Honda / Segredos

Flagra – Honda Civic Hatch 2017 aparece sem disfarces

honda-civic-hatch-2017-4

Várias unidades do novo Civic Hatch foram flagradas completamente sem disfarces quando embarcavam no Reino Unido, com direção aos Estados Unidos. O carro foi antecipado no Salão de Genebra deste ano por um conceito. O desenho da versão definitiva é muito próximo deste e mais agressivo que o esperado.

honda-civic-hatch-2017-2

Durante a apresentação do conceito, o vice-presidente da Honda afirmou que o carro atrairá compradores entusiastas. Para isso, a japonesa aposta em um desenho agressivo, mantendo as grandes entradas de ar nos para-choques, vistas no conceito. Uma ausência importante é a saída dupla de escape no centro, que deve ser reservada para uma versão esportiva.

A versão de cinco portas do Civic Hatch possui o mesmo interior do sedã. O motor será o 1.5 turbo de 176 cv, já utilizado na linha Civic e que acaba de chegar no Brasil. Versões com motor 2.0 turbo e 2.0 aspirado são especuladas, mas nada foi oficializado até aqui. A produção do Civic com esta carroceria só será feita no Reino Unido, e de lá exportada à outros mercados.

honda-civic-hatch-2017-3

A falta de preocupação em esconder o carro indica que a apresentação está muito próxima. As imagens foram obtidas por usuários do fórum CivicX.

honda-civic-hatch-2017-1

Imagens | CivicX

  • Jorge Osório Cortese Magalhães

    Achei esta traseira muito exagerada, feia até. Só combinaria para uma versão bem apimentada, de pouco volume de produção.

  • Dudu Pimentel

    As perguntas são:
    Vem para o Brasil?
    Se sim, quando e quais motores terá (previsão)?

    • DanimarLazaretti

      O mercado de hatchs médios no Brasil só perde espaço para crossovers, então as chances dele chegar são muito, muito pequenas.

      • Dudu Pimentel

        Mas os crossovers estão na moda, os hatchs, por outro lado, nunca deixaram de existir.

        • DanimarLazaretti

          O volume de vendas seria pequeno demais. A importação do Reino Unido enquanto os concorrentes são feitos aqui não permite competitividade. Não justificaria o investimento pra trazer.

        • Elizandro Rarvor

          Deixaram ou deixarão ? Acostume-se os SUVs também não deixarão de existir, se até os europeus estão comprando aos borbotões estes crossovers compactos, não tem mais volta, eles tomarão conta do mercado.

          • Dudu Pimentel

            Deixaram (pois estou me referindo ao passado)…deixarão expressa ideia de futuro…enfim. Isso não dá para dizer ao certo…há 10 anos atrás, quase ninguém sabia da existência desses crossovers no Brasil e ainda era algo difícil de explicar o que era (hj, eles estão mais populares). Não tenho nada contra, na vdd até curto alguns, como o Tracker (embora caro e faltando alguns equipamentos comuns hj nessa categoria e preço); Duster (que ouvi muitos elogiando o carro); Hyundai IX35, Captiva e Peugeot 2008 (além de moderno, bem equipado, com design diferente e bonito, tem aquele motor THP que é demais).

          • Elizandro Rarvor

            A dúvida não era no significado da palavra “deixaram” e sim na sua ideia mesmo, não entendi porque ficou ambíguo, tem muita gente que não sabe usar passado e futuro, só queria tirar a dúvida.

            Mas retornando ao seu raciocínio, na verdade só discordo em um ponto, os crossovers e suvs, savs e o raio que os partam estes marqueteiros, ele não são mais moda, são um segmento consolidado e em franco crescimento.

            Não tem mais retorno.

            Sobre os hatchs, nunca deixaram de existir, mas as peruas também não deixaram de existir e hoje em dia estão quase extintas.

            Parece que o futuro será mais SUVs do que hatchs, mas como as peruas, sempre existirão opções.

          • Dudu Pimentel

            As peruas ainda existem, mas no Brasil só restou a Spacefox…até as minivans (somente a Spin está vendendo bem por causa dos taxistas, que gostam dela, mas o restante está sumida do mercado) estão perdendo espaço para os suvs compactos e crossovers. Pode até ser que realmente mais à frente esses tipos de carros passam a fazer parte do catálogo de modelos do nosso mercado, mas continuo achando que é uma questão de momento, assim como acontece com a cor branca, que atualmente está na moda…enfim…acho que é melhor esperarmos como será as vendas desses tipos de segmentos né, se manterão em alta ou irão estabilizar em um ponto.

          • Elizandro Rarvor

            Esqueceu da GOLF VARIANT, que tem vendido muito bem, por ser importada e cara, achei bem interessante os números de venda.

          • Dudu Pimentel

            Esqueci mesmo…eu nunca vi uma…prova que as peruas estão perdendo espaço infelizmente (ou felizmente, dependendo da pessoa, como é o meu caso, pois não curto peruas).

          • Elizandro Rarvor

            Sim, eu disse “vendendo bem” por ser uma perua e cara, mas são raras nas ruas mesmo.

            Também pudera, com o mar de HR-V e Renegade que vemos não sobre muito tempo para reparar em outros carros.