McLaren / Segredos

Ícone, McLaren F1 poderá ganhar nova geração em 2018

autowp.ru_mclaren_f1_23

Criado por Gordon Murray e lançado em 1993, o McLaren F1 chegou a ser o carro mais rápido do mundo, mas também entrou para a história pelos avanços técnicos (como o uso de fibra de carbono) e por ter três lugares, com o motorista sentado no meio. Agora, de acordo com a Autocar, o McLaren F1 está em vias de ganhar uma nova geração, que seria lançada em 2018.

autowp.ru_mclaren_f1_34

A publicação fala numa produção muito limitada, a cago da McLaren Special Operations (MSO), mantendo características do carro original como a configuração de três lugares e um motor V8 bastante poderoso. Nos corredores da McLaren, em Woking, o carro é chamado de “hyper-GT”, embora o nome de projeto seja BP23, o mesmo do F1 original.

autowp.ru_mclaren_f1_39

Também há preocupação com luxo e conforto neste carro. Fonte da McLaren teria dito que o F1 atenderá a uma necessidade muito particular, que é a de ser ser rápido e confortável o suficiente para longas viagens. Só consigo imaginar russos pegando seu novo F1 para ir para Londres no verão. Dirigindo, claro.

mclaren_f1

A potência viria de uma versão com cerca de 700 cv do motor V8 3.8 da McLaren, que o permitiria chegar aos 320 km/h de máxima. Já o conforto ficaria a cargo da suspensão configurável e do controle de chassi ativo, que poderiam seguir padrões para estradas ou de pista, se necessário.

Se a MSO seguir à risca a história do McLaren F1, é provável que apenas 64 unidades do novo carro sejam produzidas. Este é o número dos F1 originais para ruas fabricados.

  • Elizandro Rarvor

    “só” 320 km/h ? Não quero, se é para ter exclusividade, vamos de Chiron.