Elétricos / Faraday

Faraday mostra o FF 91, um elétrico com 1065 cv e autonomia de 608 km

faraday-ff-91-27

A Faraday Future apresentou seu primeiro conceito na CES de 2016. Era um esportivo elétrico muito futurista e que estava distante da produção. Agora, na CES 2017, a empresa foca em um carro familiar, mirando nos Tesla Model S e X, e que já chega em sua versão definitiva: o Faraday FF 91.

faraday-ff-91-28

Definir uma categoria para a carroceria do FF 91 não é tarefa simples. A primeira impressão é de ser uma minivan “achatada”. Também lembra um utilitário esportivo urbano, se preferir. De qualquer forma, é um carro pensado para aproveitar a economia de espaço permitida pelos motores elétricos para otimizar o espaço interno.

faraday-ff-91-25

Faróis e lanterna de LED são inteiriços, fazendo parecer que o FF 91 é mais largo. Vincos sobre as caixas de roda conferem uma aparência musculosa e o teto envidraçado e adiantado melhora a sensação de espaço. Os espelhos retrovisores dão lugar a câmeras. Segundo a empresa, o desenho externo foi guiado pela aerodinâmica. O resultado é o coeficiente de arrasto de apenas 0,25.

faraday-ff-91-17

A bateria de 130 kWh alimenta quatro motores elétricos, um em cada roda. Juntos, entregam 1065 cv de potência e torque de excelentes 183,5 kgfm. São números absurdos para um carro familiar, assim como o desempenho: 0 a 96 km/h em 2,39 segundos. A velocidade máxima não é um ponto forte dos elétricos e não foi divulgada para o FF 91. A autonomia é estimada em 378 milhas, ou 608 km.

faraday-ff-91-02

O sistema autônomo coleta dados de 13 radares, de curto e longo alcance, 10 câmeras de alta definição, 12 sensores ultrassônicos e um lidar 3d instalado no teto. Apesar destes detalhes, a Faraday não divulgou qual o nível de autonomia do sistema. Sabe-se que ele é capaz de procurar uma vaga e estacionar sozinho, sem uma pessoa em seu interior.

faraday-ff-91-14

O carro mostrado na CES ainda não está finalizado, mas a empresa já aceita reservas. O sinal é de 5 mil dólares, que podem ser devolvidos em caso de desistência. As primeiras 300 unidades serão chamadas de Alliance Edition e parte do valor obtido na venda será doado para um fundo de preservação do meio ambiente.