Salão de Genebra – Toyota Auris mostra como será o futuro Corolla no Brasil

Híbridos / Lançamentos / Marcas / Salão de Genebra / Salões do Automóvel / Tecnologia / Toyota

Salão de Genebra – Toyota Auris mostra como será o futuro Corolla no Brasil

Versão híbrida do hatch do Corolla para a Europa mostrada no Salão de Genebra 2018. O leitor vai questionar, com razão: mas que diabos o Toyota Auris interessa ao Brasil? A carroceria em si, pouco. Mas o desenho… Preste atenção nas linhas do modelo exposto na Suíça pois já revela parte do futuro design do sedã.

Esta terceira geração do Auris usa a plataforma TNGA, a mesma do híbrido Prius e do utilitário esportivo compacto CH-R. A arquitetura será usada pelo novo Corolla, que será produzido no Brasil em 2020.

A dianteira do Auris é a que mais denuncia o desenho do sedã, que passará a usar desenho mais recortado e agressivo. Os faróis se integram à grade frontal em linhas bem afiladas e com filetes de LEDs, em contraste com  à imponente entrada de ar inferior, do tipo colmeia.

Nas laterais, a linha de cintura ascendente e as laterais com vincos pontuais também servirão de inspiração para o Corolla. No Auris, as lanternas traseiras também são bastante recortadas.

O hatch mostrado no Salão de Genebra estreia sistema híbrido que combina motores elétrico 2.0 a combustão de 180 cv, juntamente com a caixa do tipo CVT com dispositivo de assistência à engrenagem de partida, que promete arrancadas mais espertas.

Essa versão do Auris é superior aos 122 cv do conjunto 1.8/elétrico, usado pelo Prius atualmente. Na Europa, o  hatch médio da Toyota também terá opção 1.2 a gasolina, com 116 cv.

Para o Brasil, o futuro Corolla terá opções de motores flex. Só que os modelos mais caros do três volumes usarão conjuntos híbridos.