (o mesmo do HR-V e 15 cm menor que o Renegade), 1,76 m de largura (1 cm menos que o HR-V e 5 cm menos que o Jeep), 1,59 m de altura (1 cm mais alto que o HR-V e 12 cm menos que o Renegade) e entre-eixos de 2,61 m, o mesmo do HR-V e 3 cm menor que o do Jeep.

Kicks Porta-malas

A referência é boa. O HR-V tem o espaço interno como uma de suas principais qualidades. O Nissan não tem a mesma modularidade do interior do Honda, mas tem banco traseiro bi-partido e porta-malas amplo (embora com capacidade ainda desconhecida). O Renegade, por sua vez, é menor por dentro e porta-malas com capacidade de SUV compacto: 273 litros (a partir deste mês).

É bem equipado na versão topo

Kicks Interior Corte 2

No início, apenas o Kicks SL, versão mais completa, será vendido no Brasil. Uma explicação para isso é que, no início, o modelo não será fabricado em Resende (RJ) como planejado. Para que o lançamento do modelo coincidisse com as Olimpíadas, a fábrica mexicana de Aguascalientes entrou em ação para produzir o Kicks exclusivamente para o Brasil, sem nem mesmo vendê-lo no México.

Kicks Detalhe Grade

Entre os equipamentos já conhecidos que estarão presentes no modelo a Nissan já destaca o Around View Monitor (monitor com visão 360°) e o Moving Object Detection (detecção de objetos em movimento nos pontos cegos). Ambos dependem de quatro câmeras (duas nos retrovisores, uma no logotipo dianteiro e outra na régua da placa) para exibir uma visão total do carro e alertar ao condutor no caso de qualquer perigo que tenha passado despercebido. Os dois são inéditos no segmento.

Kicks_Painel_Inteiro

Além disso, terá central multimídia com tela de 8 polegadas, ar-condicionado digital, quadro de instrumentos digital (apenas o velocímetro é analógico), vidros elétricos com função um toque, controles de estabilidade e tração, volante com regulagem de altura e profundidade, rodas aro 17″, chave presencial, bancos de couro e direção elétrica.

Como o HR-V, o Kicks tem o meio do painel suave ao toque, com couro. A diferença é que ele pode ter três cores (assim como o couro dos bancos e portas): preto, sand (bege) e machiatto (caramelo).

O preço ficará abaixo dos concorrentes menos equipados

Nissan Kicks 2017 copacabana (2)

Os primeiros carros disponibilizados em pré-venda pela Nissan foram da série especial Rio 2016, primeiras 1000 unidades do modelo com design diferenciado, mas ainda com a versão SL como base. A procura foi tanta que a Nissan resolveu oferecer um lote da versão SL. Mas o importante está nas cláusulas aceitas pelos clientes que aceitaram:

O preço bruto de cada versão do veículo será distinto, ou seja, as versões Nissan Kicks Rio 2016 e Nissan Kicks SL terão valores diferenciados. Cada uma das versões terá valor definido, obedecendo à faixa de R$ 89.000,00 (oitenta e nove mil reais) a R$93.500,00 (noventa e três mil e quinhentos reais).

O preço final da versão reservada será definido pela Nissan no momento do lançamento e informado ao consumidor oportunamente, nos termos do item 3 deste Regulamento.

Para os veículos Nissan Kicks SL – cor metálica, haverá um acréscimo de R$ 1.350,00 (um mil, trezentos e cinquenta reais) com relação aos valores dos veículos de cor sólida, sendo que o valor total do veículo não ultrapassará a monta de R$93.500,00 (noventa e três mil e quinhentos reais).

Para os veículos Nissan Kicks SL com interior “Sand” e “Macchiato” haverá um acréscimo de R$ 500,00 (quinhentos reais), com relação ao valor dos veículos com interior “Preto”, sendo que o valor total do veículo não ultrapassará a monta de R$93.500,00 (noventa e três mil e quinhentos reais).

Caso o consumidor opte pelo veículo Nissan Kicks Rio 2016 na cor Branco Diamond com teto Sunset Orange, deverá pagar, além do valor do veículo, a importância de R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais), podendo o valor total a ser pago ultrapassar a monta de R$93.500,00 (noventa e três mil e quinhentos reais).

É barato? Óbvio que não. Mas está parelho com as versões intermediárias de Jeep Renegade e Honda HR-V, que não são tão equipados.

Ele é muito leve para um SUV compacto

Nissan Kicks 2017 copacabana (4)

O Nissan Kicks é baseado na plataforma V, mesma de March e Versa. Os dois são bastante leves, e não poderia ser diferente com o Kicks: de acordo com a Autoesporte, ele pesa apenas 1.142 kg. Para efeito de comparação, o Ford EcoSport tem 1.274 kg, o Honda HR-V 1.276 kg e o Jeep Renegade 1.393 kg. Se fosse lutador de judô. o Nissan estaria em outra categoria junto do Suzuki S-Cross, que pesa 1.125 kg nas versões 4×2.

Nissan Kicks 2017 copacabana (30)

E justo o S-Cross, tão raro no Brasil, é boa referência para o que será o Kicks em termos de desempenho. Além de leve, o Suzuki tem motor 1.6 de 120 cv combinado a um câmbio CVT e anda bem com ele. No caso do Nissan, o motor 1.6 16V flex renderá 114 cv (3 cv mais potente que March e Versa), sendo combinado exclusivamente ao câmbio automático do tipo CVT. O 0 a 100 km/h dependerá muito do mapeamento do câmbio, mas deve ficar entre os 11 s e 12 s. O risco de ser mais lento que os concorrentes existe.

Ele é mais econômico

Nissan Kicks 2017 copacabana (31)

Avaliado pelo Inmetro, o Kicks é mais econômico que todos os seus concorrentes. Cravou 8,1 km/l na cidade e 9,6 km/l na estrada com etanol. Com gasolina, as médias saltam para 11,4 km/l e 13,7 km/l, respectivamente. Magia? Não, ele é leve e o motor 1.6 apenas repete bons números que confere a March e Versa.

Este slideshow necessita de JavaScript.

  • di ego dos Santos melo

    Muito dinheiro pra um carro e gasolina.

  • marcos

    Me parece um ótimo carro, e o motor vai ser o suficiente sim. Hoje acredito que um bom carro é aquele que não bebe demais, e que nos leve com segurança em qualquer lugar.

  • Pedro Krasinski

    93 conto num carro japa-paraguaio e motor 1.6 Reba? Nem turbo é….. Isso é pegadinha do malandro. Nissan tá achando que é Honda. (Nunnnnnnca serão)

    • marcos

      Não sei de onde os brasileiros tiram que ter um Honda é status. Só aqui mesmo…rs estamos falando de Renegade, não de Accord, Legend, a Honda é quem deveria ter vergonha na cara e por um preço mais a altura de seus produtos aqui, ah esqueci! A Honda está certa sim, por aqui pagamos 70num City por ser Honda. Aí eu pergunto e daí ser Honda? Mas enfim, gosto é, cada um tem o seu…kkk

  • Elizandro Rarvor

    Talvez não tiveram tempo, mas se tivessem dado um trato melhor no motor e conseguido algo como 128 cv com etanol, como o motor da Hyundai, faria mais sucesso, o certo mesmo era terem colocado o 1,8 16V do Sentra americano nele.

    • Fábio Rezende

      O carro foi apresentado em versão conceito a 2 anos. Tiveram tempo de sobra pra definir motorização. Estão apostando no downsize como o s-cross da susuki. E ouvir falar que o novo WR-V da Toyota vai seguir a mesma linha com motor menos potente.

      • Elizandro Rarvor

        Bom, conceito é uma coisa, mas até ser definido que seria realmente vendido no Brasil são outros problemas.

        E dois anos é até curto para isso. Tanto é curto que o Kicks está vindo as pressas do México porque não deu tempo de lança-lo com fabricação nacional antes das olimpíadas.

        E o S-CROSS não tem nada de downsizing, motor 1.6 4 cilindros de 120 cv não é downsizing.

        Estão apostando na redução de peso e um desempenho minimamente satisfatório.

        Um motor realmente downsizing, seria um 1.0 turbo de 120 cv e com mais torque.

  • Fábio Rezende

    Continuo a achar que seja má fé da Nissan por um carro no mercado com faixa de preço ao invés de um preço final

    • Elizandro Rarvor

      Como assim? faixa de preço? Eles estão apenas projetando os valores, serão duas versões. No mais, TODAS AS FABRICANTES utilizam o PREÇO SUGERIDO, no final será a revenda que dirá o valor final, não adianta chegar na Toyota achando que vai levar Corolla com desconto de 5.000 do preço sugerido, carro com fila de espera vai ter é ágio em cima.

      • Fábio Rezende

        Entra na pré reserva e lê o regulamento. “Preço de venda pode varia de 89 a 93,5 mil e será definido no momento do lançamento”, ou seja só em 5 de agosto. Até lá vão usar as pré vendas pra compor o valor final do carro. Não estou falando da especulação que gera o ágio nas concessionárias e sim do preço de tabela. Liga pra uma concessionária qualquer vão dizer que considerar ambas versões SL e Rio no valor de 93,5 mil, sendo que a Rio com teto laranja pode ser 96 mil e SL com cor sólida e couro preto no valor de 91,8 mil. Ou seja, nenhuma nas versões top de linha a 89mil. A lei do consumidor é clara, mesmo produto com valores diferentes prevalece o menor. Agora se não fizerem uma boa pré venda é certo que vão lançar a 89mil ao menos o acabamento menos sofisticado. Cheguei a fazer a pré reserva porém após nota de esclarecimento da Nissan pela minha reclamação no Reclame Aqui desisti. Deixa esse carro chegar e esperar a reação de mercado. Mas que essa campanha é errada aos olhos da lei do consumidor é. Querem usar a oferta e procura inversa pra sentir a reação do público lançando o carro na faixa de 90mil pra cima. Isso é ilegal

      • Fábio Rezende

        Sem falar que tem de dar 5mil de reserva sem ver o carro e pagar tudo ainda em Julho depois do test driver antes o carro chegar, o que pode demorar 2 meses a partir de agosto.

  • Sam_Van

    Também acredito que o motor será suficiente, já que na minha Megane Grand Tour com motor 1.6 16v de 111cv ele não faz feio, apesar desta ser mais pesada que o Kicks.

  • Airplane

    Com certeza o Kicks é um bom concorrente a ser avaliado e comparado com os Ecosport, Duster, HRV e Renegade de entrada.