Lançamentos / MINI

Mais parruda, nova geração do Mini Countryman tem até versão híbrida

2017-mini-countryman-27

O Mini Countryman aproveitou o lançamento de sua segunda geração para voltar a assumir o posto de maior modelo da Mini, perdido há poucos meses para o novo Clubman. Agora o SUV da Mini está maior, mais refinado e ainda tem inédita versão híbrida do tipo plug-in, que pode ser recarregada em uma tomada doméstica.

2017-mini-countryman-94

Ainda que o Salão do Automóvel de São Paulo abra as portas no próximo dia 10, o novo Countryman só será mostrado ao público no Salão de Los Angeles, no dia 18. Baseado na plataforma UKL2 (mesma do BMW Série 2 Active Tourer), ele está 20cm mais comprido e 3 cm mais largo, o que bastou para aumentar seu porta-malas de ridículos 220 litros para 450 litros – que podem chegar aos 1309L com o banco traseiro rebatido.

2017-mini-countryman-20

Mecânica moderna

Com a nova geração também chegam novos motores. A versão de entrada, Countryman Cooper, tem motor 1.5 três cilindros de 136 cv e 22,4 kgfm, enquanto o Countryman S usa o 2.0 de 192 cv e 28,6 kgfm. Os europeus, que receberão o modelo em fevereiro, ainda poderão optar pelos motores 2.0 diesel de 150 cv e 190 cv.

2017-mini-countryman-128

Mas o grande destaque do novo Mini Countryman é a versão S E Countryman ALL4, que usa o motor 1.5 de 136 cv combinado a um elétrico de 88 cv, resultando em 224 cv. O consumo combinado, medido no ciclo europeu, é de 47,6km/l. Tudo porque há 40 km de autonomia elétrica garantidos pela bateria, que pode ser recarregada por completo em uma tomada doméstica em 2h12.

2017-mini-countryman-221 2017-mini-countryman-220

Versão esportiva John Cooper Works está nos planos da marca. Teria o mesmo motor 2.0 de 228 cv do Clubman JCW, mas só será lançada em meados de 2017.

  • Atomico

    Espetáculo