Pergunta da Semana – Qual o pior nome já usado em um carro?

Pergunta da Semana

Pergunta da Semana – Qual o pior nome já usado em um carro?

Quando o marketing falha, o tiro pode sair pela culatra

put_a_pinto_under_your_tree_print_ads_0f06d7de-ef94-4b17-aa17-ae91c2759177

Sim, meus caros: desafiando de vez a noção na qual se crê que o inferno é aqui, prosseguimos nossa peregrinação internáutica. Mais uma Pergunta da Semana fresquinha. Que nasce, nesse momento, de uma bomba: os novos motores da Fiat se chamam-se Firefly! É vocês também sabem disso… Entretanto, além da alegada eficiência dos mesmos, me chamou a atenção o nome comercial escolhido para a unidade de força. Firefly?

mitsubishi_montero_3-door_1

Isso mesmo? Para quem não sabe, fireflies são…vagalumes no idioma de Donald Trump! Imagine só se, por força do destino – e sabendo que carros de origem italiana têm desejos próprios – esses carros começam a se incendiar de forma espontânea…bom, a piada tá pronta né? Falando em Firefly, vai uma música fofinha para embalar a leitura dessa indagação semi-poética:

Aí surge como um sol na meia-noite (!) a nossa pergunta: escolha de nome um pouco estranho, não? Imagine se a Ford, em meados dos anos 1970, tivesse a coragem de lançar o seu compacto para o mercado americano – o Pinto – com esse nome em nosso país? Seguramente as milhões de mentes masculinas imaturas como a minha fariam piadas que não somente iriam denegrir a fama do carro, mas que perdurariam por diversas gerações.

Mais tranquila foi a situação da Buick, que nunca teve importação oficial nem volume de importação independente para o Brasil. Sendo assim, não houve problema algum em lançar, no início dos anos 2000, o crossover Rendezvous. Sabe o que é Rendezvous, caro leitor? É a mesma coisa que a zona da luz vermelha. Ainda não sabe o que é isso? Bom, é hora de trocar ideia com seu pai sobre certos conceitos. Mais prudente foi a Mitsubishi com um de seus modelos mais famosos aqui e no mundo inteiro, a onipresente Pajero. Que virou Montero nos países de língua hispanófila. Por que? Bom, digamos que Pajero é aquele que pratica o onanismo. Que isso? Ah, vai no Google cara!

2007 Buick Rendezvous. X07BU_RZ001 (United States)

Eu poderia dizer que o Gol Track é uma homenagem ao atual presidente. Mas como esse site não tem pretensões políticas, ficamos por aqui. Mas deixamos para o final a cereja do topo do bolo: por um acaso você conhece o irmão gêmeo do Suzuki Kei – um kei car japonês típico – produzido pela Mazda e chamado…Laputa? Sim, isso existe. E se você não sabe o que significa o que vem logo depois do “La”, volte para o disco voador de onde você caiu.

Fato é que o mundo automotivo está cheio de exemplos bizarros de nomes empregados em veículos. Qual deles é o pior para você? Algum exemplo ou alguma história em particular? Vamos, compartilhe conosco suas histórias, opiniões e conhecimento.

E até a próxima!

  • Rafael Rocha Dalben

    Esses dias, em um cruzamento, um Picasso entrou com tudo na Chana.

  • Mr. On The Road 77

    Buick Rendezvous foi eleito uma vez um dos carros mais feios do mundo…

  • pedro rt

    a buick insiste ate hj em por nomes pejorativos nos seus carros, outro exemplo e o LACROSSE q muitos devem saber q e o “sexo manual masculino…” assim como o pajero…

    • millemiglia

      Lacrosse é um esporte de origem indígena praticado nos Estados Unidos.

  • Gabrownx

    Picanto, Picasso, Navara, Pinto…

  • millemiglia

    Renato, só para esclarecer: em francês rendezvous significa encontro e não tem a conotação pejorativa que tem no Brasil. Picasso foi um nome polêmico para uma minivan mas era uma homenagem a Pablo Picasso (continua sendo pois as minivans da Citroen continuam com o nome Picasso). O nome do Ford Pinto referia-se a uma raça de cavalos (do mesmo modo que Mustang).

  • DrG

    Picanto! Quem decidiu adotar esse nome no HuEzil ou não era brasileiro ou era muito inocente. Pior, trocou a geração e mantiveram! Seguimos então com nossa pica ambulante hahaha Idem Picasso! Ou esse apelido fálico é regional e só eu noto isso?