Renault / Segredos

Mégane RS manterá câmbio manual e terá 300 cv

Renault-Megane-2016-1600-04

A nova geração do Renault Mégane já é vendida na Europa em versões hatch, sedã e perua. A cereja do bolo, no entanto, ainda não foi revelada. Trata-se do Mégane RS que, na geração anterior, bateu o tempo recorde para um carro de tração dianteira em Nürburgring. A (boa) notícia é que, ao contrário previa-se, o câmbio manual será mantido.

Os primeiros rumores surgiram ainda em 2015, prevendo um motor menor que o 2.0 e adoção exclusiva do câmbio de dupla embreagem EDC de seis marchas. No entanto, segundo a britânica Autocar, o motor continuará com dois litros, mas a potência será elevada até os 300 cv. A transmissão EDC será oferecida, mas quem desejar pode equipar o RS com caixa manual de seis marchas – algo impossível no Clio RS.

Renault-Megane-2016-1600-42

As rodas traseiras serão direcionais, melhorando o comportamento do carro em curvas. Além disso, a nova geração é 25 mm mais baixa e 28 mm mais longa. Com isto, o Mégane RS buscará o recorde de Nürburgring, que hoje está nas mãos do Civic Type R. O que será perdido na mudança de geração é a opção de duas portas, não prevista na nova plataforma. Unidades de teste já foram flagradas, mas o lançamento fica para o final de 2017 ou início de 2018. O visual será mais agressivo que o da versão GT, que ilustra esta página.

Fonte | Autocar

  • Dudu Pimentel

    Esse carro seria uma ótima resposta a Cruze Sport6, Golf, Focus hatch e 308.