Automobilismo

Novo Porsche 911 GT3 R é apresentado

Concebido para as corridas de turismo, modelo é baseado no 911 GT3 RS

  M15_1171_fine
A Porsche apresentou o novo 911 GT3 R, modelo projetado pela fabricante de Stuttgart para disputar campeonatos GT3 pelo mundo. Baseado no 911 GT3 RS, o desenvolvimento do 911 de corrida teve foco especial na diminuição de peso, em uma melhor eficiência aerodinâmica e na redução do consumo. M15_1173_fine
O modelo possui um exclusivo teto com bolha dupla e a distância entre os eixos foi aumentada em 8,3 centímetros, em comparação à geração anterior. Isto garante uma distribuição de peso mais equilibrada e maior controle nas curvas. Teto, capota, carenagem, arcos das rodas, portas, seções laterais e traseiras, bem como a tampa traseira, são feitos com um polímero reforçado com fibras de carbono (CFRP), muito leve e que ajuda no peso final do modelo. Todas as janelas são feitas de policarbonato, inclusive o para-brisa. O novo 911 GT3 R utiliza um motor de 4 litros com 6 cilindros opostos, que é praticamente idêntico ao motor do 911 GT3 RS.  Os 500 cv produzidos pelo motor são transferidos às rodas traseiras por meio de uma caixa de câmbio sequencial de seis marchas. As trocas são feitas através dos paddles-shifts atrás do volante. M15_1172_fine
A capacidade da célula de combustível teve um aumento de 12 litros e agora comporta 120 litros. Além disso, o tanque agora conta com uma válvula de corte de combustível de segurança. As portas e as janelas laterais podem ser removidas, e a escotilha de escape no teto ficou maior. Em caso de acidente, os novos bancos de corrida esportivos oferecem aos pilotos uma proteção ainda maior.

por 21 de maio de 2015 Automobilismo, Porsche

Dodge relança versão ACR do Viper

Com foco nas pistas, modelo também pode para rodar nas ruas

  2016-Dodge-Viper-ACR-23  Que louco seria comprar um aerofólio e ganhar um Viper de brinde! Brincadeiras à parte, o Dodge Viper chegou ao modelo 2016 com uma novidade. A volta da versão ACR, focada nos clientes que buscam um modelo mais refinado para os track days de final de semana. Uma das vantagens é que o modelo não precisa ir de reboque até a pista, ele é legalizado para andar nas ruas como um Viper comum. 2016-Dodge-Viper-ACR-33
As novidades do novo Viper American Club Racer surpreendem. Não espere um motor mais potente ou um alívio de peso enorme. A Dodge focou seus esforços na estrutura do carro. O chassis ficou ainda mais rígido, a suspensão foi recalibrada e o pacote aerodinâmico – com destaque para o aerofólio traseiro gigante feito em fibra de carbono – foi concebido para melhorar o downforce do carro e ajudar na estabilidade durante curvas em alta velocidade. 2016-Dodge-Viper-ACR-38
Segundo a SRT, divisão esportiva responsável pelo projeto, esta é a versão de competição com autorização para rodar nas ruas mais rápida já produzida pela marca. O motor é o mesmo da versão normal, “apenas” um V10 de 649 cv e absurdos 82,9 kgfm, despejados no eixo traseiro através do Tremec TR6060 manual de seis marchas.  
O modelo chegará aos concessionários americanos a partir do segundo semestre. 2016-Dodge-Viper-ACR-22

por 13 de maio de 2015 Automobilismo, Dodge, Lançamentos

Nürburgring Nordschleife pode ter novo recordista

O SCG003S, de Cameron Glickenhaus, teria quebrado o recorde da pista

01-scuderia-cameron-glickenhaus-scg-003-geneva-1
Parece que o Nürburgring Nordschleife pode ter um novo recordista na categoria de automóveis de rua. Através de um post no Instagram, a Scuderia Cameron Glickenhaus revelou que o superesportivo SCG003S cravou o tempo de 6 minutos e 42 segundos, embora com lastro e motor limitado eletronicamente. 04-scuderia-cameron-glickenhaus-scg-003-geneva-1
A equipe garante, no entanto, que o SCG003S poderá baixar o tempo para 6:30, sem qualquer tipo de limitação, atropelando os tempos conseguidos por Pagani Zonda R (6:47) e Radical SR8 LM (6:48). O superesportivo, que possui abundância em fibra de carbono na sua construção para alivar o peso,  está equipado com um motor V6 biturbo de origem Honda, cujas especificações ainda não foram divulgadas. 17-scuderia-cameron-glickenhaus-scg-003-geneva-1
O anterior recorde já durava seis anos e pertencia ao Radical SR8LM, com 6m48s. O SCG 003 Stradale terá uma produção muito limitada e um preço (por unidade) na ordem dos 2,3 milhões de euros ou aproximadamente 7,6 milhões de reais.

por 10 de abril de 2015 Automobilismo

BMW M6 GT3 tem primeiras imagens reveladas

Modelo pesa menos de 1300 kg e tem 500 cv

11254016332114422452
A BMW Motorsports, divisão esportiva da fabricante alemã, revelou as primeiras imagens do novo M6 GT3. Apesar de camuflado, o modelo é facilmente reconhecido pelo visual semelhante ao do modelo de rua e se destaca pela enorme asa traseira. O M6 GT3 é notavelmente mais largo que seu irmão “certinho”. A carroceria alargada fica evidente nas caixas de rodas. Os para-choques também receberam entradas de ar ainda maiores para resfriar melhor a versão de pista do cupê. O enorme aerofólio traseiro é quase imperceptível – só que não –, mas é comum em carros da categoria. 18856734841721020916
O motor é semelhante ao da versão de rua. Um V8 de 4.4 litros twin power turbo, modificado especificamente para uso em pistas e com lubrificação por cárter seco. O motor é capaz de entregar mais de 500 cv em um carro que pesa menos de 1.300 kg. A potência passa para as rodas através de uma caixa de câmbio sequencial de seis velocidades. A aerodinâmica do cupê também foi aperfeiçoada em túnel de vento para conseguir o melhor aproveitamento possível. 8945339052067667728
O modelo já roda em testes e deve fazer sua estreia no ano que vem, competindo em várias categorias, inclusive as de Endurance.

por 6 de fevereiro de 2015 Automobilismo, BMW, Lançamentos

Peugeot 2008 DKR aparece em sua versão definitiva

Carro vai disputar o Dakar com Carlos Sainz e Cyril Despres ao volante

1592947436597462362-1
Pode até não se parecer muito com o Peugeot 2008 que começa a ser vendido no Brasil no início de 2015, mas é ele quem o carro da Peugeot para o rali Dakar homenageia com algumas poucas referências em design. O carro esteve no Salão do Automóvel de São Paulo e agora aparece com pintura definitiva. 647797521832139261-1
Com as cores vermelho, azul e branco, dos patrocinadores Peugeot, Red Bull e Total, o SUV de competição se garante no motor diesel de seis cilindros biturbo que gera 340cv. É muita potência para um motor diesel, o que é boa notícia para quem terá que encarar os mais diferentes tipos de terreno. Por isso continuará em testes enquanto o rali não começa. Ao volante estarão Carlos Sainz e Cyril Despres. Sainz já tem experiência na casa: a Peugeot foi nada menos que tetracampeã no Paris-Dakar, entre 1987 e 1990, três vezes com o espanhol Carlos Sainz e uma vez com o finlandês Juha Kankkunen, a bordo dos míticos 205 T16 e 405 T16. Mais chato mas não menos importante, o Peugeot 2008 já está em produção pré-série na fábrica da PSA em Porto Real (RJ) e estreia nas concessionárias no começo de 2015. O motor 1.6 THP Flex de 173cv será uma das novidades.

por 19 de novembro de 2014 Automobilismo, Peugeot

Novo Audi TT ganha versão de corrida

Modelo disputará categoria monomarca

Audi TT de corrida (6)
Um dos novos modelos da Audi que deve dar as caras no Salão do Automóvel de São Paulo, o novo TT ganhou uma versão de corrida. O novo bólido disputará uma categoria monomarca de corridas, chamada Audi Sport TT Cup. O novo modelo recebeu uma série de alterações estéticas (além do alívio de peso) para melhorar o desempenho nas pistas. Audi TT de corrida (2)
Por fora o modelo ganhou uma carroceria alargada, com conjunto aerodinâmico composto por defletor dianteiro em fibra de carbono e para-lamas mais largos e uma asa traseira de grandes dimensões. Ele também ganhou faróis de LED e uma nova saída de escapamento central.
Audi TT de corrida (3)
Por dentro, como é conveniente a um bom carro de corrida, todo e qualquer item que gere peso desnecessário foi limado. O volante convencional deu lugar a um modelo multifunção, além de um painel de instrumentos digital e uma estrutura de sobrevivência integrada. O extintor de incêndio também é de competição, e o banco concha é o mesmo dos R8 que disputam campeonatos de longa duração ao redor do mundo.
Audi Sport TT Cup
O motor é o 2.0 turbo, que desenvolve 310 cv e tem torque de 40,8 kgfm, mesmos valores do TTS de rua (mas que ficam aquém por exemplo, aos 400 cv do Golf R400, que usa o mesmo propulsor). Entretanto, no modelo de competição haverá um recurso de “sobrepressão”, onde o piloto, através de um comando, ganha 30 cv extras temporariamente para ultrapassagens, por exemplo. Outras características incluem o câmbio automatizado de dupla embreagem e seis marchas S-Tronic. Há também diferencial ativo variável com controle eletrônico e o baixo peso de 1.125 kg (ou seja, são apenas 3,6 kg/cv).
Audi TT de corrida (5)
A categoria monomarca será lançada no próximo ano, e segundo a Audi, para cada seis eventos da DTM (a Stock Car da Alemanha) na Alemanha e países vizinhos, deverão acontecer duas corridas da TT Cup. 24 carros deverão compor o grid de largada, sendo seis reservados para pilotos convidados.
Audi TT de corrida (1)

por 21 de outubro de 2014 Audi, Automobilismo

Sem motorista, Audi RS7 autônomo vai correr em Hockenheim

Ideia é fazer o modelo dar uma volta no tempo próximo ao de um piloto

AT140325
A tecnologia por trás dos veículos autônomos evolui a passos largos. A Audi quer ir mais longe durante a etapa da DTM em Hockenheim no próximo dia 19 de outubro, quando levará para as pistas um RS7 Sportback equipado com tecnologia de condução totalmente autônoma. A ideia é cumprir uma volta em menos de 2 minutos. O tempo estimado está próximo do que um piloto conseguiria dirigindo o mesmo carro. Para efeito de comparação, o recorde da pista é de 1 minuto e 32 segundos. A Audi garante que o RS7 Sportback autônomo alcançará uma velocidade de 240 km/h, seguindo sempre as trajetórias ideais e com a precisão milimétrica que se espera de tudo que vem da Alemanha.

por 10 de outubro de 2014 Audi, Automobilismo

Renault Sport apresenta o novo RS01

Carro de competição tem o mesmo motor do Nissan GT-R

1904_renault_60853_global_en
A divisão da Renault voltada ao mundo das competições, a Renault Sport acaba de mostrar seu novo carro para as pistas, o RS01. Atração do Salão de Moscou, o esportivo disputará a World Series by Renault 2015, substituindo Mégane Trophy no campeonato monomarca da fabricante. Ao que tudo indica, seu chassi monocoque de fibra de carbono (fornecido pela Dallara) será compartilhado com o novo Alpine. 1904_renault_60850_global_en
Com visual inspirado no conceito Renault DeZir, o RS01  pesa apenas 1.100kg e é embalado pelo mesmo motor do Nissan GT-R, um 3.8 V6 biturbo de 507cv e 60kgfm de torque, mas com sistema de cárter seco para garantir a lubrificação em curvas longas.
1904_renault_60846_global_en
Baixinho, o Renault RS01 tem 4,7m de comprimento, 2m de largura e apenas 1,12m de altura, com distância entreeixos de 2,74m. O foco dele é o downforce, obtido graças a sua pequena distância livre do solo, ao difusor traseiro e ao aerofólio enorme. O resultado são índices de coeficientes de deportancia (Cz) e arrasto (Cx) similares aos gerados por um carro da Fórmula Renault 3.5, 1,7 tonelada a 300km/h, velocidade máxima do esportivo.
1904_renault_60849_global_en
A estreia do RS01 nas pistas acontece no ano que vem. A competição será aberta a 20 equipes, com dois pilotos por carro, e um tempo total de quatro horas em pista por piloto. O campeão da categoria “Pro” terá direito a um teste com o Nissan de Super GT, com possibilidade de contrato para correr no Japão, e o campeão amador vai poder participar nas 24 Horas de Le Mans do ano seguinte num LMP2.

por 27 de agosto de 2014 Automobilismo, Renault, Salão de Moscou

Honda Fit de 221cv é o novo Pace Car da SuperBike Series

Mas o desempenho é limitado eletronicamente e não impressiona

image002
A Honda transformou o novo Fit 2015 no novo Pace Car da SuperBike Series Brasil, o maior campeonato de motovelocidade da América Latina. Com um turbo, seu motor 1.5 i-VTEC teve sua potência elevada de 115cv para 221cv @ 6.200rpm e o torque de 26kgf.m @ 6.000rpm, abastecido com etanol. Só que tamanha potência foi contida e o desempenho final se assemelha a um compacto 1.6. O monovolume “esportivo” vai de 0 a 100 km/h em 9,4 segundos e chega a 190 km/h de máxima(limitada eletronicamente). A Honda diz a versão foi desenvolvida seguindo padrões que atendem até mesmo os requisitos da Fórmula Indy. Fora isso, o sistema de suspensão conta com o kit de amortecedores e molas Coil Over ajustáveis, e barra estabilizadora na traseira. Os freios são a disco nas quatro rodas (aquilo que caparam da versão de rua nesta nova geração), sendo  que na dianteira as pinças tem 6 pistões, com componentes Willwood. Além disso, as rodas são especiais de 17” e os pneus são 205/45R17. Ele ainda foi equipado com bodykit, aerofólio, pedaleiras de alumínio, protetores de soleira e tapetes da linha de acessórios originais Honda Access. Ele estreia nas pistas é no próximo domingo (17) em Goiânia (GO), no Autódromo Internacional Ayrton Senna.

por 16 de agosto de 2014 Automobilismo, Honda

Pirelli testa pneus e rodas aro 18 para a F1

A utilização visa aprimorar a tecnologia para o uso urbano

pneu1
A Pirelli, fornecedora oficial de pneus da Fórmula 1, testou hoje, em Silverstone, um novo jogo de rodas e pneus que poderá ser usado na próxima temporada. Tratam de conjuntos de 18 polegadas que visam usar a F1 para aprimorar o desenvolvimento de pneus para as ruas.
A Lotus foi a equipe escolhida para testar os nos pneus de perfil baixo. A medida de dezoito polegadas é mais comum em carros superesportivos e em categorias de turismo e facilitaria o desenvolvimento do composto para esses carros. mosaico-louts
Com pneus de perfil mais baixo as suspensões precisarão de novos ajustes. No teste feito hoje isso ficou claro. Charles Pic, o piloto escolhido para o teste, ficou 9s abaixo do melhor tempo, marcado pelo russo Daniel Kvyat, de 1m35s544. Visualmente o carro ficou diferente e bonito, lembrando bastante o visual lateral do carros da nova Fórmula E, mas precisaremos de outros testes, com um novo acerto de suspensão, para saber se o novo jogo será eficiente.

por 9 de julho de 2014 Automobilismo, Pneus