Articles by: Fabio Perrotta Junior

Pacote R-Line já está disponível para o Novo Fusca

Mudando por dentro e por fora modelo fica até R$ 15.241 mais caro

autowp.ru_volkswagen_beetle_r-line_6
Sem divulgar nenhuma informação, a Volkswagen já disponibiliza em seu configurador online o pacote R-Line para o Fusca 2014. Divido em dois tipos (R-Line exterior e R-Line interior), os opcionais são restritamente estéticos, não alterando o desempenho do modelo. E não sai nem um pouco barato. autowp.ru_volkswagen_beetle_r-line_3
Por R$ 6.522, o pacote R-Line exterior disponibiliza ao comprados opcionais como sensor de pressão dos pneus, espelhos retrovisores na cor preta, frisos da soleira das portas e externos exclusivos da configuração, para-choques redesenhados e rodas de liga leve de 18 polegadas modelo Twister, calçadas em pneus de medidas 235/45 R18. Já o kit R-Line interior e exterior custa R$ 15.241, adicionando aos equipamentos do kit anterior, alavanca do câmbio revestida em couro, bancos revestidos em couro “Vienna” com o logotipo R-Line bordado nos encostos de cabeça, bancos dianteiros com ajuste lombar, painel “em estilo R-Line” e volante multifuncional R-Line com comandos do sistema de som, computador de bordo e do controle de cruzeiro.
autowp.ru_volkswagen_beetle_r-line_5
O pacote interior só pode ser comprado junto ao exterior, impossibilitando o modelo de ser R-Line apenas por dentro. O motor é o conhecido 2.0 TSI a gasolina, que gera 211 cv e não sofre alteração com o kit. O Novo Fusca custa a partir de R$ 85.650 na versão com câmbio manual de seis marchas e R$ 91.250 na equipada com a transmissão automatizada DSG de seis velocidades e dupla embreagem.

por 4 de março de 2014 Segredos, Volkswagen

Volkswagen T-Roc é revelado oficialmente

Conceito antecipa futuro SUV da Volks com plataforma MQB

715565051238136943
Um dos conceitos da Volkswagen reservado para o Salão de Genebra é o T-Roc, criado para antecipar como será um futuro SUV da marca alemã. Ele já havia sido antecipado por desenhos divulgados pela própria fabricante e agora surge em imagens reais. 9191026001723089387
Com estilo de crossover coupé, ele é equipado com faróis e luzes diurnas de led, rodas de 19 polegadas e perfil robusto. O toque especial fica por conta do teto removível do tipo targa, que pode ser guardado no compartimento traseiro.
2025999853276791267
Montado sobre a moderna plataforma modular MQB, o conceito utiliza um motor de quatro cilindros TDI de 2 litros que desenvolve 184 cv e 380 Nm de torque. Acoplado a uma transmissão DSG de sete velocidades e um sistema 4MOTION all-wheel drive que permite que o crossover de 1.420 kg acelere de 0-100 em 6,9 segundos e alcança velocidade máxima de 210 km / h. Em termos de eficiência de combustível, as médias ficam em incríveis de 20 km/l e com emissões de CO2 de 129 g / km.

por 4 de março de 2014 Salão de Genebra, Volkswagen

Nova Honda CBR 500R é a porta de entrada para as esportivas


Esportiva de entrada custa a partir de R$ 23 mil

CBR 500R (7)
Dentro do universo das duas rodas, os modelos sport são especiais e atraem os apaixonados pelas suas formas agressivas, potência e pilotagem esportiva. Referência neste mercado, a Honda já comercializa o seu modelo esportivo de entrada, a CBR 500R. A motocicleta combina beleza e alta performance com condução fácil, perfeita para quem está disposto a entrar no segmento esportivo e deseja sentir altas doses de adrenalina. CBR 500R (8)
CBR 500R (3)A carenagem, presença marcante nas motos esportivas, além de transparecer à motocicleta um porte equivalente ao de modelos com maior cilindrada, contribui para a diminuição do arrasto aerodinâmico acentuando ainda mais o comportamento esportivo. Integrados ao visual estão o painel de instrumentos digital na cor branca e o conjunto óptico e com refletor duplo multifacetado. A capacidade do tanque de combustível é de 15,7 litros.CBR 500R (19) A altura do assento é de 785 mm e suas medidas são as mais compactas da linha com (C) 2.075 mm x (L) 740 mm x (A) 1.145 mm, distância entre os eixos de 1.410 mm, tornando a pilotagem ainda mais precisa. O peso seco do modelo é de 181 kg (183kg na versão ABS). Versatilidade, maneabilidade e ótima performance na cidade, com condução agradável e prazerosa em qualquer situação são as marcas da CBR 500R para conquistar até os proprietários de motos mais potentes, que sofrem no cotidiano. O modelo compartilha uma base em comum com os outros modelos da família 500cc, com chassi em aço, do tipo Diamond, que oferece uma excelente capacidade de manobra.

CBR 500R (14)CBR 500R (15)CBR 500R (11)

O desempenho é proporcionado pelo motor bicilíndrico, de quatro tempos e 471 cm3 – DOHC (Double Over Head Camshaft), com duplo comando de válvulas no cabeçote, quatro válvulas por cilindro e arrefecimento a líquido -, que desenvolve potência máxima de 50,4 cv a 8.500 rpm e torque máximo de 4,55 kgf.m a 7.000 rpm. Aliado a este conjunto motriz, o câmbio de seis velocidades possui embreagem multi-disco e oferece engates precisos, o que possibilita excelente desempenho do conjunto tanto em trechos urbanos quanto na estrada.
CBR 500R (16)
Quanto à suspensão, a Honda trouxe tudo que há de mais moderno e de alta tecnologia disponível no mercado de duas rodas. A dianteira recebeu garfo telescópio, com curso de 120 mm, desenvolvido para proporcionar total domínio e estabilidade em curvas, sem deixar de lado o conforto. Na traseira, a suspensão é monoamortecida do tipo Pro-Link, com curso de 119 mm, e conta com nove níveis de regulagens da pré-carga do amortecedor. As rodas em alumínio fundido trazem design exclusivo e foram projetadas para oferecer leveza e resistência em qualquer superfície. Os pneus são 120/70 ZR-17 na frente e 160/60 ZR-17 na traseira. A rabeta é desenhada, em estilo esportivo. O banco de dois níveis oferece grande conforto e excelente ergonomia, permitindo que o piloto fique integrado e se fixe mais adequadamente à motocicleta. Além destes atributos, a nova integrante da família 500cc traz ainda preço competitivo, sendo oferecida na rede de concessionárias Honda a partir de R$ 23 mil, na versão standard.
CBR 500R (18)

por 21 de fevereiro de 2014 Honda, Lançamentos

Ducati apresenta nova Monster 1200 e 1200 S


Naked italiana custará cerca de R$ 58 mil no Brasil

053
Considerada a motocicleta mais bela do Salão Internacional de Milão do ano passado, a Ducati Monster 1200 chega ao mercado brasileiro no final do primeiro semestre desse ano. Esta Naked é equipada com o inovador e potente motor 1198 Testastretta 11° Dual Spark, com dois cilindros em "L" (um "V" a 90°) – derivado da Superbike -, com 1198 cm³ de capacidade e arrefecimento líquido. Ele é capaz de gerar 135 hp. Monster-1200-e-1200-S-2014-2
O novo motor já está completamente integrado aos aparatos tecnológicos da Ducati, tais como acelerador eletrônico Ride-by-Wire (RbW), que usa o inovador acelerador e-Grip da Ducati, além da incrível instrumentação TFT (Thin Film Transistor) uma tela de instrumentação que muda conforme seleção de Pilotagem e que combina facilidade de uso com entrega de informação. Já a exclusivíssima Monster 1200 S, concebida para remeter às potentes e históricas S4R e S4RS, chega com motor de 145 hp e 12,72 kgfm de torque. Com apenas 182 kg de peso seco, garante maior poder de aceleração e torna a experiência de pilotagem ainda mais esportiva.
2014-Ducati-Monster-1200S3

2014-Ducati-Monster-1200-S-2Freios Brembo com sistema ABS e controle de tração que integram o Ducati Safety Pack (DSP), braço oscilante unilateral e rodas de liga leve com 10 raios e 17 polegadas (pneus nas medidas 120/70 na dianteira e 190/55 na traseira) completam a lista de equipamentos da 1200. Para garantir o total conforto e customização para a pilotagem, as novas Monster 1200 e 1200 S estão equipadas com ajuste de altura do assento, 8 níveis de controle de tração, 3 níveis de frenagem ABS e 3 níveis do acelerador RbW, todos integrados aos módulos de pilotagem, que podem ser modificados facilmente com apenas um toque de botão, mesmo com a motocicleta em movimento.
2014-Ducati-Monster-1200-S
“A Monster 1200 e a Monster 1200 S 2014 utilizam tecnologia de última geração para criar uma relação única entre o piloto e a motocicleta, oferecendo uma experiência emocionante e, ao mesmo tempo, muito segura por conta da total integração entre a ergonomia e os equipamentos.  É a belíssima icônica totalmente modernizada que traduz o ‘Instinto Monster’ ”, explica Ricardo Susini, Diretor-Geral da Ducati no Brasil. Os modelos chegam ao Brasil no final do primeiro semestre. A 1200 com cor e quadro vermelhos Ducati e rodas pretas. Já a Monster 1200 S estará disponível em duas opções: cor e quadro vermelho Ducati e rodas pretas de alto brilho ou num exclusivo tom de branco mesclado com quadro bronze e rodas pretas de alto brilho. As duas versões começam a ser vendidas no Brasil ainda no 1º semestre de 2014, com valores de cerca de R$ 57.500, para a opção de entrada, e R$ 68.900, para a Monster 1200 S.
35-35-MONSTER1200S

por 19 de fevereiro de 2014 Ducati, Lançamentos

Nova Ferrari Califórnia T é apresentada

Motor V8 recebe turbo e passa a ter 560 cavalos

0001-ferrari-california-t-03-1-1
Esta é a nova Ferrari Califórnia. Atualizado, o modelo – único equipado com motor dianteiro e considerado o de entrada da marca de Maranello – fará sua estreia mundial oficial em março, no Salão de Genebra. As Alterações foram pontuais e são percebidas no desenho, no motor e até na grafia do nome. 0002-ferrari-california-t-04-1-1
ferrari-california-t-9-1O novo modelo passa a chamar-se Califórnia T. Este “T” tem um significado bastante interessante: trata-se de uma identificação para o turbo, adotado pelo motor V8 de 3.855 cm³ italiano, elevando a potência pra 560 cv a 7.500 rpm e o torque máximo para 76 kgfm a 4.750 rpm, ao mesmo tempo que o consumo caiu 20 %, em comparação com o motor que equipava o modelo antigo. A Ferrari promete turbo lag zero no motor, que graças aos engenheiros italianos, tem uma curva de torque que aumenta progressivamente em toda a faixa de rotação e oferece um ronco jamais ouvido de um motor turbo. Ela anuncia para a California T velocidade máxima de 316 km/h e 0 a 100 km/h em 3,6 segundos.
0004-ferrari-california-t-01-1-1
Por fora, o já belo desenho da Califórnia foi atualizado. Agora é inspirado no modelo TestaRossa 250 e seguindo o padrão atual da marca foi concebido pelo Styling Centre Ferrari, com colaboração da Pininfarina.
0005-ferrari-california-t-02-1-1
Outro detalhe interessante é a capota rígida retrátil, que transforma o esportivo 2+2 em um conversível mais rápido, em apenas 14 segundos. A direção também sofreu mudanças e agora tem resposta melhor que a do modelo anterior.
ferrari-california-t-8-1

por 12 de fevereiro de 2014 Ferrari, Salão de Genebra

Nissan cogita versão mais esportiva do Qashqai para concorrer com Evoque

Versão com pinta de cupê está em desenvolvimento

nissan_qashqai_premier_limited_edition_3
De olho no sucesso de SUVs com pinta de cupê, dominado na Europa pelo Range Rover Evoque, a Nissan estuda a possibilidade de dar um toque mais esportivo ao Qashqai. E isso vai além da versão Nismo – que teria cerca de 215 cv -, já confirmada chefe global de produto da Nissan, Andy Palmer. Segundo recentes declarações do gerente geral da Nissan europeia, Marco Fioravanti, o Qashqai cupê pode se tornar um sucesso no mercado dominado pelo único SUV esportivo cupê, o Range Rover Evoque. Segundo o site Automotive News Europe, uma fonte interna da Nissan confirmou que um cupê, como Qashqai, está em planejamento e que pode ser lançado nos próximos anos. Vale lembrar que a Nissan disponibiliza no mercado americano o Murano cabriolet, um SUV conversível de quatro lugares, que ousou no segmento, mas não teve o desempenho de vendas esperado… Voltando a falar do Qashqai, a Nissan descartou a possibilidade de disponibilizar uma vertente híbrida do modelo, já que a fabricante acredita que seus motores já têm "excelente consumo de combustível".

por 6 de fevereiro de 2014 Nissan, Segredos

Volkswagen up! tem preços partindo de R$ 26.900

Apesar do preço, subcompacto é o novo carro de entrada da fabricante

 

AmNPsf5

Atualização | Clique aqui para ver todos os preços oficiais Tão aguardado, o novo compacto de entrada da Volkswagen chega com pretensão de revolucionar o segmento. O up! – isso mesmo, com caixa baixa e ponto de exclamação no final – chega ao mercado brasileiro três anos após seu lançamento na Europa. O modelo nacional conta com diferenças no projeto, adaptado para o público consumidor tupiniquim e tem a árdua tarefa de se tornar o Fusca do século XXI – desconsidere aquele com motor TSI, claro.

AfmvEET

Produzido em Taubaté/SP, o modelo estreia no Brasil a nova plataforma PQ12 da Volks – que também equipará o futuro jipinho Taigun e a próxima geração do Gol. O up! inicia as vendas da linha 2015 da marca, chegando apenas na versão 4 portas – a versão equipada com 2 portas só chega em três meses – e contando com seis versões. Preços partem de R$ 26.900 para o modelo duas portas e de R$ 28.900 para o quatro portas.

djTMdII

O modelo nacional sofreu algumas alterações em comparação com o modelo europeu. A tampa do porta-malas combina metal e vidro, diferentemente da tampa 100% de vidro do modelo gringo, barateando o custo de manutenção e consequentemente diminuindo o valor do seguro. O tanque de combustível do nosso modelo também é exclusivo, 15 litros maior que o up! europeu – totalizando 50 litros no total – garantindo uma ótima autonomia do carro mais econômico do Brasil, de acordo com o Inmetro. Outra alteração importante foi realizada nas janelas traseiras, cujos vidros podem ser abertos verticalmente, o que garante melhor ventilação do habitáculo. Essa característica também contribui para melhorar a sensação de amplitude no interior. Seu porta-malas, que tem 285 litros de capacidade, o que representa ganho de 64 litros sobre o do modelo europeu (221 litros). Com o banco traseiro rebatido, o compartimento atinge volume de 976 litros. Além disso, o porta-malas pode receber o sistema de ajuste variável de espaço “s.a.v.e.”, que altera o seu tamanho e permite acomodar bagagens de tamanhos variados de forma simples e prática.

GiMoDEI

O motor que equipa todas as versões é o 1.0 três cilindros, lançado aqui no Brasil através do Fox Bluemotion. Com 75 cavalos de potência na gasolina e 82 cv quando abastecido com etanol, o motor entrega seu torque total de 95 Nm/102 Nm aos 3000 rpm. Este motor dá ao up! o título de carro mais econômico do Brasil com classificação “A” no Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular do INMETRO. O modelo chega com status no mercado. Além do título de mais econômico, ele chega como carro mais seguro da categoria produzido no Brasil, obtendo 5 estrelas na proteção de adultos e 4 estrelas na proteção de crianças na avaliação do Latin NCAP. Aços formados a quente e aços de alta resistência para manter baixo peso e segurança elevada foram os responsáveis pela conquista. A segurança é reforçada pela oferta, de série em todas as versões, de freios ABS com EBD, dois airbags dianteiros, cintos de segurança com pré-tensionador e limitador de carga e fixação do tipo ISOFIX® / top tether para dispositivo de retenção infantil (cadeirinha).

volkswagen_move-up_9

Outra importante conquista do up! é o melhor índice geral no CAR Group 2014, ranking que avalia o custo e o tempo de reparo dos veículos vendidos no Brasil após uma colisão. O up! obteve índice Car Group 11, o melhor entre todos os veículos participantes do estudo – é também o melhor da história do levantamento, que é realizado pelo Cesvi Brasil (Centro de Experimentação e Segurança Viária). O up! estabelece uma nova referência em design para a Volkswagen, com linhas joviais e modernas. Suas dimensões foram idealizadas de forma a manter as características de um compacto por fora, mas proporcionando espaço e conforto para até cinco passageiros.

NswsCiL

Na dianteira, destacam-se os traços limpos e fortes, com os faróis ligados por uma faixa estreita que tem o logotipo da Volkswagen ao centro. Nas laterais, chama a atenção a solidez do desenho, com a coluna traseira (“C”) bem apoiada sobre a roda. Os balanços curtos também colaboram para essa sensação. A traseira termina o desenho do carro com traços igualmente limpos e as grandes luzes, com a “assinatura” da Vw. No interior, os bancos com encosto de cabeça embutidos, chamados de ‘oneshape’ chamam atenção. Os revestimentos são diferentes para cada versão e também é possível alterar o acabamento do painel, combinando com a ambientação desejada.

J1aAaqB

A Volkswagen usa o slogan ‘Um up! para cada pessoa’ para destacar as versões oferecidas. São seis no total: take up!, move up!, high up!, black up!, white up! e red up!. Apenas os preços da versão Take up! são oficiais, as demais terão valores serão divulgados oficialmente amanhã. Abaixo, os preços de todas as versões, exceto a Take up!, são informados por concessionários da VW para o modelo quatro portas.

Versões e preços:

Volkswagen Take up! – a partir de R$ 28.900 (4p oficial) Equipamentos de série: Rodas de aço aro 13″ com pneus 165/80, limpador, lavador e desembaçador do vidro traseiro, banco do motorista com ajuste de altura, ISOFIX, painel na cor cinza, ABS e airbag. Quadro de instrumentos não tem conta-giros. Ar-condicionado, direção eletro-hidráulica, CD player com Bluetooth, vidros/travas elétricos, rodas aro 14″ e prateleira no porta-malas são opcionais. Volkswagen Move up! – a partir de R$31.093 Take + computador de bordo, prateleira no porta-malas, três apoios de cabeça no banco traseiro, quadro de instrumentos com conta-giros, painel na cor bege, predisposição para som, rodas de aço aro 14″ com pneus 175/70. Ar-condicionado, direção eletro-hidráulica, CD player com Bluetooth, vidros dianteiros/travas elétricos, alarme, rodas de liga, couro e GPS Maps & More são opcionais. Volkswagen High up! – a partir de R$ 35.413 Take + Move + direção eletro-hidráulica, volante com regulagem em altura, travas e vidros dianteiros elétricos, retrovisor com ajuste elétrico e repetidor de seta, painel na cor da carroceria, faróis de neblina e rodas de liga aro 15″ com pneus 185/60. Ar-condicionado, CD player com Bluetooth, alarme, couro e GPS Maps & More são opcionais. Volkswagen Red up! – Black up! – White up! – R$ 38.749 Take + Move + High + ar-condicionado, logotipos com nome da versão, rádio CD player com Bluetooth e rodas de liga aro 15″ com desenho exclusivo. Revestimento em couro e GPS Maps & More são opcionais.

Tecnologia “inédita”

A Volkswagen finalmente anunciou sua central de entretenimento no up!. Ela se chama “maps & more” é além de ser uma extensão do rádio e computador de bordo, permite conectividade multimídia e navegação via GPS. Instalado no centro do painel do up! e com tela de 5 polegadas, com o “maps & more” é possível visualizar as seis principais funções do “infotrip” de maneira gráfica: consumo instantâneo, consumo médio, distância percorrida, tempo de percurso, autonomia e velocidade média; como uma extensão do quadro de instrumentos, exibindo o conta-giros e o termômetro do motor; e para a função ECO, com representação gráfica de comportamento do condutor, para auxiliá-lo a dirigir de forma mais econômica. O “maps & more” tem ainda as funções de rádio, media-player (controla CD player, entradas auxiliares e as listas de reprodução) e Bluetooth – com recursos de ligações em viva voz e transferência de agenda, sendo possível inclusive o pareamento de dois aparelhos simultaneamente. Outra função do “maps & more” é a exibição da imagem do sistema OPS de auxílio ao estacionamento. O aparelho pode ser removido quando não estiver em uso.

Ficha técnica:

Motor 3 cilindros em linha, flex, 999 cm³ Potência 75 cv com gasolina a 82 cv com etanol a 6.250 rpm Torque 9,7 kgfm a 10,5 kgfm a 3.000 rpm Transmissão manual de 5 velocidades Peso 910 kg a 958 kg Pneus 165/80 R13, 175/70 R14 e 185/60 R15 Tanque 50 litros Porta-malas 285 litros Comprimento/largura/altura/entre-eixos 3,61/1,65/1,50/2,42 (em metros) 0 a 100 km/h 12,6 segundos (gasolina) e 12,4 segundos (etanol) Velocidade máxima 163 km/h (gasolina) e 165 (etanol) Consumo Cidade: 13,2 km/l (gasolina) e 9,1 km/l (etanol); estrada: 14,3 km/l (gasolina) e 9,9 km/l (etanol).

por 5 de fevereiro de 2014 Lançamentos, Volkswagen

Patentes indicam nova versão da Range Rover Evoque

Com visual de carro de rali, SUV quer atrair o público masculino

21365690211872524335
Buscando aumentar sua popularidade entre o público chinês, a Land Rover, aparentemente, pretende criar um modelo mais robusto do modelo de entrada do Evoque, modelo de entrada da linha Range Rover. Ao menos é isso que imagens de patentes que vazaram nesta semana dão a entender. 1194965357661389589
Analisando as imagens, notamos a altura diferenciada do modelo convencional, as enormes rodas de liga leve, um scoop no teto e entrada de ar no capô, além dos enormes para-barro. Essas mudanças são pontuais e buscam atrair o público masculino. Após fazer sucesso com as mulheres na versão tradicional, a marca patenteou formas mais agressivas, parecidas com o Desert Warrior usado no campeonato mundial de rally FIA T3. As informações ainda são escassas, mas tudo leva a crer que se trata de uma versão especial, baseada no modelo de três portas. A apresentação deverá ocorrer em abril, durante o Beijing Auto Show.  14952451721781499981

por 3 de janeiro de 2014 Land Rover, Segredos