Articles by: Henrique Rodriguez

Mercedes-Benz – Novo Classe E Coupé

classe_e_coupe_01_960_640 A Mercedes divulgou as primeiras imagens do Classe E Coupé, cuja estreia mundial está agendada para o Salão Automóvel de Genebra, dentro de duas semanas. Em uma comparação não tão próxima, podemos dizer, aliás, que o novo Classe E Coupé chega para substituir o bem conceituado CLK, que era vendido pela marca da estrela de três pontas. A parte da frente do modelo continua com as características mostradas na versão sedã, enquanto a traseira tem um visual mais próprio. Aliás, as aletas da parte posterior foram inspiradas no clássico S220 Ponton Coupe, de 1955. mercedes-e-class-cou_800x0w São cinco opções de motores. As duas ofertas diesel são E 250 CDI BlueEfficiency de 204 cavalos de potência com um consumo médio de apenas 5,3 km/100 litros, e o E 350 CDI BlueEfficiency, com 231 cavalos. A gama se completa com três motores a gasolina. A de entrada é o E 250 CGI BlueEfficiency com 204 cavalos, para o qual a Mercedes anuncia um consumo médio de 7km/l, o Classe E Coupé terá à disposição o V6 de injeção direta e o E 350 CGI BlueEfficiency com 292 cv e o E 500, equipado com um V8 de 388 cv. Essa gama oferecida é para o lançamento, mas acredita-se que novas motorizações serão incluídas na linha Classe E Coupé no futuro, incluindo uma versão AMG. O carrão chegará ao mercado europeu em maio e os preços ainda não foram divulgados. Especula-se que custarão cerca de 4 000 euros a mais que os sedãs da mesma família. classe_e_coupe_04_960_640 classe_e_coupe_05_960_640

por 18 de fevereiro de 2009 Lançamentos, Mercedes-Benz, Salão de Genebra

C4 hatch será lançado em março. À partir de R$ 53,800

citroen-c4-hatch-1 Confirmado no Salão do Automóvel de São Paulo do ano passado e com lançamento programado para abril , o C4 hatch de 5 portas, chega adiantado, para março e será vendido no mercado nacional com preço inicial de R$ 53.800. Será vendido no Brasil com motores 1.6 e 2.0, os dois bicombustíveis e com cinco versões de acabamento. O propulsor 1.6 Flex de 113cv é o mesmo da linha C3, enquanto o 2.0 Flex de 143 cv, lançado recentemente pela versão sedã. Para a versão equipada com motor 2.0 Flex, o hatch também contará com opção de transmissão automática. citroen-c4-producao1 No Salão do Automóvel de São Paulo, ele estava exposto equipado com o ar-condicionado digital, seis airbags, perfumador de ar (disponível em toda a linha C4), computador de bordo, freios ABS, entre outros itens. Em um momento delicado na economia, as montadoras tem de tomar cuidado com os valores iniciais que vendem modelos novos. Fabricado na Argentina, o modelo chegará com O preço é bastante competitivo, uma vez que o valor esperado era R$ 55 mil. No país vizinho, onde o índice de nacionalização fica entre 60% e 65%, o modelo chegou em dezembro por valores a partir de 66.900 pesos (cerca de R$ 44 mil). 24821 citroen-c4

por 18 de fevereiro de 2009 Citroën, Lançamentos, Mercado

Dica da semana: Economia de combustível

petroleo_combustivel É, mal começou o ano e o álcool está 15% mais caro que a média de 2008 e gasolina 10%. Por isso, o motorista deve ficar atento às dicas abaixo de como diminuir o custos:
• Respeite a categoria de óleo especificada no manual do carro e manter o nível correto. Uma boa lubrificação evita aumento do atrito interno do motor, o que gera perdas expressivas e diminui a vida útil. Motor ajustado, sistema de injeção limpo, velas limpas e com folga correta são outros itens que devem ser verificados. Filtro de ar obstruído, por exemplo, pode aumentar o consumo em até 10%;
• Abastecer com gasolina aditivada ajuda a manter o sistema de injeção limpo durante um longo prazo. Porém, o rendimento é o mesmo em quase todos os automóveis com relação à comum; ressalta Lozano.
• Pneus calibrados conforme especificação do fabricante do veículo a cada duas semanas – sempre quando estiverem frios – também ajuda na economia. A má condição das ruas faz com que alguns motoristas diminuam a pressão dos pneus para obter mais conforto de rodagem. E isso gera um desgaste irregular dos pneus e faz o consumo de combustível crescer em até 3%.
• Suspensão desalinhada aumenta o atrito, o consumo e o desgaste dos pneus.
• Quem usa freqüentemente o ar-condicionado deve ter certeza de que a carga do fluido está completa e que não há vazamentos. A vedação do carro deve estar em bom estado. A troca do filtro de pólen nos intervalos estipulados deve ser respeitada. O ideal é utilizar o ar-condicionado com moderação mantendo todas as janelas fechadas. Quando acionado, o compressor do ar-condicionado consome alguns cavalos de potência do motor e o aumento no consumo fica em torno de 0,5% a 2%. gggg noticia2142_1_1
• Acelere suavemente, não estique as marchas e nem as troque prematuramente. Fique atento ao trânsito, sempre procurando se antecipar ao que vai acontecer de modo a evitar variações bruscas de velocidade também ajuda. Em grandes congestionamentos, desligue o motor se conseguir prever que ficará parado por mais de três minutos.
• Nas subidas, evite ultrapassagens que exijam a redução de marcha e aceleração do veículo. Se o carro possui injeção eletrônica, é mais indicado manter 80 km/h em quinta marcha com o acelerador no fundo em uma longa subida. Isso gasta menos do que obter a mesma velocidade em quarta marcha, com um pouco menos de pressão no acelerador.
• Se não for utilizar o bagageiro, retire os elementos transversais. Se for, obedeça aos limites de peso e dimensões da carga. O excesso de velocidade também é tão prejudicial à segurança quanto ao consumo de combustível.
• Evite deslocamentos curtos, em que o motor não atinge a temperatura normal de funcionamento, pois motor frio gasta mais.
• Se tiver mais de um veículo na garagem, opte pelo de maior consumo para viagens de fim de semana.
Uma dica importante é ter um caderno para anotar os dados dos abastecimentos. Para um controle mais preciso, o ideal é encher o tanque e reabastecer completamente antes de atingir a reserva. Por Henrique Alves

por 18 de fevereiro de 2009 Dica da Semana

Vectra Next Edition – Versão oficial

  vectra_next_edition_frente O novo Vectra, chega às lojas ainda este mês. Mas como já dissemos, não traz modificações muito grandes no modelo, porém, alguns detalhes foram aperfeiçoados, tanto no exterior do veiculo como no interior. O motor vai ser flex 2.0 transversal de quatro cilindros e oito válvulas que chega a 133 cavalos de potencia com gasolina e 140 cavalos com o álcool (corrigindo os 145 cv que divulgamos semana passada), o consumo do Vectra Next Edition deverá ficar em 12,7 km por litro em média, velocidade máxima de 198 km/h. Além de mais potente, a GM afirma que o propulsor ficou cerca de 7% mais econômico. Segundo dados de fábrica, o sedan roda 10,8 km/l na cidade e 16,1 km/l na estrada quando abastecido com gasolina. No álcool, as cifras baixam para 7,6 km/l e 11,2 km/l, respectivamente. As alterações visuais aconteceram na parte dianteira do veiculo que trouxe  o atual visual dos carros da GM, o capo com novo formato junto com o desenho dos faróis, também traz rodas de 16 e 17 polegadas, trás modificações na grade do radiador que trazem embutidos os faróis de neblina e o interior do veiculo ganhou um novo grafismo e a iluminação na cor branca. O valor de entrada da versão menos equipada, a Expression (R$ 54.098), ganhou pequena vantagem de preço sobre o modelo mais básico do antigo Vectra, vendido a R$ 54.348. A versão Elegance do lançamento sairá por R$ 60.718. E para quem optar por mais opcionais e itens de conforto, a versão Elite custará, pelo menos, R$ 70.644 – com todos os opcionais, ela será vendida por R$ 74.009. . A General Motors espera aumentar as vendas do Vectra com a chegada do Next Edition.  apresentação oficial acontecerá hoje a noite. vectranextedition3 vectranextedition

por 16 de fevereiro de 2009 Chevrolet, Lançamentos, Mercado

Punto T-Jet chega em março

fiatpunto 005.jpg Atualizado: Agora com a mais nova foto oficial acima. Clique para ver em alta resolução. O Punto T-Jet, chega ao mercado nacional no começo de março. É o que acaba de informar a Fiat, em press-release. O modelo tem motor 1.4 16v turbo de 152 cavalos de potência. O Punto já vendeu mais de 50.000 unidades desde seu lançamento, e agora terá uma linha mais completa, com as versões 1.4 Flex, ELX 1.4, HLX 1.8 e Sporting, além da nova T-Jet. Preços: 1.4 Flex – R$ 38.386,00 ELX 1.4 – R$ 42.166,00 HLX 1.8 – R$ 45.293,00 Sporting – R$ 52.298,00 T-Jet – Cerca de R$ 60.000,00 Punto_T-jet punto-tjet

por 16 de fevereiro de 2009 Fiat, Mercado

Audi A4 AllRoad Quattro

0,,18039013,00 Uma semana após a Audi do Brasil oficializar a chegada da A4 Avant ao mercado nacional, a matriz da montadora na Alemanha apresenta no A4 Allroad, modelo aventureiro na família de carros médios. Segue as mesmas tendências dos antecessores, porém, na dianteira, a grade traz acabamento cromado e parte dos revestimentos de plástico, não trazem pintura. O mesmo acabamento segue pela lateral, nas molduras dos para-lamas e também nos spoilers laterais. Como não poderia ser diferente, a traseira exibe o mesmo acabamento. A novidade é que este plástico pode mudar de cor de acordo com a pintura utilizada na carroceria, sendo cinza escuro ou um tom de prata. Ainda há rodas de 17” como item de série. 0,,18039092,00Ele será oferecido com três opções de motores. 2.0 litros TFSI de 208 cavalos, 2.0 diesel TDI de 170 cavalos e a versão top de linha que será equipada com o motor V6 de 3.0 litros à diesel. Este propulsor entrega 237 cavalos de potência e transmissão automática de seis velocidades, porém com sistema de dupla embreagem. O Audi A4 allroad conta com a tração “quattro”, sistema capaz de distribuir 40% da força do motor para as rodas dianteiras e 60% para as traseiras. O modelo também conta com o sistema Audi Drive, que oferece três níveis de trocas de marcha: Conforto, Normal e Esporte. O modelo será vendido na Europa a partir de junho deste ano, até agora, sem preço definido. 0,,18039022,00 0,,18039106,00

por 16 de fevereiro de 2009 Audi, Lançamentos, Mercado, Segredos

Fotos Oficiais do Fiat 500C

0,,18037996,00 A Fiat mostrará o 500C ao público no Salão de Genebra, mas suas imagens oficiais já foram liberadas na internet. Segundo a Fiat, esta versão conversível foi totalmente inspirada no seu antecessor. O 500C chega para dividir mercado com o Mini Cooper conversível. As dimensões são muito parecidas e o 500C tem 3,55 metros de comprimento, 1,65 m de largura e 1,49 m de altura.
O feitil do carro, em ci foi mantida, com exceção ao teto, é claro, que ganhou capota na cor vermelha. As rodas também exibem um novo design. No entanto, a mecânica é mesma utilizada pelo 500 convencional. Há opção de um propulsor 1.2 de 69 cv, além de um 1.3 turbodiesel de 75 cv e, por fim, um 1.3 a gasolina de 100 cv. A versão Abarth ainda pode ser apresentada num futuro próximo e, se seguir os passos do modelo com teto, terá um motor turbo de 135 cv. ofi-500c-2 ofi-500c-2-g A Fiat ainda tratou de instalar o sistema StarStop, que consiste em desligar o motor quando o veículo estiver parado, em um semáforo, por exemplo. Basta acionar o acelerador que o propulsor retoma o funcionamento. Tal medida visa a economia de combustível e, claro, uma menor emissão de poluentes.

por 16 de fevereiro de 2009 Fiat, Mercado, Salão de Genebra, Segredos

Híbridos fora dos planos no Brasil

112_news080711_01z 2009_cadillac_escalade_hybrid front_profile Esportivos, compactos, sedãs ou cupês. Não importa a configuração do automóvel. Os carros híbridos, que funcionam com um motor a combustão, como nos veículos tradicionais, auxiliados por uma unidade elétrica ou a hidrogênio, cada vez mais se tornam realidade. Tanto que no Salão de Detroit, em janeiro, serviu de palco para diversas montadoras apresentarem modelos de produção ou conceitos com tal tecnologia. Se no exterior a frota de híbridos aumenta, no Brasil é nula. Isso porque não existe a menor previsão de quando eles poderiam desembarcar por aqui. Uma vez que no país são adotadas outros tipos de soluções. É o caso da GM, que aposta somente na fabricação de veículos flex, tecnologia que tem sido bem sucedida, tem rede montada e abastecimento firme. E não há perspectivas de que isso venha a mudar. Mas, afinal, por que os veículos híbridos não chegam ao Brasil e nem existe a possibilidade para que isso aconteça? Não, os híbridos ainda representam uma pequena parcela, sendo apenas um nicho de mercado. Até mesmo em países mais ricos, como Estados Unidos e Japão. Ainda é uma tecnologia muito incipiente, sem produção em larga escala, o preço é alto. Além disso, um dos empecilhos para os híbridos no Brasil é a falta de uma rede bem estruturada para que possam ser abastecidos. os híbridos custam cerca de 30% a mais do que um veículo convencional, o que inviabiliza a chegada deles no Brasil. ainda mais, que aqui, 70% das vendas são representadas por carros compactos, de baixo custo. Os preços elevados são os verdadeiros vilões para que os carros híbridos sejam vendidos no Brasil. Ainda mais quando taxas de 100,66% são cobradas para a importação de um veículo. prius_toyota 12_escalade Para se ter uma idéia do quão salgado seria o preço de um híbrido por aqui, basta fazer a conta. O Toyota Prius, por exemplo, que é vendido nos Estados Unidos por US$ 22 mil, não sairia por menos que R$ 99, 7 mil, levando-se em conta apenas as taxas de importação. O mesmo aconteceria com o Cadillac Escalade, que custa US$ 71.685. Só com impostos ultrapassaria a casa dos R$ 321,8 mil.

por 15 de fevereiro de 2009 Cadillac, Exóticos, Série Especial, Toyota

Spark está nos planos da GM

chevrolet_spark_01-604x403 A Chevrolet vai finalmente apresentar, no Salão de Genebra, em março, a versão de produção do Spark. Compacto baseado no conceito Beat, mostrado no ano passado, o modelo chegará ao mercado europeu em 2010 e nos Estados Unidos em 2011. Especula-se que o pequeno será o substituto do Celta aqui no Brasil e também deverá ser comercializado a partir de 2011. Com 3,64 metros de comprimento e distância entre-eixos de 2,37 m, o Spark tem desenho com linhas bastante proeminentes e encorpadas. O destaque fica por conta do carro parecer um modelo de duas portas, porém, na verdade são quatro e as maçanetas ficam escondidas na coluna C, assim como o Peugeot 207SW. Mas é o interior do compacto que chama a atenção. Isso porque ostenta painel com quadro de instrumentos com design futurista, que reúne mostradores digitais e analógicos. chevrolet_spark_02 chevrolet_spark_03 Sob o capô, o Chevrolet Spark contará com 2 motores de quatro cilindros, ambos à gasolina, 1.0L 8v 62cv e 1.2 16v 75cv. A marca da gravata, garante que o compacto será um modelo bastante econômico e com baixo nível de emissão de gases poluentes. Como a Chevrolet pretende comercializar o Spark em diversas partes do mundo, os equipamentos de série do modelo vão depender do mercado em que o carro for comercializado. Entre esses itens de série ou opcionais estão airbags dianteiros para motorista e carona e do tipo cortina, freios com ABS e controle eletrônico de estabilidade. ítens inprováveis no brasil, para um carro popular,substituto do Celta, porém coerente para ser concorrente do kia Picanto. Para o conforto dos quatro ocupantes, o Spark contará, também dependendo do mercado, com ar-condicionado, sistema de navegação por GPS, computador de bordo e rádio com CD/player e MP3, ítens mais prováveis para nosso mercado.

por 14 de fevereiro de 2009 Chevrolet, Segredos

Salão de Chicago, Nissan Cube Krom

01-cube-krom Sem grandes novidades para apresentar no Salão de Chicago, a Nissan aproveitou o lançamento do novo Cube nos EUA, para criar uma edição especial denominada Krom. Pelo nome ja nos podiamos ter uma ideia de que seria um carro cinza escuro, com faróis na mesma cor. 04-cube-krom 11-cube-krom Os logos da Nissan desapareceram do exterior, menos o habitáculo que recebe numerosos acessórios extras, como o sistema de som por bluetooth, da Rockford Fosgate, conexão para iPod, iluminacão ambiental mediante LED e vários pequenos detalhes para deixa-lo mais confortavel a bordo. 07-cube-krom 09-cube-krom

por 14 de fevereiro de 2009 Nissan, Salão de Chicago, Série Especial