Holden

Holden Commodore ganha versões esportivas com até 644 cv

hsv-gtsr-w1-capa

A Holden encerrará suas atividades na Austrália, o que significa o fim do tradicional Commodore. A despedida será em grande estilo. Três versões esportivas foram lançadas, sendo as GTSR e GTSR W1 para sedã e a GTSR Maloo para a UTE. A versão W1 é mais potente, com o motor 6.2 V8 LS9 emprestado do Corvette ZR1 entregando 644 cavalos de potência.

hsv-gtsr-2017-7

Todas as versões ganham kit aerodinâmico, para-choques exclusivo, novas rodas, aerofólio no sedã e tampa na caçamba da picape. Há cinco opções de cores: laranja, cinza, preto, verde e vermelho. No GTSR W1 há detalhes em fibra de carbono no exterior e interior, além de acabamento totalmente em Alcântara nos bancos. A alavanca do câmbio é menor, permitindo engates mais rápidos.

hsv-gtsr-maloo-3

Os GTSR e GTSR Maloo são menos potentes, equipados com o motor V8 6.2 LSA de 591 cv. Podem ser encontrados com câmbio manual ou automático, ambos de seis marchas. O GTSR W1 por sua vez conta com o 6.2 V8 da linha LS9, o mesmo que equipa a quinta geração do Corvette ZR1, com novos pistões, caixa de ar e compressor. O resultado são 644 cv de potência aos 6500 rpm e 83,1 kgfm de torque a 3900 rpm. As rodas de 20 polegadas acompanham pneus Pirelli P Zero Trofeo R. Sempre com tração traseira e câmbio manual de seis marchas, vai de 0 a 100 km/h em 4,2 segundos.

Galeria | Holden Commodore GTSR (verde), GTSR Maloo (vermelho) e GTSR W1 (laranja)