Chevrolet / Salão de Buenos Aires

Chevrolet Equinox chega em outubro com motor 2.0 de 262 cv

equinox

A Chevrolet mostra no Salão de Buenos Aires, que abre suas portas para a imprensa hoje, o Equinox na configuração que será vendida no Brasil. O SUV chegará ao Brasil em outubro importado do México com a missão de substituir o velho Captiva.

2018 Chevrolet Equinox

Enquanto nos Estados Unidos o modelo é vendido hoje apenas com motor 1.5 turbo com injeção direta e 173 cv, no Brasil ele adotará um 2.0, também com turbo e injeção direta, que entrega 262 cv e 36 kgfm de torque. O câmbio é automático de 9 marchas e terá ao menos a opção de tração integral.

A terceira geração do Equinox utiliza a plataforma do Cruze, D2XX, e é menor e mais leve que a anterior. Com a nova receita, ele cai como uma luva no segmento de Toyota RAV4, Hyundai Tucson, Jeep Compass e Honda CR-V, ocupando o espaço entre o compacto Tracker e o Trailblazer. As dimensões são 4,65 metros de comprimento, 1,84 m de largura e 2,73 m de entre-eixos.

equinox-1

A configuração a ser importada para o Brasil terá equipamentos tecnológicos como alertas de ponto cego, acionamento remoto do motor, assistente de permanência em faixa, sistema de estacionamento semiautônomo e assistente anticolisão dianteira e traseira. Frenagem de emergência e alerta de colisão também estarão presentes, sendo que este segundo vibra o banco do motorista para dar seu alerta.

chevrolet_equinox_74

Outros equipamentos são a tampa do porta-malas acionada por sensor de movimento, faróis de LEDs com luzes de rodagem diurna, teto solar panorâmico sistema de som premium, da Bose, integrado ao sistema MyLink de oito polegadas, compatível com Apple CarPlay e Android Auto.

Preços e versões não foram confirmados, mas o preço inicial estimado é de 140 mil reais.