Lançamentos / Porsche / Salão de Paris

Porsche mostra o novo Panamera 4 E-Hybrid

porsche_panamera_4_e-hybrid_2017_dm_3

A segunda geração do Porsche Panamera ganha agora sua nova versão híbrida. Trata-se do Panamera 4 E-Hybrid, que será apresentado no final desde mês no Salão de Paris com a promessa de ter desempenho e consumo melhores que o da primeira geração.

porsche_panamera_4_e-hybrid_2017_dm_4

 

Por trás da meta está o motor V6 2.9 Biturbo a gasolina que gera 330 cv e 45,7 kgfm de torque que se combina a um elétrico de 136 cv e 40,8 kgfm de torque. Em funcionamento combinado, são 462 cv e 71,4 kgfm de torque máximo. Quem gerencia esta forma é o câmbio PDK de dupla embreagem e 8 marchas, que substitui o antigo automático convencional. A tração é integral.

porsche_panamera_4_e-hybrid_2017_dm_1

Mesmo com o peso do conjunto de baterias de lítio sob o assoalho, o Panamera E-Hybrid acelera de 0 a 100 km/h em 4,6 segundos (contra 5,2 s do antigo) e chega a velocidade máxima de 278 km/h. Isso com consumo médio de 40 km/l. O segredo está na possibilidade de ir dos 50 aos 140 km/h apenas em modo elétrico.

porsche_panamera_4_e-hybrid_2017_dm_5

Há seis modos de condução: o E-Power (somente elétrico), Hybrid Auto (automático), E-Hold (preserva energia da bateria), E-Charge (usa o motor V6 para carregar a bateria) e os Sport e Sport Plus, que privilegiam o desempenho.A bateria pode ser recarregada em tomada convencional em 5,8 horas, ou em apenas 3,6 h quando utilizado um carregador especial disponibilizado pela marca.

porsche_panamera_4_e-hybrid_2017_dm_2

Além de suspensão pneumática de série, esta versão tem quadro de instrumentos com conta-giros analógico e todo resto dos instrumentos em uma tela de TFT de 7″, que faz par com a central multimídia com tela de 12,3 polegadas. Por ali gerencia-se até mesmo a recarga da bateria e a integração com o app Porsche Car Connect, disponível para smartphones e Apple Watch.

  • Airplane

    Os híbridos e elétricos avançam no mundo desenvolvido.