Lançamentos / Mercedes-Benz

Mercedes SLC estreia no Brasil e SL passa por reestilização

mercedes-benz_slc-klasse_23

A Mercedes-Benz tem novidades para seus dois principais conversíveis à venda no Brasil. Mais importante é a estreia do SLC, atualização do SLK que segue não só a nova nomenclatura da marca como também a nova linguagem de design. No caso do SL, um dos carros mais caros da marca, as novidades estão em seu design.

Mercedes SLC

mercedes-benz_slc-klasse_17

O objetivo da fabricante alemã ao trocar o K pelo C no nome do modelo é facilitar sua comparação com o Classe C, que representa a linha de carros médios da Mercedes. No design, tem dianteira mais estilosa, com faróis alongados, nova grade, novas tomadas de ar e novo para-choque. Atrás, saídas de escape e lanternas mudaram, enquanto o interior ficou mais sofisticado com novo volante e central multimídia atualizada.

mercedes-benz_slc-klasse_11

A estreia do Mercedes SLC no Brasil se dá em duas versões. A SLC300 tem motor 2.0 turbo de 245 cv e 37,8 kgfm (1.300 rpm), com transmissão automática de nove marchas. É o basta para cumprir o 0 a 100 km/h em 5,8 segundos, com máxima de 250 km/h. Custa R$ 292.900 e tem o sistema Dynamic Select,  com cinco modos de condução: Eco, Comfort, Sport, Sport+ e Individual.

mercedes-benz_slc-klasse_5

Em seguida vem o Mercedes-AMG SLC 43, que usa o V6 3.0 biturbo de 367 cv e 53,1 kgfm (2.000 rpm). Neste caso o 0 a 100 km/h acontece em 4,7 segundos e a máxima também é limitada em 250 km/h. Tem mudanças nos para-choques, grade, rodas aro 19″ e spoilers), e custa R$ 399.900.

Mercedes SL

Mercedes AMG SL 63, Diamantweiß

A reestilização do Mercedes SL tem relação com o SLC. Seu nome não muda, mas tem faróis, grade, para-choques, tomadas de ar, rodas, saídas de escape e disposição dos elementos das lanternas diferentes. Não há mudanças no interior, senão em acabamentos, alavanca de câmbio e volante.  De interessante, tem a estreia da suspensão inteligente Active Body Control, com amortecimento adaptativo, entre os Mercedes vendidos no Brasil.

Mercedes-AMG SL 65, Brilliantblau

Também há duas versões. Tudo começa pelo SL400, com Dynamic Select e motor do SLC 43, o V6 3.0 biturbo de 367 cv e 51 kgfm de torque (2.000 rpm), com câmbio de nove marchas. O roadster vai de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos, com máxima de 250 km/h. O preço tabelado é de R$ 605.900.

Mercedes-AMG SL 63, Polsterung: Leder schwarz, Zierteile: AMG Carbon

No caso Mercedes-AMG SL 63, o design esportivo nem chama tanta atenção por ter motor V8 5.5 biturbo de 585 cv e 91,8 kgfm de torque (2.250 rpm), que opera com o câmbio automático de sete relações. Acelera de 0 a 100 km/h em 4,1 segundos, alcançando 300 km/h de máxima. Custa R$ 887.900.

Mercedes-Benz SL 500. Brillantblau mit AMG Line