Fiat / Lançamentos

Fiat Mobi GSR: versão automatizada estreia por R$ 44.780

Fiat Mobi Drive GSR (1)

Passados seis meses do lançamento do Mobi Drive, com motor 1.0 3cil. Firefly, a Fiat lança agora a versão com câmbio automatizado do compacto, a Drive GSR. Por R$ 44.780, é o modelo mais barato sem o pedal de embreagem a venda no Brasil.

Fiat Mobi Drive GSR (6)

GSR significa “Gear Smart Ride”, algo como “condução de marcha inteligente”. É um novo nome para a velha transmissão automatizada Dualogic. Na verdade, trata-se do mesmo conjunto usado no Uno – que logo também trocará o nome Dualogic por GSR. Também tem, de série, borboletas para trocas sequenciais no volante e os comandos são por botões no console central. A diferença para o Uno é que o Mobi automatizado não tem Stop-Start nem controles de estabilidade e tração, e Hill-Holder.

Fiat Mobi Drive GSR (2)

O motor é sempre o 1.0 de três cilindros, capaz de gerar 72/77 cv e 10,4/10,9 kgfm de torque (gasolina/etanol).  A Fiat afirma que a adoção do novo câmbio tornaria o Mobi Drive o 1.0 mais econômico do Brasil.

Versões On dão adeus

Completando um ano à venda, o Fiat Mobi aproveita a chegada da versão Drive GSR para lançar a linha 2018 do compacto. A principal diferença é o fim das versões Easy On, Like On e Way On, que acrescentavam equipamentos como ar condicionado e direção hidráulica sobre as versões base.

A Easy, que agora parte dos R$ 33.700, tem como únicos opcionais o desembaçador com ar quente e o Kit Funcional, composto por vidros elétricos dianteiros, pré-disposição para rádio, desembaçador, limpador e lavador do vidro traseiro e travas elétricas nas portas.

Ar-condicionado, direção hidráulica, computador de bordo, vidros elétricos dianteiros, trava elétrica nas portas, volante com regulagem de altura, maçanetas e retrovisores na cor do veículo passam a ser de série a partir da versão Like, de R$ 39.190.

Fiat Mobi Drive GSR (3)

São opcionais nela o Kit Connect, com desembaçador do vidro traseiro, limpador e lavador vidro traseiro, rádio Connect com Bluetooth e volante multifuncional, e o Kit Live On, que acrescenta o sistema Fiat Live On (que usa o smartphone como tela) e quadro de instrumentos em TFT.

A versão Way segue a receita da Like, acrescentando barras longitudinais no teto, moldura nas caixas de roda, para-choques exclusivos e suspensão elevada, e custa R$ 40.650. Essa versão também pode vir com os mesmos kits Connect e Live On.

Uma coisa não muda: as versões Drive continuam como as únicas equipadas com o motor 1.0 6v Firefly de três cilindros. As demais mantêm a motorização 1.0 quatro cilindros Fire Evo, de 75 cv e 9,9 mkgf de torque, sempre associado ao câmbio manual de cinco marchas.

Fiat Mobi 2018
Easy 1.0 8v – R$ 33.700
Like 1.0 8v – R$ 39.190
Way 1.0 8v – R$ 40.650
Drive 1.0 6v – R$ 40.650
Drive GSR 1.0 6v – R$ 44.780

  • Airplane

    Prefiro o Etios hatch back, pois é automático de verdade (não tem embreagem), tem motor 1.3 litros e a qualidade e confiabilidade Toyota !

    • Wilton Teixeira

      E faz 13 Km/l enquanto esse aí e o Up chegam a 25 na estrada! Pequeno detalhe…E automático tem discos de fricção sim, e muitos…

      • Airplane

        Automático não tem disco de fricção nenhum. Para mim a qualidade e a confiabilidade são mais importantes do que consumo reduzido.
        Além disso a marca Toyota é a marca automobilística mais valorizada no mundo, muito diferente da Fiat que está sendo oferecida pelo seu CEO, o Macarrone, para todos as montadoras líderes (VW, GM, PSA, etc.) e ninguém a quis.
        Fiat só vende bem no Brasil e na Itália.