Honda / Lançamentos

Honda Fit 2018 ganha ESP em todas as versões e parte dos R$ 58.700

O renovado Honda Fit 2018, que será lançado no dia 14 de setembro, ganhará mais equipamentos de segurança para justificar seus preços (ainda) salgados. O monovolume compacto passará a ter controles eletrônicos de estabilidade e de tração e assistente à partida em rampas em toda a linha, desde a versão básica DX, que custará R$ 58.700, R$ 1 mil a mais que o modelo atual.

Esta versão de entrada também passará a ser equipada com luz de cortesia central e continuará a sair de fábrica com câmbio manual de cinco marchas, ar-condicionado, direção com assistência elétrica, trio, som com entrada USB e Bluetooth, Isofix, rodas de liga leve de 15″ e tecido nos bancos.

Logo acima surge a nova configuração Personal, dedicada a vendas para pessoas com deficiência (PcD), com caixa CVT, central multimídia de 5″ com câmera de ré e comandos no volante, banco traseiro bipartido, controle de cruzeiro e setas integradas nos retrovisores. Só que as rodas são de aço, com calotas. O preço é de R$ 68.700.

A LX agora só sairá com câmbio CVT e custará R$ 70.100 (R$ 2.500 mais cara). A versão tem a mais faróis de neblina, alarme com comando na chave, entre outros itens. Na linha 2018, receberá novas rodas de liga leve com desenho esportivo. Já a EX carregará mais novidades: ar automático com comandos sensíveis ao toque, aletas no volante para trocas das sete marchas simuladas no CVT, air bags laterais, descansa-braço central, função auto para fechar os vidros dianteiros elétricos, luzes diurnas e rodas com aros de 16″.

O preço será de R$ 75.600 (R$ 1.800 a mais) e a EX vai manter o quadro de instrumentos com coloração azul, câmera de ré com três ângulos diferentes e couro no revestimento do volante. A topo de linha continuará sendo a EXL, por R$ 80.900 (subirá R$ 2 mil). De novo na linha 2018, faróis dianteiros de LEDs com luzes diurnas integradas, central multimídia de 7″ com GPS e espelhamento de celulares, comando de voz para Bluetooth, dois tweeters frontais e rebatimento automático dos retrovisores.

O Fit 2018 chegará com aquele tapa de meia vida no desenho. Mudam para-choques dianteiros e traseiros (esse com maior distância para a tampa do porta-malas). A grade frontal será do tipo colmeia, os faróis ganharão desenho mais agressivo, enquanto as lanternas traseiras de LEDS ficarão maiores. O motor permanecerá o 1.5 16V de 115/116 cv.