Citroën / Salão de Genebra

Citroën mostra o C-Aircross Concept, uma prévia do próximo Aircross

citroen-c-aircross-concept (5)

Enquanto o Citroën C3 perdeu o especto de monovolume para se transformar em hatch, a nova geração do C3 Aircross deverá perder as formas de minivan para assumir o perfil de crossover. Ao menos é isso que o conceito C-Aircross, que será apresentado em março no Salão de Genebra, nos faz imaginar.

citroen-c-aircross-concept (3)

A tendência já é vista no Brasil, onde a Citroën teve algum sucesso ao tirar o C3 Picasso de linha e manter apenas o Aircross. O novo C-Aircross continua com teto mais elevado, mas equilibra isso com altura maior em relação ao solo, molduras mais largas para as caixas de roda e rodas maiores (de aro 18″), além de ter elementos como rack no teto e para-choques estilizados e com protetores plásticos. Os airbumps, bolsas de ar plasticas, estão na base das portas.

É um carro-conceito muito próximo das linhas de produção, mas há elementos para despistar isso. São os detalhes na cor laranja, as câmeras que substituem os retrovisores e as portas traseiras suicidas, que se abrem apara trás e, neste caso, eliminaram as colunas “B”.

citroen-c-aircross-concept (6)

Por dentro, o C-Aircross continua seguindo o design minimalista dos carros mais recentes da Citroën. Em vez de ter botões, quase tudo é controlado pela tela de 12″ sensível ao toque. Um grande head-up display reduz distrações com o quadro de instrumentos atrás do volante, que foi aposentado, e há até mesmo carregador sem fio para smartphones.

Não há qualquer detalhe a respeito da mecânica do novo modelo, mas o conceito tem o sistema de controle de aderência vinculado ao controle de tração, já usado no Peugeot 2008. Já é um avanço para o pequeno aventureiro de tração dianteira.

 

  • pedro rt

    achei bem bonito, se vier pro brasil pode vender muito bem por aqui

  • Airplane

    Design mais interessante do que o do atual Aircross brasileiro.
    Tomara que venha para substituí-lo em nosso mercado.