Chevrolet / Fim de Carreira

Chevrolet SS terá produção encerrada no final de 2017

The 2016 Chevrolet SS sedan features several exterior enhancements that reinforce its commanding presence on the road. A revised front fascia features new, vertical ducts at the outer edges to direct airflow over the front wheel openings to improve aerodynamic efficiency. The fascia also incorporates new LED signature lighting, while new, functional hood vents and new-design 19-inch cast-aluminum wheels contribute to a stronger appearance for the rear-drive sports sedan.

Versão do Holden Commodore para os Estados Unidos, o Chevrolet SS terá sua produção encerrada no final de 2017. Em entrevista ao WardsAuto, Alan Batey, presidente da GM norte-americana confirmou o fim do único sedã com tração traseira e motor V8 da Chevrolet.

2016 Chevrolet SS

Se você puxar pela memória se lembrará que o Holden Commodore é o mesmo carro que foi vendido no Brasil como Chevrolet Omega entre 1999 e 2012. A diferença é que em vez do motor V6 3.6 de 292 cv, usa o V8 6.2 de 415 cv e 57 kgfm de torque do antigo Camaro. Com transmissão automática ou manual de seis velocidades, chega aos 100 km/h “em menos de 5 segundos”, segundo a fabricante.

2016 Chevrolet SS

Não foi por acaso que o Chevrolet SS foi elogiado a ponto de ser comparado com o BMW M5 E39 pela imprensa norte-americana. Mesmo que as vendas do sedã nos Estados Unidos tenham sido lá muito boas, o que determinou o fim do Chevrolet SS foi justamente o encerramento da produção do Holden Commodore na Austrália, junto com o fechamento da fábrica da GM por lá. Seu sucessor na Austrália será a nova geração do Opel Insignia.

chevrolet_ss

 

  • pedro rt

    o omega australiano foi lançado em 98 no BR