Chrysler / Dodge / FCA

Dodge Dart e Chrysler 200 vão mesmo sair de linha

All-new 2013 Dodge Dart

No início do ano, a Fiat Chrysler Automobiles já mostrava não ter muito interesse em dar vida longa ao Dodge Dart e ao Chrysler 200. Antes, porém, a intenção era “passar a bola” para outra fabricante, por meio de algum tipo de parceria. Mas a ideia de “terceirizar” os modelos perdeu força. E com cada vez menos chances de aparecer uma montadora disposta a assumir os projetos, o fim está praticamente decretado.

Embora pareça absurda, já que os sedãs são relativamente novos – o Dart de 2013 e o 200 de 2011 -, a ideia tem fundamento. Juntos, os dois carros venderam em 2015 menos que o Jeep Cherokee. E é justamente por conta dos utilitários que os modelos vão sucumbir. O carro da Jeep vai substituir o Dodge na linha de montagem de Illinois já em setembro. E o Chrysler 200 cederá o lugar à linha 2017 da RAM 1500 a partir de dezembro.

2016-Chrysler-200-Limited-front-three-quarter

Questionados pela Automotive News, representantes da FCA não comentaram o assunto.  Limitaram-se a dizer que não há nenhum anúncio a ser feito sobre os planos para os sedãs. Fato é que o Dart, que deveria ser lembrado como símbolo da recuperação da Chrysler após a compra pela Fiat, se tornou o primeiro grande fracasso do grupo. O modelo acumula queda de 41% nas vendas, em relação ao ano passado. A retração nos emplacamentos do 200 foi ainda maior: 61%, segundo a publicação norte-americana.

Tags: / /