Mercedes-Benz / Salão de Genebra

Mercedes Classe E Conversível ganha nova geração

classe-e-conversivel-2

A renovação da Classe E da Mercedes será concluída com a chegada do novo Conversível. Alguns meses depois da apresentação do cupê, o Classe E Conversível será mostrado no Salão de Genebra, na próxima semana.
Baseado no Classe E Coupe, o Conversível sofre do mesmo mal: é facilmente confundido com as versões de teto móvel de Classe C e Classe S. Isto não torna seu design ruim. Pelo contrário. As linhas são suaves, elegantes, limpas e há harmonia entre os elementos.

classe-e-conversivel-1

O teto é flexível e está disponível em quatro cores: marrom, azul escuro, vermelho escuro e preto. O acionamento elétrico é possível até os 50 km/h e são necessários 20 segundos para abrir ou fechar. Quando recolhida, a capota usa 75 litros do porta-malas, reduzindo a capacidade de 385 para 310 litros.

classe-e-conversivel-6

Em relação à geração anterior as dimensões cresceram. São 123 mm no comprimento e 113 mm na largura. O aumento mais importante está no entreeixos, que cresce 102 mm e permite maior espaço para as pernas dos ocupantes no banco traseiro.

classe-e-conversivel-4

Entre as opções de motores estará o V6 3.0 biturbo de 334 cv, para os Estados Unidos. Na Europa haverá opções de motores a diesel. A versão E50 AMG, mais potente, terá uma versão do 3.0 V6 com mais de 400 cv. A transmissão será a 9G-TRONIC, automática de nove marchas. Pela primeira vez, o E Conversível contará com o sistema de tração integral 4MATIC como opcional.

classe-e-conversivel-8

Maiores detalhes serão revelados nos próximos dias com a abertura do Salão de Genebra. Todas as opções de motores para cada mercado serão conhecidas com o início das vendas, previsto para o segundo semestre.

Imagens | Mercedes/Divulgação