Caterham

Caterham Seven ganha duas novas versões para os Estados Unidos

Representante da marca montará os carros nos EUA

Caterham-Seven-480
A Caterham aproveita o encontro de carros de Pebble Beach, em Monterey, na Califórnia, para apresentar duas novas versões de seu “kit car” exclusivas para os Estados Unidos. O visual é o mesmo de sempre, mas há diferença na potência de seus motores. Caterham-Seven-360
Posicionados entre os Seven (140 hp) e o 620R (310 hp), surgem as versões 360 e 480. Ambos contam com motor Ford 2.0 Duratec, sendo que no 360 a potência é de 182cv (180hp), acelerando de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos, com máxima de 208 km/h. Já no 480, ela sobe para 240cv (237hp), baixando o tempo a 3,4 s, com final de 225 km/h. A dupla chega em kits do Reino Unido, tendo montagem pela representante local Superformance.

por 15 de agosto de 2014 Caterham, Eventos, Lançamentos

Kamui Kobayashi ganha série especial do Caterham Seven no Japão

Produção será limitada a 10 unidades

5965682481459240854
A Caterham não é de lançar edições especiais dos seus modelos, mas resolveu aproveitar a publicidade gratuita que tem no Japão desde que contratou o piloto Kamui Kobayashi para a sua equipe de Fórmula 1, e resolveu lançar uma edição especial limitada do Seven com o nome do piloto. 1489704834790285375
Exclusiva para o Japão, ela é baseada no  Seven 250 R e, por indicação do próprio Kobayashi, terá apenas 10 unidades fabricadas. O motor será um Ford Sigma 1.6, a gasolina, acoplado a uma transmissão manual de seis velocidades. Leve, é capaz de ir de 0 a 100km/h em 5.9s, o que não é nada mal. “Isto é um carro puro. Quando se conduz um Seven sente-se que estamos mesmo conduzindo um carro, não é o carro que está nos conduzindo”, ilustrou Kobayashi.
753891949933242780

por 29 de maio de 2014 Caterham, Lançamentos

Novos rumos: Caterham inova com o AeroSeven Concept

Modelo foi criado em conjunto pelas três divisões da marca

0002-caterham-aeroseven-059-1379671890
Carros esportivos ingleses – os clássicos, é bom frisar – são, por via de regra, leves, simples, aerodinâmicos, com excelente dirigibilidade, bom desempenho e, (quando possível) preço acessível. Pois bem, deve ter sido seguindo essa linha clássica de pensamento que a Caterham apresentou o AeroSeven Concept, modelo que tem tudo para entrar em produção.
0001-caterham-aero-seven-004-1379671887
Apresentado no GP de Cingapura de Fórmula 1 desse ano, o AeroSeven, ao contrário do que o nome pode indicar, não é outro Seven, mas também não deixa de ter os princípios básicos do carro-chefe da marca. O conceito foi o primeiro carro da marca que foi desenvolvido em conjunto pelas três divisões da Caterham: a Caterham Technology and Innovation, Caterham F1 Team y Caterham Cars, e marca uma revolução em vários aspectos na montadora.
0009-caterham-aero-seven-005
A herança do Seven permanece em vários aspectos. O lançamento usa os chassis, suspensão traseira independente e suspensão dianteira do tipo push-rod iguais aos do Seven CSR. No entanto, partes como amortecedores e barras estabilizadoras são específicos do AeroSeven.
0003-caterham-aeroseven-062-1379671893
A carroceria, maior diferencial frente aos modelos atuais da Caterham, tem linhas muito mais aerodinâmicas (ainda que dados técnicos não tenham sido revelados), e linhas que remetem a esportivos de proposta similar, como Ariel Atom, Elfin MS8 Clubman ou KTM X-Bow. Para manter o peso em enxutos 600 kg, foi usada fibra de carbono a granel, tudo isso montado em cima de pneus Avon CR500 de 15 polegadas.
0008-caterham-aero-seven-008
Para impulsionar todo o conjunto, um motor Ford Duratec 2.0, que desenvolve 240 cv e 21 kgfm com um câmbio manual de seis marchas. Para a versão de produção, estima-se que venha um novo motor.

por 20 de setembro de 2013 Caterham, Conceitos

Renault e Caterham se unem para recriar a Alpine

autowp.ru_alpine_a110_3
Após muita negociação, Renault e Caterham chegaram a um acordo e, juntas, irão reviver a Alpine. As duas fabricantes serão sócias na criação da Societe des Automobiles Alpine Caterham (SAAC), que terá 50% de suas ações pertencentes à Caterham. Mas a sede da empresa será em Dieppe, na França, cidade onde nasceu a Alpine e hoje está sediada a Renaultsport. autowp.ru_renault_alpine_a110-50_16
Quem chefiará a nova empresa será o Bernard Ollivier, que já ocupou o cargo de vice-presidente da Renault e esteve à frente da Renault Sport. Usando os mesmos chassis, linha de produção e motores fornecidos pela Renault, de Dieppe sairão modelos com o nome Renault e Caterham. autowp.ru_renault_alpine_a110-50_15
A primeira criação da marca deverá chegar ao mercado no final de 2014, com preços entre 40 mil e 50 mil euros. Fala-se que o primeiro modelo será inspirado no conceito A110-50C. Ele contava com um motor 3.5 V6 que gera 400 cv a 7.200 rpm e 43 mkgf de torque máximo a 6.200 rpm. O câmbio era automatizado de dupla embreagem e seis marchas e a tração é traseira.
autowp.ru_renault_alpine_a110-50_concept_7

por 5 de novembro de 2012 Alpine, Caterham, Renault