Lançamentos / Renault

Renault Kwid terá preços entre R$ 29.990 e R$ 34.990

renault_kwid_outsider_concept_1

Em tempos de compactos de entrada na casa dos R$ 40 mil, o Renault Kwid vai surpreender nos preços. De acordo com a Quatro Rodas, a versão de entrada do subcompacto metido a SUV custará R$ 29.990. O Autos Segredos, por sua vez, conta que a versão mais completa terá preço inicial de R$ 34.990. Surpreso? Nós também!

renault_kwid_outsider_concept_3

A Renault tentará vender o Kwid como “o SUV dos compactos”, só porque sua altura livre do solo será de aproximadamente 18 cm, quando o normal entre os compactos é de algo entre 14 cm e 15 cm. Vergonha alheia à parte, o pequeno Renault será o primeiro hatch compacto nacional a vir de série com airbags laterais, além dos obrigatórios frontais.

renault_kwid_outsider_concept_2

Isso faz lembrar a estreia da segunda geração do Clio no Brasil, em 1999. A versão de entrada dele não tinha calotas, nem para-choques pintados, mas tinha os airbags dianteiros. Demorou mais de 10 anos para algum concorrente fazer o mesmo, e o Clio ganhou moral por isso. Para o Kwid, também é uma forma de deixar para trás as péssimas notas que sua versão indiana recebeu em testes de colisão.

renault_kwid_outsider_concept_5

Uma face humilde

Uma promessa da Renault é que o Kwid fabricado no Paraná terá estrutura muito mais reforçada que a dos carros fabricados na Índia. 80% dos componentes serão diferentes e seu peso deverá aumentar em 20%. A ver. Contudo, também será mais equipado: terá opção de câmbio automatizado Easy’R e, com ele, hill-holder e controles de tração e estabilidade.

renault_kwid_outsider_concept_4

Por dentro, o Renault Kwid terá vidros elétricos apenas na dianteira e comandos no painel, cintos de três pontos somente para os ocupantes das extremidades e apoios de cabeça para todos os três no banco de trás. Os bancos dianteiros têm encosto inteiriço e o quadro de instrumentos será analógico, não digital como na Índia. Mas terá central MediaNAV ao menos como opcional. Só não espere por espelhos com ajuste elétrico.

renault_kwid_outsider_concept

O motor escolhido para o Kwid brasileiro é o 1.0 SCe, já usado por Logan e Sandero. Tem potência de 79cv e torque de 10,2kgfm quando abastecido com gasolina e 82cv e torque de 10,5kgfm com etanol no tanque. O câmbio padrão é manual de cinco velocidades.

renault_kwid_outsider_concept

A pré-venda estava marcada para o dia 15 de maio, mas foi adiada para 15 de junho. A primeira aparição da versão de produção do Renault Kwid será no Salão de Buenos Aires, no dia 9.