Conceitos / Salão de São Paulo / Segredos / Volkswagen

Volkswagen Gol GT Concept tem motor mais fraco que o original; entenda

volkswagen-gol-gt-concept-1

Por anos os fãs do Gol pediram a volta do Gol GTI. Esse esforço incansável teve seu retorno no Salão do Automóvel, onde a Volkswagen mostrou Gol GT Concept. Assinado pelo estúdio de design da Volkswagen no Brasil, agora liderado por José Carlos Pavone, o carro foi certeiro nas referências ao Gol GT original (de 1984), mas ficou devendo motor: descobrimos que a versão moderna tem potência abaixo dos 99 cv originais!

Olha só, é o 1.0 MPI de três cilindros e 82 cv!

Olha só, é o 1.0 MPI de três cilindros e 82 cv!

A Volkswagen fez questão de detalhar todos os elementos exclusivos de seu show car, mas não disse uma linha sobre seu motor. “O carro é um exercício de design”, diziam os representantes da marca no evento. Mas, por um golpe de sorte – ou não – conseguimos permissão para abrir o capô dele. E nos decepcionamos um pouco: lá estava o pequenino 1.0 12V MPI aspirado com seus 82 cv e 10,4 kgfm de torque, como prova a foto acima. Nós gostaríamos de ter visto o 1.0 TSI de 125 cv e 20,4 kgfm do Golf ali dentro…

Ok… Nos daríamos por satisfeitos mesmo se este carro saísse do papel com o 1.6 16V MSI de 120 cv e 16,8 kgfm, que fazia bonito no falecido Gol Rallye. Já seria um grande avanço frente ao Gol GT original, que tinha motor 1.8 carburado com 99 cv e 14,9 kgfm. Chegava aos 100 km/h em 11,9 s, enquanto um Gol 1.0 atual (como o próprio conceito) faz o mesmo em 12,3 s!

autowp-ru_volkswagen_gol_gt_3

De fato, o carro era um exercício de design. Os designers pegaram um Gol Trendline 2p comum para fazer sua mágica (e fizeram isso muito bem, por sinal). Para chegar e sair do Salão do Automóvel não seria necessário um motor mais potente. Foram honestos: poderiam causar sonhos molhados em muitos marmanjos se tivessem dito que havia um 1.4 TSI Flex de 150 cv sob o capô (como fizeram no passado com a Saveiro Rocket)

Pegou as referências?

Independente do motor, o conceito é impactante. Tem para-choques alargados e com tomadas de ar maiores, faróis full LED que parecem saídos de um Golf, LEDs no lugar dos faróis de neblina e belas rodas aro 18″ exclusivas.

volkswagen-gol-gt-concept-6

A faixa preta no meio da tampa do porta-malas e até o adesivo fininho “GT” no vidro traseiro honram o carro original, enquanto o aerofólio vazado e os apliques vermelhos ao redor do carro dão toque de modernidade. Ainda instalaram freios a disco nas rodas traseiras!

volkswagen-gol-gt-concept-4

Por dentro, o carro tem bancos do tipo concha, aplique preto brilhante com a logo “GT” dividindo o painel, saídas de ar são de alumínio e o volante é o mesmo do Golf GTI, mas com costuras vermelhas. Complementam o estilo a capa esportiva de alumínio nos pedais e soleiras de portas com o logo “GT”.

Nem mesmo o ultimo Volkswagen Gol GTI – o 2.0 16V 2001 – era tão legal. Já que desistiram do Gol Rallye, por que não relançar o Gol GT? #VoltaGolGT

Fotos | Fabio Perrota, Danimar Lazaretti
  • ####Carlao GTS

    1.8t

  • Fellipe Gonçalves de Souza

    seria melhor voltar pro AP 2.0 kkkk

  • Pedro Cunha

    A VW tem tudo á disposição para fazer um tremendo hot hatch acessível ao grande público… POR QUE NÃO FAZ????

    • J_Eduardo

      Pelo que dizem pq o preço final de um gol gt com motor de 150cv o preço passaria dos 80mil…. Então não seria assim tão popular…

      • Pedro Cunha

        Não precisava ser o 1,4 TSI. O novo 1,0 tsi seria mais que suficiente. Certamente conseguiriam dar um bom acerto nele para chegar nos 135-140cv, adicionando uma suspensão mais firme e baixa, câmbio mais curto e freios traseiros á disco(todos itens que a VW tem “na prateleira”). Creio que não passaria dos 75 mil e concorreria bem com Sandero GT e 208 THP.

      • Pedro Cunha

        Ia me esquecendo: “Grande público” não é sinônimo de “popular”. Inclusive se você estudar os números de vendas de veículos no brasil, verá que a maioria não é de veículos “populares”.

    • ####Carlao GTS

      ???????????????????????