Buick

Conceito Avista antecipa futuro esportivo da Buick

Plataforma é a mesma do Camaro, mas o motor é um V6 biturbo

x-default

A grande atração da Buick no Salão de Detroit é o conceito Avista, um cupê esportivo que a marca diz ser uma tentativa de “reavivar suas raízes em carros de alto desempenho”. A base é a nova geração do Chevrolet Camaro e suas linhas antecipam a identidade visual dos próximos carros da Buick.

Leia mais ›

por 12 de janeiro de 2016 Buick, Opel, Salão de Detroit

Este é o novo Buick Cascada

Modelo é o primeiro conversível da Buick nos últimos 25 anos

  1876887571216312488 A Buick finalmente revelou o Cascada. Trata-se do primeiro conversível da marca nos últimos 25 anos e que terá sua estreia oficial no Salão de Detroit, esta semana. Prática comum da marca, o modelo é nada mais do que um Opel Cascada – ou seja, um Astra conversível – com os emblemas da Buick para ser comercializado no mercado norte americano. 86333692738888948
O conversível conta com capota de tecido, que se abre ou fecha em 17 segundos, a uma velocidade de até 50 km/h. Além disso, o modelo conta com iluminação diurna em LED, frisos cromados e rodas de 20 polegadas, que ajudam a aumentar a pegada esportiva do modelo. A sofisticação também toma conta do interior, que conta com volante multifuncional, central multimídia, bancos aquecidos e rebatimento elétrico dos bancos dianteiros para o acesso aos bancos de trás. O volante, inclusive, é bem parecido com os utilizados pela Chevrolet no Brasil. A Buick não revelou mais detalhes do interior, o que deve acontecer somente na apresentação oficial do automóvel. 20807079801178692896
Além dos airbags, o Cascada traz de série câmera de ré, sistema de aviso de saída de faixa de rodagem e sensor de chuva. O motor é um quatro cilindro 1.6 turbo que desenvolve 200cv e 280nm de torque e 300nm com o overboost. Apenas uma opção de câmbio está disponível para o modelo, uma transmissão automática de 6 marchas. O Buick Cascada chega ao mercado norte americano no início do ano que vem.
9327959801471596242

por 12 de janeiro de 2015 Buick, Lançamentos

Buick mostra mais detalhes do Envision

SUV médio da Buick é exclusivo para o mercado chinês

326395935347096515
Enfim a Buick revelou oficialmente detalhes do novo SUV  Envision, modelo que preencherá a lacuna entre o pequeno Encore – irmão do Chevrolet Tracker – e será vendido exclusivamente na China. Com dimensões médias, ele tenta combinar o máximo de equipamentos de luxo possível para agradar a elite chinesa. 1334864101325564615
A dianteira tem elementos característicos dos atuais Buick, como a grade com barras verticais e os faróis recortados e projetor, além dos LEDs integrados. Na traseira as lanternas com LEDs unidas por uma barra cromada dão personalidade ao Envision, que ainda ostenta rodas aro 19”. O interior é o grande destaque, com painel com superfície lisa que lembra madeira laqueada e console central voltado para o motorista e com a nova geração do sistema MyLink em destaque. Em sua tela de oito polegadas se concentra o navegador e o sistema de som Bose com cancelamento de ruído ativo. Outros destaques incluem um teto solar panorâmico e assentos dianteiros aquecidos ou resfriados.
1355114728453115787
O motor um 2.0 turbo de quatro cilindros com 256 cavalos e 34kgfm de torque, acoplado a um câmbio automático de seis velocidades que envia a força para as rodas dianteiras – tração AWD será opcional. Ele vai de 0 a 100km/h em 8,4s.
1949026983239797185

por 2 de setembro de 2014 Buick, Lançamentos, Salão de Chengdu

Buick Envision é mostrado em evento na China

SUV intermediário da marca pode ser exclusivo para os chineses

5166143911900453855
Antecipado por um conceito de mesmo nome apresentado no Salão de Xangai de 2011, o Buick Envision teve sua versão de produção apresentada em evento chinês. Ao que tudo indica, o SUV que preenche a lacuna entre o pequeno Encore – irmão do Chevrolet Tracker – e o Enclave será vendido exclusivamente na China. 2077182789896302413
O posicionamento se deve a suas dimensões: 4,66m de comprimento, 1,80m de largura e 1,65m de altura, com 2,75m de entre eixos. A plataforma seria inédita e seu motor um 2.0 turbo de quatro cilindros com 260 cavalos e 34kgfm de torque, acoplado a um câmbio automático de seis velocidades que envia a força para as rodas dianteiras – tração AWD será opcional. Mais informações deverão ser divulgadas em breve. 1491794202110554545607381346163967554115817150781051029535

por 21 de julho de 2014 Buick, Segredos

Buick Envision tem primeiro teaser divulgado

SUV médio também poderá ser vendido pela Opel

Buick-Envision-#
Para preencher o vazio entre o Encore e o Enclave, a Buick está trabalhando um um novo SUV médio. Chamado Envision, o modelo é adiantado por teaser que já ilustra seu posicionamento de mercado. Ele ainda poderá originar um modelo da Opel, da mesma forma que o Encore possui o irmão Opel Mokka. Buick-Envision-#[3]
Com lançamento mundial marcado previsto para acontecer na China, ainda neste ano, o Buick Envision começa a ser vendido nos Estados Unidos no ano que vem, onde poderá receber outro nome. O visual seria inspirado no Buick Envision Concept, atração do Salão de Xangai de 2011 e todas as versões deverão contar com tração integral e tecnologia start-stop.
Buick-Envision-SUV-Concept-1[2]

por 3 de julho de 2014 Buick, Segredos, Teasers

Opel Adam e Cascada podem ser vendidos nos EUA pela Buick

A ideia nem parece tão ruim

autowp.ru_opel_adam_8
Há tempos a Buick vem se transformando na Opel norte-americana, é o caminho que o CEO da GM,  Dan Akerson, escolheu para a marca. E isso vai longe! A Buick já considera a possibilidade de vender sua própria versão do subcompacto Adam e do conversível derivado do Astra, o Cascada. opel_cascada_3
Entende-se que seria um tanto difícil os dois se tornarem um grande sucesso em solo norte-americano, principalmente para o Adam. Mini Cooper, Fiat 500, smart fortwo e Scion iQ ainda tentam a muito custo convencer os norte-americanos a comprarem carros pequenos. Mas esta pode ser uma saída para aumentar a demanda pelos modelos e movimentar as fábricas europeias da GM, que de tempos em tempos sofrem com ócio.

por 25 de junho de 2013 Buick, Opel, Segredos

Buick apresenta Riviera Concept em Xangai

Conceito híbrido utiliza nome clássico e adianta linhas futurísticas

 

2626757411190893439

A Buick revelou o Riviera Concept no Salão de Xangai. O cupê conceitual carrega o nome de um dos modelos clássicos da marca e o visual que servirá de inspiração para futuros carros da Buick. O belo conceito é fruto da parceria entre a Xangai GM e a Pan Asia Technical Automotive Center (PATAC). A linha de design do carro é inspirada, segundo seus criadores, na natureza dinâmica da água. As curvas são ousadas e futuristas, além de esportivas, com faróis de LED na horizontal, ampla grade e aspecto musculoso na traseira, graças às caixas de roda com contorno elevado. Por dentro os bancos são flutuantes, com aplicação de madeira e alumínio. O sistema multimídia possui conectividade 4G LTE, acessando em tempo real informações de tráfego e meteorológicas. O Riviera é equipado com sistema de segurança ativa que utiliza 10 câmeras de alta resolução e 18 sensores de alta precisão para detectar obstáculos e alertar o motorista, além de visão noturna, alerta de tráfego cruzado, piloto automático e controle de cruzeiro adaptativo. Sobre sua motorização a Buick pouco revela. Sabemos apenas que será um sistema plug-in híbrido recarregável através de cabo ou por um novo sistema de recarga sem fio.

por 20 de abril de 2013 Buick, Salão de Xangai

Novo Buick Regal 2014 é revelado

Sedã derivado do Opel Insignia passou por leve reestilização

Buick Regal 2014 (6)
Além do novo LaCrosse, a Buick também apresenta a partir de amanhã no Salão de Nova York o Buick Regal 2014. O modelo, que é derivado do Opel Insignia (o substituto do Vectra) ganhou novos para-choques, faróis de LEDs e nova grade dianteira, além de novas lanternas traseiras com barra cromada as interligando. Buick Regal 2014 (1)
Mudanças no interior são limitadas, mas incluem novo volante, quadro de instrumentos atualizado e console central revisto com sistema de infotainment IntelliLink, que também estreia no LaCrosse. Em comum com o sedã maior há novidades como  alerta de mudança de faixa, de pontos cegos e sistema de alerta de colisão, que envolve também uma preparação dos freios e de outros sistemas de segurança no caso de frenagem iminente.
Buick Regal 2014 (5)
A versão de entrada do Recal conta com um motor 2.4 de quatro cilindros que gera 182 cv e 24 kgfm de torque e ainda o sistema eAssist que contribui com a força de um motor elétrico de 15 cv e 79 Nm 11 kgfm de torque. O Regal Turbo e o Regal GS contam com um motor 2.0 litros de quatro cilindros turbo que desenvolve 259 cv e 40 kgfm de torque, e tem como opção um sistema de tração integral Haldex. Buick Regal 2014 (3)Buick Regal 2014 (2)

por 27 de março de 2013 Buick, Salão de Nova Iorque

Buick mostra LaCrosse 2014 reestilizado

Sedã tem visual atualizado e recebe novos equipamentos

2014-Buick-LaCrosse-4[2]
Se anteceipando à abertura do Salão de Nova York, a Buick revelou o LaCrosse 2014, que teve seu visual atualizado e recebeu novos recursos tecnológicos. Por fora merece destaque a nova grade, maior e mais proeminente, novos faróis com LEDs e novo para-choque dianteiro. A traseira exibe novas lanternas, também com LEDs e barras cromadas. As rodas também são novas. 2014-Buick-LaCrosse-3[2]
No interior as novidades começam pelo painel, que teve o console modificado e agora tem comandos simplificados. No acabamento agora há apliques de camurça sintética e partes que simulam madeira. O que é interessante é o sistema de entretenimento IntelliLink, similar ao CUE da Cadillac, com recursos como alerta de pontos cegos, aviso de mudança de faixa, de colisão dianteira e traseira, que em caso de iminência de colisão prepara o carro para o incidente.
2014-Buick-LaCrosse-7[2]
O Buick LaCrosse 2014 continuará sendo oferecido com motores 2.4 e 3.6 V6 de injeção direta, com tração dianteira ou integral, sempre ligados a uma transmissão automática de seis velocidades.2014-Buick-LaCrosse-6[2]

por 25 de março de 2013 Buick, Salão de Nova Iorque

Buick V6 | A conturbada história de um glorioso propulsor – Parte 1 de 3

As origens daquele que foi eleito um dos 10 mais importantes motores da história

3933746024_e6c9360ba7

Já falamos do V8 Rocket da Buick aqui. Como falado anteriormente, o propulsor de 215 polegadas cúbicas de alumínio surgiu de uma pesquisa visando o uso de novos metais para a construção de propulsores. Então, em 1962, a Buick simplesmente retirou um cilindro de cada bancada do V8, trocou o alumínio por ferro fundido e criou o primeiro V6 da marca americana: O V6 Fireball, de 198 pol³ (3,2L). 322_buick_fireball_by_detroitdemigod-d3diabs
Devido à forma que sua criação se sucedeu, muitas características singulares são verificadas nesse propulsor inicial. Primeiramente, as bancadas de cilindros estão dispostas a 90°, e não a 60° como habitual em um V6. A ordem de ignição do propulsor também é incomum para um motor de sua classe, com tempos de disparo desiguais. Por fim, não havia uma distância entre os centros de cilindros equivalentes nas diferentes bancadas, devido ao virabrequim com apenas 3 munhões em que se encontravam um par de bielas de cilindros radialmente coincidentes a ele conectado. O produto de toda essa excentricidade era uma aspereza de funcionamento, que foi descrito por um executivo da AMC como “mais áspero que uma espiga de milho”. Com 92,08mm de diâmetro e 80,96mm de deslocamento, esse motor superquadrado pesava 15 kg a mais que o V8 215, mas era de construção mais barata. Com comando de cames no bloco acionado por varetas (pushrod), o V6 possuia 2 válvulas por cilindro instaladas no cabeçote. O primeiro veículo a tê-lo disponível em seu ano de lançamento foi o Buick Special, que recebeu elogios da revista Road & Track quanto a desempenho e funcionalidade. Entretanto, já em 1964, o diâmetro e o deslocamento passaram para 95,30mm e 86,04mm respectivamente, elevando o motor a 225 pol³ (3,7L). Disponível entre 1964 e 1967 nos Buick Special e Skylark e em 1964 e 1965 nos Oldsmobile F-85 e Cutlass, o V6 era equipado com um carburador de corpo duplo e chegava os 155 hp brutos. 61044_Front_3-4_Web Em 1967, os executivos da GM preferiram tirar de linha o V6 225, e em seu lugar colocaram o Chevrolet I6 250 pol³. Sim, o mesmo Stovebolt-6 do nosso Opala. Frente a esta situação, os executivos da GM venderam os direitos de fabricação e o ferramental do V6 Fireball para a AMC (a mesma do “áspero como uma espiga”), e esse fabricante instalou-o nos Jeep CJ-5 e CJ-6 ainda em 1966, trocando apenas o volante do motor por um mais pesado para melhor absorção das vibrações. A AMC utilizou-os até 1971. Entretanto, em 1973, a primeira crise do petróleo causou um alvoroço nas fabricantes americanas visando economia de combustível. Tal quadro era crítico para a GM que dispunha apenas do motor de 140 pol³ (2,3L) do Chevrolet Vega, que era tido como problemático, e do 250 Stovebolt, que tinha uma concepção já antiga. Então, em meados de 1974, os engenheiros da Buick pegaram um modelo Apollo na linha de fabricação e colocaram no compartimento do motor um V6 Fireball que estava largado em um canto sem muita importância. O que aconteceu depois? Fique atento para a segunda parte da história, na semana que vem! Buick-Fireball-V6

por 16 de fevereiro de 2013 Buick, Chevrolet, Curiosidades